Estado

Governo de Goiás anuncia prazos para liberar tráfego de carretas na GO-118 e reabrir ponte do Rio Santa Tereza, na GO-241

Presidente da Agência Goiana de Infraestrutura e Transportes (Goinfra), Pedro Sales vistoria trechos da malha viária mais afetados pelas chuvas, que recebem ações emergenciais para garantir trafegabilidade aos usuários. Abertura a veículos pesados deve ocorrer no dia 24 de janeiro. “Agimos no Norte e Nordeste goianos com todas nossas forças e equipes de plantão para dar assistência aos moradores”, pontua.

Publicados

O Governo de Goiás, por meio da Agência Goiana de Infraestrutura e Transportes (Goinfra), prevê a liberação do tráfego de carretas na GO-118, de Alto Paraíso a Teresina, no próximo dia 24 de janeiro. “Estamos trabalhando intensamente para permitir a passagem de carretas na rodovia dentro de 14 dias; assim poderemos seguir com a conclusão desta obra sem causar nenhum desconforto à população”, anunciou o presidente da agência, Pedro Sales, no domingo (9), durante vistoria às obras que são executadas na rodovia, importante ligação da região da Chapada dos Veadeiros.

O trecho da GO-118 foi liberado para o tráfego de veículos pequenos no dia 6, depois de ser totalmente interditado na semana do Natal, por conta de uma erosão no leito da rodovia, provocada pelas chuvas. A Goinfra executou, em regime emergencial, serviços de reforço do talude para estabilizar o aterro e abrir meia faixa para o trânsito de veículos pequenos. Agora, realiza a segunda etapa da obra, que é a reconstrução da rodovia.

Nesta semana, o presidente Pedro Sales também vistoriou outros trechos que recebem ações emergenciais das equipes de manutenção nas regiões Norte e Nordeste do Estado. Acompanhado pela equipe de engenheiros e supervisores, ele conferiu o andamento dos serviços na GO-241, onde o encabeçamento da ponte sobre o Rio Tereza, entre Formoso e Santa Tereza de Goiás, sucumbiu à força das águas pluviais. No local, a Goinfra executa a reconstrução da estrutura e o trânsito deve ser liberado na próxima quinta-feira (13).

Leia Também:  Quebradeira; insegurança; falta de água e protesto no Presídio de Planaltina

“Será o tráfego controlado, no sistema pare e siga, e depois de mais alguns dias de trabalho, vamos soltá-lo plenamente”, explica Pedro Sales. “Estamos agindo no Norte e Nordeste goianos com todas as nossas forças, com todas nossas equipes de plantão. Vamos conseguir passar esse momento de dificuldade, dando assistência à população e mantendo a trafegabilidade das nossas rodovias”.

Ao longo do percurso, Sales também vistoriou a GO-244, no trecho que liga Porangatu à GO-142, via ainda em leito natural e onde a Goinfra promove serviços para dar trafegabilidade aos usuários, como a melhoria da pista em pontos de atoleiros. Na programação, há previsão de reconstrução do encabeçamento de uma ponte nesse trajeto, que também foi afetada pelas chuvas.

O foco da Goinfra é dar resposta rápida às demandas que continuam a surgir por conta da chuva que ainda continua intensa por todo o Estado. “As intercorrências acontecem e nós damos atendimento imediato. Todos os prefeitos dos municípios afetados podem entrar em contato conosco para saber a data, a provisão, a empresa que vai atendê-los. Nós estamos à disposição de plantão para atender a população do Estado de Goiás neste momento tão dramático e difícil”, garante o presidente Pedro Sales.

Leia Também:  Instituto Butantan orienta sobre aplicação de vacina da Sinovac na população

Plano de contingência

O Governo de Goiás investe R$ 80 milhões em quatro contratos emergenciais para atender as rodovias mais afetadas pelas chuvas no Nordeste e Norte goianos desde o dia 23 de dezembro de 2021. No plano de contingência, há ações em execução em benefício dos municípios de Alto Paraíso de Goiás, Colinas do Sul, Teresina de Goiás, Cavalcante, Monte Alegre de Goiás, Campos Belos, Divinópolis de Goiás, São Domingos, Iaciara, Formoso, Niquelândia, São João d’Aliança, Guarani de Goiás e Flores de Goiás, entre outros.

Além dos pontos vistoriados, a Goinfra já atua na GO-132, entre Niquelândia e Colinas do Sul; na GO-110, de Divinópolis a Campos Belos e entre Iaciara e Água Quente; na GO-447 entre Divinópolis e Monte Alegre; na GO-108 entre Guarani de Goiás a Posse; na GO-446, de Iaciara a Posse; e em diversos outros trechos que estão sendo afetados pelas fortes chuvas.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ESTADO

Governo de Goiás dá início aos atendimentos no Hospital Estadual da Criança e do Adolescente (Hecad)

A partir da meia-noite deste sábado (15), o Hospital Estadual Materno-Infantil Dr. Jurandir do Nascimento (HMI) deixou de atender especialidade de pediatria no pronto-socorro. Pais e responsáveis com essa demanda podem procurar serviço de urgência e emergência no Hecad, no bairro Parque Acalanto, em Goiânia, que passa a ser referência para público infantil. Unidade funcionará 24 horas por dia, sete dias por semana, para casos graves, de média e alta complexidades. “Nenhum outro Estado tem essa estrutura como a nossa. Isso dá dignidade aos filhos de nossas famílias”, destaca governador Ronaldo Caiado.

Publicados

em

O Governo de Goiás iniciou a transição dos atendimentos pediátricos prestados pelo Hospital Estadual Materno-Infantil Dr. Jurandir do Nascimento (HMI) para o Hospital Estadual da Criança e do Adolescente (Hecad). Esse processo é executado de forma planejada e segura, para garantir assistência de qualidade aos pacientes.

“Nenhum outro Estado tem essa estrutura como a nossa. Isso dá dignidade aos filhos de nossas famílias. Esse hospital terá função específica de atender crianças que, hoje, não têm onde operar, para onde ir. Teremos uma estrutura digna, o Hospital da Criança”, destaca governador Ronaldo Caiado.

A partir da meia-noite deste sábado (15), o HMI deixará de atender a especialidade de pediatria no pronto-socorro. Assim, pais e responsáveis com essa demanda podem procurar o serviço de urgência e emergência no Hecad, no bairro Parque Acalanto, em Goiânia, que passa a ser referência para o público infantil no Estado.

“É importante ressaltar que o Estado não fechou serviço, muito pelo contrário, trabalhamos para ampliar Esse hospital nasceu da necessidade do governador Ronaldo Caiado de melhorar a assistência pediátrica em Goiás. Nossa missão é impactar vidas e a vida de cada criança importa”, ressalta o secretário de Estado da Saúde, Ismael Alexandrino.

Leia Também:  Presidente da Goiás Turismo responde perguntas de radialistas de cidades turísticas

O Hecad funcionará 24 horas por dia, sete dias por semana, para os casos graves, de média e alta complexidades. Os pacientes passarão por uma classificação de risco, sendo que os casos mais urgentes terão prioridade. A Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e enfermarias estão preparadas para receber quem necessite de internação.

No Hospital Materno-Infantil, o pronto-socorro da mulher seguirá ativo, 24 horas por dia, recebendo gestantes de médio e alto riscos, grávidas com pré-eclâmpsia, mulheres vítimas de violência sexual, entre outras urgências obstétricas e ginecológicas.

Apesar da transição e do início dos atendimentos, a inauguração oficial da unidade será realizada na terça-feira (18), às 9h, conforme a determinação do governador Ronaldo Caiado de somente entregar à população serviços que estejam em pleno funcionamento.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA