“Acorda, Brasil! O país está afundando!”, diz Marcelo Rubens Paiva no Twitter

Publicados


source
Marcelo Rubens Paiva
Reprodução

Marcelo Rubens Paiva


“O Brasil enlouqueceu? Cada três pessoas do mundo que morrem de Covid-19, uma é brasileira. UTIs lotadas. Países fecharam fronteiras. Estamos isolados. E tem populista liberando bar e culto em igreja. Não se deram conta? Para tudo! Nicolelis tem razão, lockdown.” Essas foram as palavras do escritor, jornalista, roteirista de TV, teatro e cinema Marcelo Rubens Paiva, que marcou uma geração com o premiado livro-desabafo “Feliz Ano Velho”, a respeito da crise sanitária que assola, de forma severa, a humanidade.

Paiva usou essas frases para se referir ao alerta do neurocientista Miguel Nicolelis de que o país está prestes a chegar a um ponto de não retorno na pandemia, citando, inclusive, a determinação do ministro Nunes Marques, do Supremo Tribunal Federal, de que estados e municípios não podem proibir completamente celebrações presenciais, de quaisquer credos e religiões. No post, não faltaram comentários como “se esqueceu de mencionar os ônibus lotados”, “passo o dia variando entre chorar e sentir raiva” e “a culpa não é do governo, é do povo”.

Leia Também:  Angélica, Marcos Pasquim e mais famosos lamentam a morte de Eduardo Galvão


Fonte: IG GENTE

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ENTRETENIMENTO

Luciana Gimenez vai à Justiça contra Fontenelle e pede R$ 10 mil de indenização

Publicados

em


source
Luciana Gimenez
Reprodução YouTube

Luciana Gimenez


Após a polêmica recente entrevista de Jorge Kajuru ao canal de Antônia Fontenelle, no Youtube, na qual ele chamou Luciana Gimenez de “mulher de programa”, a apresentadora da RedeTV! abriu uma ação judicial contra a ex-mulher de Marcos Paulo. O processo de número 1003538-0720218260011 tramita no Foro Regional de Pinheiros, da Comarca de São Paulo, SP.

Gimenez pede que Antônia seja condenada a indenizá-la por danos morais, com um valor superior a R$ 10 mil, por ter sido “omissa como entrevistadora”. Além disso, por meio de tutela de urgência, pede que a influenciadora digital seja proibida de citar seu nome publicamente em qualquer veículo de imprensa ou plataforma digital para divulgar informações referentes à sua intimidade, sob pena de multa de no mínimo R$ 20 mil em caso de descumprimento.

Em entrevista à Antônia, o senador Jorge Kajuru – que já é alvo de uma queixa-crime protocolada pelos advogados de Luciana Gimenez no Superior Tribunal Federal (STF) – chamou a apresentadora de ‘mulher de programa’ e de “desqualificada”.

“E sobre a Luciana Gimenez, eu não tenho nada a falar, não falo sobre mulher de programa, Dane-se. Ela já me processou, pode processar de novo. É uma mulher desqualificada, tanto que virou o que virou por 30 segundos com Mick Jagger. Ou você acha que foi por amor? Evidente que não. E ela sabe que eu sei da história toda na casa do Olavo Monteiro de Carvalho né, ela foi contratada para ficar com o Mick Jagger e eu falei isso mesmo, porque para mim ela não tinha respeito com os colegas. Eu trabalhei com ela na RedeTV!, ela chegava como se fosse dona, depois acabou se casando com um dos sócios da Rede TV!, para você ver que a vida dela sempre foi de interesse”, disse o político.

Leia Também:  Luana Piovani está de novo amor: "Não está cabendo no peito"
Fonte: IG GENTE

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA