Aposta de Ribeirão Preto acerta as seis dezenas da Mega-Sena

Publicados


Uma aposta de Ribeirão (SP) acertou as seis dezenas da Mega-Sena e vai receber o prêmio de R$ 76.128.023,58 milhões.

O sorteio foi realizado no sábado (21), às 20h, no Espaço Loterias Caixa, localizado no Terminal Rodoviário Tietê, na cidade de São Paulo.

As dezenas sorteadas no concurso 2320 foram as seguintes: 06 – 30 – 35 – 39 – 42- 48.

A quina teve 92 apostas vencedoras e cada apostador receberá R$ 52.821,09. Na quadra, acertaram 6.334 apostas e cada uma receberá R$ 1.096,02.

O próximo concurso está marcado para quarta-feira (25), e o prêmio, estimado em R$ 3 milhões, de acordo com a Caixa Econômica.

As apostas para o próximo concurso podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) do dia do sorteio, nas casas lotéricas credenciadas pela Caixa, em todo o país ou pela internet.

O volante com seis dezenas marcadas custa R$ 4,50.

Edição: Maria Claudia

Fonte: EBC Geral

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Federação de Bancos alerta para aumento de fraudes durante a pandemia
Propaganda

GERAL

Recadastramento de aposentados está suspenso até o fim do ano

Publicados

em


A exigência da prova de vida anual de aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) está suspensa até o fim do ano. A Secretaria de Previdência do Ministério da Economia informou, no início da noite, que publicará, na segunda-feira (30), uma portaria com a prorrogação da medida.

A prova de vida anual obrigatória deixou de ser exigida desde o dia 18 de março de 2020, como medida de proteção no enfrentamento da pandemia do novo coronavírus. A medida, no entanto, não afeta o recebimento de proventos e pensões. Com o adiamento da retomada da prova de vida, quem não fez o procedimento entre março e dezembro desse ano, não terá o benefício bloqueado até o fim de janeiro.

Realizada todos os anos no mês de aniversário do beneficiário, a comprovação de vida é exigida para a manutenção do pagamento do benefício. A prova de vida exige o comparecimento do segurado ou de algum representante legal ou voluntário à instituição bancária onde saca o benefício.

Desde agosto do ano passado, o procedimento pode ser feito por meio do aplicativo Meu INSS ou pelo site do órgão por beneficiários com mais de 80 anos ou com restrições de mobilidade. A comprovação da dificuldade de locomoção exige atestado ou declaração médica. Nesse caso, todos os documentos são anexados e enviados eletronicamente.

Leia Também:  Bombeiros tentam conter incêndios na região serrana entre RN e PB

Edição: Nádia Franco

Fonte: EBC Geral

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA