Botafogo brilha e goleia o Atlético-MG pelo Brasileirão

Publicados

O Botafogo segue firme na disputa pela liderança do Campeonato Brasileiro. Neste domingo (07.07), o Fogão venceu o Atlético-MG por 3 a 0 no Estádio Nilton Santos, em partida válida pela 15ª rodada do torneio. A noite foi marcada por golaços de Luiz Henrique, Cuiabano e Savarino, ex-jogador do Galo.

Situação na Tabela

Com a vitória, o Botafogo encurtou a distância para a liderança e agora está a apenas um ponto do Flamengo. O Fogão soma 30 pontos e ocupa a vice-liderança do Brasileirão, superando o Palmeiras no critério de gols marcados. Por outro lado, o Atlético-MG continua enfrentando dificuldades e se afastando dos líderes. O Galo tem 18 pontos em 14 jogos e está na 12ª colocação.

O Jogo

O Botafogo começou a partida com intensidade e abriu o placar aos 12 minutos. Luiz Henrique recebeu um passe de Danilo Barbosa na entrada da área, conduziu a bola para o meio e acertou um belo chute, marcando um golaço. Aos 19 minutos, Matheus Mendes, goleiro do Atlético-MG, fez uma grande defesa após uma jogada de Júnior Santos, impedindo o segundo gol do Fogão.

A situação do Atlético-MG complicou-se ainda mais aos 23 minutos, quando Igor Rabello foi expulso após derrubar Luiz Henrique em um contra-ataque. Com um jogador a mais, o Botafogo controlou o jogo, mas não conseguiu ampliar o placar no primeiro tempo, indo para o intervalo com a vantagem de 1 a 0.

Leia Também:  Brasileirão será retomado no sábado (01.06)

Segundo Tempo

Logo no início da segunda etapa, aos quatro minutos, Eduardo cobrou uma falta perigosa que obrigou Matheus Mendes a fazer uma boa defesa, mandando a bola para escanteio. Aos 11 minutos, Artur Jorge fez a primeira substituição, colocando Tchê Tchê no lugar de Danilo Barbosa.

O Atlético-MG reclamou de um possível pênalti aos 12 minutos, quando Cadu foi derrubado por Damián Suárez, mas o árbitro Rafael Rodrigo Klein mandou o jogo seguir, e o VAR não recomendou a revisão do lance.

Artur Jorge fez mais duas substituições, colocando Gregore e Savarino, que retornou ao time após defender a Venezuela na Copa América. Saíram Marlon Freitas e Eduardo. Aos 26 minutos, o Atlético-MG quase empatou com uma cobrança de falta de Hulk, que acertou o travessão.

Golaços e Vitória

O Botafogo respondeu de forma decisiva aos 33 minutos. Cuiabano aproveitou um rebote na meia-lua e chutou com força, marcando o segundo gol do Fogão. Aos 48 minutos, Savarino, ex-jogador do Atlético-MG, arriscou um chute da entrada da área e marcou mais um golaço, fechando o placar em 3 a 0. Este foi o primeiro gol do venezuelano contra seu ex-clube, pelo qual atuou de 2020 a 2022.

A vitória por 3 a 0 sobre o Atlético-MG foi um resultado expressivo para o Botafogo, que continua na briga pela liderança do Campeonato Brasileiro. Com uma atuação sólida e gols de grande qualidade, o Fogão mostrou que está preparado para os desafios que virão. O próximo confronto contra o Vitória será mais uma oportunidade para o time carioca seguir sua trajetória ascendente na competição.

Leia Também:  Fluminense anuncia demissão de Fernando Diniz após derrota no Fla-Flu

Próximos Confrontos

Na próxima rodada, o Botafogo visita o Vitória no Barradão, nesta quinta-feira, às 21h30 (horário de Brasília). O Atlético-MG, por sua vez, enfrentará o São Paulo na Arena MRV, no mesmo dia e horário.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 3X0 ATLÉTICO-MG

Local: Estádio Nilton Santos, Rio de Janeiro (RJ)

Data: 07/07/2024
Horário: 20h30 (de Brasília)
Árbitro: Rafael Rodrigo Klein (Fifa-RS)
Assistentes: Rafael da Silva Alves (Fifa-RS) e Jorge Eduardo Bernardi (RS)
Cartão amarelo: Bastos e Tiquinho Soares (Botafogo) e Palacios (Atlético-MG)
Cartão vermelho: Igor Rabello (Atlético-MG)
Gols: Luiz Henrique, aos 12′ do 1ºT, Cuiabano, aos 33′ do 2ºT, e Savarino, aos 48′ do 2ºT (Botafogo)

BOTAFOGO: John; Damián Suárez, Alexander Barboza, Bastos e Cuiabano; Danilo Barbosa (Tchê Tchê), Marlon Freitas (Gregore) e Eduardo (Savarino); Luiz Henrique (Óscar Romero), Júnior Santos e Tiquinho Soares (Kauê). Técnico: Artur Jorge.
ATLÉTICO-MG: Matheus Mendes; Battaglia, Igor Rabello e Bruno Fuchs; Otávio, Alan Franco, Paulo Vitor (Palacios) e Gustavo Scarpa; Cadu (Vargas), Paulinho (Vitinho) e Hulk. Técnico: Gabriel Milito.

Fonte: Esportes

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ESPORTES

Botafogo vence clássico contra Palmeiras e amplia vantagem na liderança do Brasileirão

Publicados

em

Em noite de Tiquinho Soares, o Botafogo venceu o Palmeiras por 1 a 0 nesta quarta-feira (17.07), no Estádio Nilton Santos, em jogo válido pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro. O resultado coloca o Fogão com 36 pontos, abrindo vantagem na liderança da competição.

A partida começou movimentada, com chances para os dois lados. O Botafogo assustou com Júnior Santos e Marlon Freitas, enquanto o Palmeiras respondeu com Raphael Veiga e Estêvão, parando em boas defesas de Weverton e John, respectivamente. O Verdão, com as estreias de Mauricio e Felipe Anderson no banco, buscava assumir a ponta da tabela, mas esbarrou na forte marcação alvinegra.

No segundo tempo, o Botafogo não demorou a abrir o placar. Aos 10 minutos, Luiz Henrique invadiu a área pela direita, deixou Murilo para trás e cruzou na medida para Tiquinho Soares, que, livre de marcação, só teve o trabalho de empurrar para o fundo das redes.

O Palmeiras, então, partiu para cima em busca do empate. Piquerez e Flaco López tentaram, mas pararam em John. Abel Ferreira lançou mão de suas opções no banco, mas nem as entradas de Endrick e Jhon Jhon surtiram efeito. Do outro lado, o Botafogo, com a estreia de Igor Jesus no ataque, administrou a vantagem e quase ampliou com Tiquinho e Kauê, garantindo a vitória e a liderança isolada do Brasileirão.

Leia Também:  Pelas redes sociais, Neymar diz estar destruído e Rodrygo se desculpa

Com a derrota, o Palmeiras permanece com 33 pontos e pode perder a vice-liderança para o Flamengo, que joga nesta quinta-feira. Já o Botafogo, embalado pela torcida, volta a campo no sábado, contra o Internacional, no Nilton Santos, buscando manter o ritmo na ponta da tabela. O Palmeiras, por sua vez, recebe o Cruzeiro no Allianz Parque, no mesmo dia, buscando a recuperação no campeonato.

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO 1 X 0 PALMEIRAS

Local: Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro
Data: 17/07/2024
Hora: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Anderson Daronco (Fifa/RS)
Assistentes: Lucio Beiersdorf Flor (RS) e Michael Stanislau (RS)
Cartões amarelos: Alexander Barboza e Damián Suárez (Botafogo)
GOLS: Tiquinho Soares, aos dez minutos do 2°T (BOTAFOGO)

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha (Mayke), Gustavo Gómez, Murilo e Piquerez; Aníbal Moreno, Gabriel Menino (Felipe Anderson) e Raphael Veiga (Caio Paulista); Estêvão (Mauricio), Rony (Dudu) e Flaco López. Técnico: Abel Ferreira

BOTAFOGO: John; Damián Suárez, Alexandre Barboza, Bastos e Marçal; Gregore, Marlon Freitas (Danilo Barbosa), Luiz Henrique (Kauê) e Savarino; Júnior Santos (Igor Jesus) e Tiquinho Soares (Tchê Tchê). Técnico Artur Jorge

Fonte: Esportes

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA