Plantão Policial

Casal suspeito de envolvimento em homicídio em Porangatu é procurado pela Justiça

Publicados

Duas pessoas suspeitas de homicídios estão sendo procurados pela Justiça, através da Policia Civil de Porangatu. Dayvid Alves da Silva, de 29 anos, Daniela de Jesus Paixão, de 22 anos, tem mandado de prisão preventiva.

Eles são suspeitos do envolvimento no assassinato do jovem Lindomar Amaro de Oliveira Filho, de 26 anos, ocorrido no dia 24 de maio de 2018. De acordo com informações da polícia, Daniela tem um filho com Lindomar, e teria solicitado que o jovem levasse uma remédio para a filha recém nascida.

Ao chegar na casa no setor Jardim Brasília, Lindomar teria sido recebido com tiros de espingarda disparados por Dayvid. Após o ocorrido Dayvid não foi encontrado pela Polícia. Daniele teria sumido meses depois do crime, levando a filha que teve com a vítima.

O mandato de prisão preventiva foi expedido em outubro de 2020. A Policia Civil solicita que quem tiver alguma informação sobre o paradeiro deles entre em contato no número 197.

Leia Também:  Corpo de homem é encontrado pelo Corpo de Bombeiros de Porangatu em rio na zona rural de Formoso

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

PLANTÃO POLICIAL

Homem é preso por se passar por policial federal em buscas por Lázaro

O homem teria tentando convencer uma equipe da PM a acompanhá-lo em uma suposta ocorrência

Publicados

em

Na noite deste sábado (19), um homem de 23 anos foi preso, ao tentar se passar por policial federal para participar das buscas pelo foragido Lázaro Barbosa, 32 anos. O caso ocorreu no km 30 da BR 070, em Cocalzinho de Goiás. A prisão foi realizada por uma equipe conjunta formada pela Polícia Militar de Goiás, Polícia Rodoviária Federal e Polícia Federal.

Segundo as corporações, o indivíduo abordava as equipes na rodovia, dizendo ser policial federal. E que estava atrasado para incorporar sua equipe, que se encontrava mais à frente. Esse tipo de delito é tipificado no artigo 307 como falsidade ideológica.

Cerca de 40 minutos depois, o suspeito retornou abordando as equipes e disse que precisava de apoio para desarmar um sujeito bêbado em uma propriedade rural.

O homem consumou também o delito usurpação da função pública, ao convencer uma equipe da Polícia Militar de Goiás a acompanhá-lo em uma suposta ocorrência.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  PRF apreende R$ 70 mil em mercadorias irregulares na BR 153, em Porangatu; Vídeo
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA