CCBB Rio comemora Dia do Compositor com homenagem a Pixinguinha

Publicados


O Programa CCBB Educativo – Arte & Educação, do Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), comemora amanhã (15) o Dia do Compositor, com programação gratuita para todas as idades, inspirada no repertório de Pixinguinha. O cantor e compositor é considerado o principal nome da música popular brasileira e seus trabalhos influenciaram a consolidação do chorinho.

De acordo com levantamento do Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (Ecad), a música brasileira mais regravada no país é Carinhoso, de Pixinguinha e Braguinha, que superou Aquarela do Brasil, de Ary Barroso. Até abril do ano passado, Carinhoso tinha 411 gravações cadastradas no banco de dados do Ecad e era a canção mais escolhida por intérpretes de todo o país. Aquarela do Brasil tinha 409 e ocupava a segunda posição no ranking. Em setembro de 2020, as duas músicas lideravam a lista das mais gravadas, com 404 gravações cada. 

As atrações do Dia do Compositor no CCBB RJ começam às 11h. O local tem capacidade para 20 pessoas, que devem fazer agendamento prévio na plataforma Eventim. Será emitido apenas um ingresso por CPF. A atividade faz parte do projeto Patrimônio e Memória do Programa CCBB Educativo Arte & Educação. A proposta é comemorar datas que marcam o calendário brasileiro, como oportunidade de revisar narrativas e fortalecer vínculos da população com a cultura nacional.

Leia Também:  Salário maternidade pode ser estendido para mães em caso de internação

Férias

Durante as férias escolares, ainda é tempo de aproveitar a atividade “Lugar de Criação”, que acontece às sextas, sábados e domingos, às 15h. São vivências para todos os públicos, com ações artísticas de criação e mediação cultural que estimulam o convívio e o diálogo com as artes e temas da atualidade.

A capacidade é para 20 pessoas, sendo cinco núcleos familiares de até quatro pessoas cada, mediante agendamento pelo site eventim.com.br e bilheteria do CCBB RJ. Para a atividade é emitido apenas um ingresso por CPF. O representante poderá ser acompanhado por até três pessoas da família, com o mesmo ingresso. A duração é de uma hora e a classificação indicativa livre e recomendada para maiores de 3 anos.

Amanhã (15), será realizada a Oficina de Saberes, seguindo-se a Oficina de Artes, no dia 16, os Jogos de Arte, no dia 22, e as Oficinas de Histórias, no dia 29.

A capacidade é para 20 pessoas, mediante agendamento prévio na Eventim. A duração prevista é de uma hora, com classificação livre e recomendação das atividades para maiores de três anos.

Visitas

São destaques ainda na programação educativa visitas mediadas presenciais às exposições em cartaz no CCBB-Rio, entre elas Leandro Erlich: A tensão e Ideias: O Legado de Morandi. As visitas patrimoniais de longa permanência oferecem os percursos: Museu Banco do Brasil, Galeria de Valores e O Banco do Brasil e sua História.

Leia Também:  Mundo do samba participa do velório do presidente de honra da Portela

Nas visitas mediadas presenciais, os educadores se juntam ao público para dialogar, trocar ideias, compartilhar impressões sobre as obras. As visitas mediadas se estenderão até 22 de janeiro e acontecem aos domingos, segundas, quartas e sextas, às 10h, 12h e às 16h, e às quintas e sábados, às 10h e 12h. As visitas patrimoniais são realizadas às quartas-feiras, às 12h, e aos domingos, às 16h. A capacidade é para dez pessoas, mediante agendamento prévio. As atividades são recomendadas para crianças maiores de cinco anos.

O Programa CCBB Educativo – Arte & Educação desenvolve ações que estimulam a experiência, criação, investigação e reflexão por meio de processos pedagógicos, artísticos e curatoriais (metodologias de trabalho). Todo mês são oferecidas visitas educativas, cursos, oficinas, encontros e práticas culturais.

As atividades dialogam com a programação do CCBB e destinam-se a todos os públicos, reunindo ações inclusivas e afirmativas para estreitar as relações com a comunidade escolar, educadores, pessoas com deficiência, famílias, organizações não governamentais, movimentos sociais, profissionais dos campos da arte, cultura e demais interessados.

A programação completa está disponível no site www.ccbbeducativo.com

Edição: Graça Adjuto

Fonte: EBC Geral

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

GERAL

Escola abre inscrições para cursos voltados a direito do consumidor

Publicados

em

 

A Escola Nacional de Defesa do Consumidor (ENDC) abriu inscrições para vários cursos que têm, como tema, as relações de consumo e os direitos do consumidor. Todos cursos são gratuitos. Para participar basta que o interessado tenha mais de 16 anos e possa acessar um computador com internet para assistir as aulas.

Também são oferecidas vagas para qualificar órgãos gestores, de monitoramento e empresas. Ao final, os alunos recebem certificado digital emitido pela Universidade de Brasília (UnB). As matrículas podem ser feitas até o dia 7 de fevereiro no site da ENDC. Para acessá-lo, clique aqui.

A plataforma disponibiliza cursos tanto para técnicos de órgãos voltados à defesa do consumidor como para empreendedores e consumidores em geral. Há cursos de capacitação para uso do sistema de atendimento ProConsumidor; cursos que abordam mecanismos de proteção contratual; e cursos que abordam temas como “crimes contra as relações de consumo”.

Há também cursos voltados à educação financeira; ao estímulo de ações conjuntas entre órgãos de vigilância sanitária e de defesa do consumidor; e à capacitação de órgãos e empresas para a utilização da plataforma Consumidor.gov.br.

Leia Também:  Amazonas prende 31 suspeitos de participar de ataques criminosos

O curso “É Da Sua Conta”, por exemplo, oferece alternativas para poupança de curto e de longo prazo, de forma a ajudar empreendedores a realizarem os investimentos necessários para iniciar ou ampliar sua capacidade produtiva.

Há, ainda, cursos introdutórios sobre a temática da defesa do consumidor; e avançados como, por exemplo, alguns que detalham a abordagem que o Código de Defesa do Consumidor dá para assuntos como publicidade enganosa e práticas abusivas.

A plataforma tem também um curso voltado aos usuários dos planos de saúde. Nele são apresentadas características, especificidades e legislação deste setor, o que abrange, além de contextualizações, regulação e direitos no âmbito dos planos de saúde.

Os cursos têm cargas horárias entre 20 e 60 horas-aula. De acordo com o Ministério da Justiça, a ENDC registrou 55.498 matrículas no ano passado e cinco novos cursos à distância foram criados em 2021.

Edição: Fábio Massalli

Fonte: EBC Geral

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA