Como levar carga extra no carro sem ser multado

Publicados


source
Suporte de bicicletas pode exigir uso de régua de sinalização, com luzes e placa adicionais
Divulgação

Suporte de bicicletas pode exigir uso de régua de sinalização, com luzes e placa adicionais


Está com o carro cheio e vai utilizar um bagageiro externo ou levar as bicicletas das crianças em um suporte externo? Pois a legislação de trânsito  determina regras para o transporte de cargas do lado de fora dos carros de passeio e comerciais leves.


De acordo com a Resolução nº 349/2010 do Contran (Conselho Nacional de Trânsito), o uso do bagageiro de teto é permitido, mas desde que a carga transportada e do suporte não ultrapassem 50 cm de altura ou o comprimento e a largura máxima da parte superior do veículo. Mesmo o uso do porta-malas também tem regras, com a bagagem sendo limitada à altura da linha dos vidros para não obstruir a visibilidade do condutor.

Leia Também:  Duster colombiano ganha motor turbo que estreia no Captur nacional

Nas caso das picapes , é permitido o transporte de cargas com a tampa da caçamba aberta, mas desde que o balanço traseiro (composto pela distância entre o centro do eixo traseiro e o final da carga excedente) não ultrapasse 60% do valor da distância entre os dois eixos do veículo.

Extensor de caçamba é opção dentro da lei para transportar cargas maiores em picapes
Divulgação

Extensor de caçamba é opção dentro da lei para transportar cargas maiores em picapes


Você viu?

A carga extra deve ser sinalizada com uma régua ou extensor de caçamba, equipado um sistema de sinalização luminosa e refletiva. No caso de a placa traseira ficar encoberta, será necessário a instalação de uma chapa adicional ao lado direito da traseira do veículo.

O transporte de bicicletas pode ser feito por meio de suportes específicos no teto (situação em que não se aplica a regra de altura máxima de 50 cm dos bagageiros) ou na traseira do automóvel.

Se o suporte encobrir a placa ou as luzes do veículo, vale a mesma regra das picapes para a instalação de um régua sinalizadora com placa e luzes adicionais.

Leia Também:  Mini planeja ser totalmente elétrica

Multas e punições

Levar carga de maneira irregular pode dar em multa de até R$ 293,47 e 7 pontos na Carteira Nacional de Habilitação
Divulgação

Levar carga de maneira irregular pode dar em multa de até R$ 293,47 e 7 pontos na Carteira Nacional de Habilitação


Vale destacar que rodar com a chapa de identificação encoberta é considerado infração gravíssima, com multa de R$ 293,47, perda de sete pontos na CNH (Carteira Nacional de Habilitação) e a apreensão do veículo.

A carga em condição irregular em carros de passeio é punida com multa de R$ 195,23 e perda de 5 pontos na habilitação. Já o transporte de carga fora das especificações da portaria em uma picape também é considerado uma punição grave. Nestes dois casos, o veículo fica retido até que seja resolvido o problema da bagagem fora dos padrões.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

CARROS E MOTOS

Pandemia é fator decisivo na alta das compras on-line e encomendas delivery

Publicados

em


source
Advento dos aplicativos de pedido de comida impulsionou os negócios na Bocão de Minas, especialista em lanches
leo fontes

Advento dos aplicativos de pedido de comida impulsionou os negócios na Bocão de Minas, especialista em lanches

Conforme uma pesquisa feita pela plataforma de e-commerce Mercado Livre , as pessoas estão buscando novas alternativas na questão da locomoção e de fazer compras, e uma das explicações dessa tendência está relacionada à pandemia.

Acontece que quem tem condições, prefere abrir mão do transporte público e investir em um veículo que atenda as suas necessidades. Essa forma de pensamento reforça as medidas restritivas e de distanciamento social, o que reduziu a necessidade de deslocamentos diários e impactou a mobilidade urbana .

Da mesma maneira, com a falta de empregos e o isolamento social, muitos também têm buscado os serviços de entrega, seja para pedir delivery ou mesmo a busca por um plano B de trabalho.

Leia Também:  Mini planeja ser totalmente elétrica

Só para exemplificar, no segundo semestre do ano passado, houve um aumento de 35% na intenção de compra de motos , em relação aos níveis pré-pandêmicos, segundo levantamento do marketplace de Veículos, Imóveis e Serviços (VIS) do Mercado Livre.

“Sabemos que esse é um momento de transformação na sociedade e cada vez mais as pessoas buscam diferentes formas de mobilidade, e é nosso papel apontar tendências de mercado e viabilizar negócios”, explica Luis Paulo dos Santos, diretor de Marketplace de Veículos, Imóveis e Serviços do Mercado Livre.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA