Conheça quais os principais golpes envolvendo compra e venda de carros

Publicados


source
Vendas de carros usados
Divulgação

Antes de comprar um carro usado é preciso verificar uma série de detalhes para não ter dores de cabeça


A compra e a venda de um carro é um processo que envolve uma série de riscos e, por este motivo, exige a atenção do comprador para não cair em pequenas armadilhas ou até mesmo em golpes. Startup especializada na comercialização de veículos, a Volanty preparou uma relação de ciladas mais comuns envolvendo negociações de automóveis.


No caso das transações entre pessoas físicas, o principal risco para os compradores são os anúncios fraudulentos ou os carros usados e seminovos que passaram por uma maquiagem visual e parecem perfeitos, mas que tiveram a manutenção negligenciada, ou tem algum problema mecânico oculto.

Mas é preciso ficar atento também às negociações com lojistas. Guilherme Martins, chefe da área de tecnologia da empresa, explica que normalmente nas concessionárias, toda avaliação do carro é feita com base no carro que está sendo comprado. Sob a aparência de uma suposta “valorização” do automóvel que vai entrar na troca , o vendedor acaba pagando toda ou até mais que a diferença real no preço do carro zero.

Leia Também:  Honda revela linha 2021 da Rebel 1100

“As concessionárias não tem um processo transparente se o carro irá para algum repasse para revendedor ou será vendido na loja , então os preços são sempre oferecidos por baixo.” conta. Ainda em relação a lojas, o consumidor precisa ficar atento também aos anúncios de carros que elas na verdade não possuem, mas servem para atrair clientes para o local.

Mais detalhes de como levar um carro usado

usados
Reprodução

Ao selecionar um usado, as partes estrutural e mecânica deve ser vistas, não apenas a aparência

Martins alerta ainda para a precificação do veículo , que não fica a cargo apenas da vontade do vendedor. Na Volanty, os fatores que mais influenciam são o ano, modelo e marca, mas também são considerados pontos que vão desde motorização, até qualidades específicas de cada modelo, em um total de 600 pontos de avaliação.

A Volanty possui centros de atendimento em São Paulo e no Rio de Janeiro, mas além da venda presencial, a startup também está realizando a venda online dos carros usados  e seminovos do catálogo. O atendimento é realizado com hora marcada, e é possível ver todos os detalhes com um tour 360 pelo automóvel.

Leia Também:  Ford lança acessórios para transformar qualquer Ranger em Storm
Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

CARROS E MOTOS

Veja quanto custa rodar 500 km com os 5 carros mais vendidos no Brasil

Publicados

em


source

Um levantamento de preços feito pela empresa Ticket Log apontou que o litro de etanol no Brasil fechou novembro com preço médio de R$ 3,629. Aumento de 3% em relação ao mês anterior e 1,5% a mais do que em novembro de 2019.


Na divisão por estados, o maior preço registrado para o combustível vegetal foi o do Rio Grande do Sul, onde o valor médio na bomba é de R$ 4,323. Já o melhor preço foi o registrado em São Paulo, onde o etanol apresentou o preço de R$ 2,993 para o litro. Além de São Paulo, o álcool combustível foi o combustível mais vantajoso para o bolso apenas em mais quatro unidades federativas: Paraíba, Goiás, Mato Grosso e Minas Gerais.

Para ajudar o consumidor a fazer os cálculos, a reportagem do iG Carros fez a conta de quanto custa para rodar 500 km com um litro de etanol com os cinco carros de passeio mais vendidos atualmente no mercado brasileiro.

Foi considerado o preço do combustível em São Paulo e os dados de consumo das versões mais econômicas de cada modelo, segundo o Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular, do Inmetro .

Esses dados de consumo oficiais foram obtidos em testes de laboratório . No mundo real, os resultados podem variar de acordo com fatores como trânsito, carga do veículo e estilo de direção do motorista. Confira abaixo.

Leia Também:  Honda revela linha 2021 da Rebel 1100

1 – Chevrolet Onix 1.0 – R$ 128 (estrada) e R$ 151 (cidade)

Chevrolet Onix LT
Divulgação

Novo Chevrolet Onix é o modelo mais vendido do Brasil e um dos mais econômicos disponíveis hoje em dia no País


A versão mais econômica do hatch compacto Chevrolet Onix está equipada com o motor 1.0 aspirado de três cilindros e até 82 cv, que sempre é combinado a um câmbio manual de seis marchas.

Capaz de rodar até 11,7 km/l (estrada) e 9,9 km/l (cidade) com etanol, está equipado com um tanque de 44 litros. O Onix 1.0 tem autonomia de 514,8 km no uso rodoviário e 435,6 km no uso urbano. O custo aproximado para rodar 500 km é de R$ 128 (estrada) e R$ 151 (cidade).

2 – Hyundai HB20 1.0 Sense MT – R$ 134,50 (estrada) e R$ 164,50 (cidade)

Hyundai HB20 1.0 Turbo
Divulgação

Hyundai HB20 1.0 Turbo também figura entre os mais procurados nas lojas depois que suas vendas deslancharam


As versões equipadas com o motor 1.0 aspirado de 80 cv e o câmbio manual de cinco marchas são as mais econômicas do compacto do Hyundai HB20 .

Capaz de rodar até 10,1 km/l (estrada) e 9,1 km/l (cidade) com etanol, está equipado com um tanque de 50 litros. O HB20 1.0 aspirado tem autonomia de 505 km no uso rodoviário e 455 km no uso urbano. O custo aproximado para rodar 500 km é de R$ 134,50 (estrada) e R$ 164,50 (cidade).

3 – Chevrolet Onix Plus LT – R$ 119,50 (estrada) e R$ 148 (cidade)

Chevrolet Onix Plus
Divulgação

Chevrolet Onix Plus: vetsão sedã do Onix é o modelo mais vendido do segmento hoje em dia, pelos dados da Fenabrave


A versão de entrada do Onix Plus , a 1.0 LT, usa o mesmo conjunto mecânico do Onix básico, composto pelo motor 1.0 aspirado de três cilindros e até 82 cv, combinado a um câmbio manual de seis marchas.

Leia Também:  Ducati Diavel 1260 ganha versão desenvolvida com a Lamborghini

Mas favorecido pela carroceria mais aerodinâmica, é capaz de rodar até 12,5 km/l (estrada) e 10,1 km/l (cidade) com etanol. Equipado com um tanque de 44 litros, o Onix Plus 1.0 tem autonomia de 550 km no uso rodoviário e 444,4 km no uso urbano. O custo aproximado para rodar 500 km é de R$ 119,50 (estrada) e R$ 148 (cidade).

4 – Volkswagen Gol 1.0 – R$ 148 (estrada) e R$ 164,50 (cidade)

Volkswagen Gol
Divulgação

VW Gol 2020: veterano da VW se mantém entre os mais vendidos até hoje no Brasil, mesmo depois de 40 anos do lançamento


O Volkswagen Gol 1.0 usa um motor 1.0 aspirado de três cilindros e até 84 cv, combinado a um câmbio manual de cinco marchas.

O hatch compacto é capaz de rodar até 10,1 km/l (estrada) e 9,1 km/l (cidade) com etanol. Está equipado com um tanque de 55 litros, que permite uma autonomia de 556 km no uso rodoviário e 501 km no uso urbano. O custo aproximado para rodar 500 km é de R$ 148 (estrada) e R$ 164,50 (cidade).

5 – Ford Ka 1.0 S:  R$ 138,50 (estrada) e R$ 161 (cidade)

Ford Ka
Roberto Assunção

Ford Ka tem um dos conjuntos mais bem acertados entre os hatches compactos mais em conta hoje em dia no Brasil


O Ka 1.0 usa em todas as versões um motor de três cilindros e até 85 cv, combinado a um câmbio manual de cinco marchas.

Ford Ka 1.0 é capaz de rodar até 10,8 km/l (estrada) e 9,3 km/l (cidade) com etanol . Está equipado com um tanque de 51 litros, que permite uma autonomia de 550,8 km no uso rodoviário e 474,3 km no uso urbano. O custo aproximado para rodar 500 km é de R$ 138,50 (estrada) e R$ 161 (cidade).

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA