Correios fazem leilão de 61 mil objetos

Publicados


Os Correios vão realizar, no próximo dia 27, um leilão de objetos classificados como refugos, aqueles que não foram entregues ao destinatário ou foram devolvidos ao remetente, após todas as tentativas de entrega e terminado o prazo de direito à reclamação. Esse prazo pode variar entre sete e 30 dias, a depender do objeto.

A empresa informou que serão leiloados de 61 mil itens, entre peças de vestuário, microinformática, equipamentos eletrônicos, acessórios para veículos, bijuterias e livros, entre outros. Os valores inicias dos lotes variam entre R$ 1.303 até R$ 85.050.

Para participar do certame, os interessados devem se cadastrar na plataforma Licitações-e do Banco do Brasil. Após a conclusão dessa etapa, pessoas físicas e jurídicas conseguem enviar propostas de forma eletrônica para participar da disputa online.

“O edital com todas as informações está disponível na plataforma Licitações-e, pelo nº 893602, e também na página de licitações dos Correios. Basta fazer a busca por modalidade ‘Licitações Correios Aberta” e escolher “São Paulo Metropolitana” na coluna dependência”, informou os Correios.

Leia Também:  Amazonas volta a suspender funcionamento de bares e casas de show

A empresa disse ainda que os lotes estão armazenados no bloco 1 do edifício dos Correios em São Paulo, localizado na Rua Mergenthaler, 592. Visitas aos bens devem ser agendadas pelo telefone (11) 4313-8150.

Edição: Kelly Oliveira

Fonte: EBC Geral

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

GERAL

Chuva ajuda a apagar incêndios na Chapada dos Veadeiros

Publicados

em


A chuva que caiu sexta-feira (24) na Chapada dos Veadeiros, em Goiás, ajudou a apagar os incêndios que já duravam 12 dias. De acordo com o Corpo de Bombeiros, mais de 23 mil hectares de vegetação foram queimados. 

O combate ao fogo contou com a participação de agentes do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), do Corpo de Bombeiros de Goiás, do Ibama, além de voluntários da Brigada Ambiental de Cavalcante. Ao todo, 200 profissionais estiveram envolvidos no combate às chamas. 

Antes da chuva, a força-tarefa extinguiu seis incêndios na região. A operação conjunta contou com três aeronaves Air Tractor, do ICMBio, um helicóptero dos bombeiros, além de 31 viaturas. 

Os incêndios começaram no dia 12 de setembro, na região do Vale da Lua, em Alto Paraíso (GO). Cerca de 100 turistas chegaram a ficar encurralados no local, mas foram resgatados.

Edição: Fernando Fraga

Fonte: EBC Geral

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Seminário no Rio discute mundo depois da covid-19
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA