Plantão Policial

Em Edealina, PC desencadeia Operação Burgomestre; Prefeito, secretários e servidores da prefeitura são presos

Publicados

A Polícia Civil (PC), através da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra a Administração Pública (DERCAP), deflagrou, na manhã desta quarta-feira (2), a Operação Burgomestre. A operação teve por finalidade o cumprimento, em Goiânia e na cidade de Edealina de 09 mandados de prisão temporárias, 20 mandados de busca e apreensão e 08 mandados judiciais de afastamento das funções públicas de servidores municipais da Prefeitura de Edealina. Os mandados foram cumpridos na sede da Prefeitura, na residência de servidores públicos e de empresários em Edealina e de um advogado, em Goiânia. Foram apreendidos computadores e documentos que serão analisados. Participaram da operação 75 policiais civis.

As investigações apontam para indícios de uma organização criminosa que atuava para direcionar e fraudar licitações da Prefeitura de Edealina, sendo que foram presos hoje o Prefeito, secretários municipais e servidores da prefeitura. O esquema criminoso teria começado no ano de 2017 e consistiria em direcionar as licitações para que apenas as empresas ligadas ao grupo se sagrassem vencedoras nos certames. Até o momento, foram presos: o prefeito, dois secretários municipais, dois empresários, demais servidores municipais. Uma pessoa está foragida e segue sendo procurada.

Leia Também:  Juíza desenvolve, de forma inédita, aplicativo de comunicação pública

Os mandados judiciais foram expedidos pelo Tribunal de Justiça do Estado de Goiás, que determinou ainda o bloqueio de R$ 4 milhões 220 mil das contas dos investigados. Os investigados responderão pelos crimes de associação ou organização criminosa, corrupção, lavagem de dinheiro e fraude a licitação.

Quem compara lê o JORNAL DO VALE – Um jornal a serviço da nossa região, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

PLANTÃO POLICIAL

Jaraguá: Inconformado homem joga pedra e faz ameaças para a ex-namorada

Publicados

em

A Polícia Militar (PM) de Jaraguá foi acionada por uma menor de idade que informou que havia registrado uma ocorrência na Delegacia de Polícia Civil na quarta-feira (13) em desfavor de seu ex-namorado. No entanto, na manhã desta quinta-feira (14), o rapaz enviou um áudio através de um aplicativo de mensagens, ameaçando-a de morte, dizendo que até poderia ser preso pelas denúncias registradas, no entanto, iria dar motivos, pois iria matar a ela e a sua mãe.

Em ato contínuo, o rapaz continuou enviando mensagens para a vítima, insistindo em vê-la, mas a jovem bloqueou seu contato. Por volta de 21h00, a vítima ficou sabendo pela sua tia que alguém teria jogado uma pedra no portão da casa de sua avó no Setor Ana Edith. Passados alguns minutos, alguém também jogou uma pedra no portão da casa da mãe da vítima, quando saíram na porta, souberam pelo seu vizinho que quem jogou a pedra foi o ex-namorado.

Em decorrência dos fatos a mãe da vítima, ligou no 190 da PM e requereu a presença dos militares, relatando a sua versão dos fatos. Desta forma, os policiais saíram em patrulhamento e conseguiram localizar o rapaz que estava em uma motocicleta Yamaha/Factor/YBR/125k, com um amigo, onde após busca pessoal e identificação, foi constatado que a moto não possuía numeração no chassi e por esse motivo foi feita a apreensão, com condução ao pátio da 3ª CIPM.

Leia Também:  Em Porangatu, jovem é presa suspeita de tráfico após desembarcar de ônibus em Porangatu; Drogas saíram de Jaraguá; Vídeo

Em decorrência do crime de ameaça, foi dada voz de prisão e após ser submetido ao exame de corpo de delito, o homem foi conduzido para a Delegacia da Polícia Civil, também foi apreendido o telefone celular que poderá ser verificado para confirmar ou não, as ameaças. A vítima e sua mãe foram levadas para a Polícia Civil para serem ouvidas no flagrante.

Quem compara lê o JORNAL DO VALE – Um jornal a serviço da nossa região, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA