Política

Em Itauçu, vereadora denuncia que sofreu ataques machistas de colegas durante sessão na Câmara de Vereadores

A vereadora Kênia Pedroso disse que os comentários foram feitos durante debate sobre projeto de taxa de lixo.

Publicados

A vereadora Kênia Pedroso (DEM) denunciou que sofreu ataques machistas de dois colegas durante uma sessão da Câmara Municipal de Itauçu. Na sessão um um vereador a chama de “desequilibrada” e quando outro diz que “preferiria mil vezes debater com um homem”.

A discussão aconteceu na última sexta-feira (8) quando os vereadores debatiam e votavam um projeto da taxa de lixo na cidade. No dia, durante a sessão, os vereadores fizeram os seguintes comentários:

“O que a vereadora está falando aí demonstra que ela está muito desequilibrada”, disse o vereador Betão (PSD).

“Que seja mulher ou homem, eu preferiria mil vezes que fosse um debate com homem. Seria melhor. Eu fico constrangido quando tem que debater com uma vereadora mulher”, falou o vereador Luisinho (Republicanos).

Sessão realizada no dia 8 na Câmara de Vereadores de Itauçu

Conforme Kênia, os colegas não haviam gostado do fato de ela ter votado contra o projeto da cobrança da taxa de lixo no município. Após os comentários, a vereadora disse que teve de sair da sessão.

Leia Também:  Marconi aprova privatização de rodovias estaduais na Comissão Mista

“Eu tive que sair da sessão, porque não tinha possibilidade de eu permanecer. Agora, me tratarem desse jeito porque eu sou a única mulher na Câmara? Da maneira como eu respeito a opinião de todos, todos também têm que respeitar a minha opinião”, disse.

Ainda conforme a vereadora, ela não registrou nenhuma denúncia formal sobre o caso, mas disse que achou muito ruim a forma como foi tratada.

“Disseram que eu não estou preparada para ser vereadora, que eu sou ‘desequilibrada’ e isso é muito ruim, só pelo fato de eu ter votado. Eu tenho a minha opinião, eu tenho o meu direito. Foi muito ruim tudo que aconteceu”, desabafou.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ESTADO

Goiás registra 1.142 novos casos de Covid-19 e 21 mortes em 24 horas

Estado tem 886.867 infectados e 23.965 óbitos causados pela doença desde o início da pandemia. Rede hospitalar estadual está com 41% dos leitos de UTIs ocupados. A taxa de letalidade do vírus é de 2,71%.

Publicados

em

Goiás registrou 1.142 novos casos de Covid-19 e 21 mortes em decorrência da doença nas últimas 24 horas. Os dados foram divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde (SES-GO) na tarde desta segunda-feira (18). Com as atualizações, o Estado soma 886.867 infecções e 23.965 óbitos confirmados desde o início da pandemia.

Conforme o boletim estadual, em Goiás há o registro de 854.800 pessoas recuperadas da doença. Outros 638.106 casos e 490 óbitos são apurados para saber se existe ligação com a doença. A taxa de letalidade do vírus é de 2,71%.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Minerva Foods realiza novas doações em Palmeiras de Goiás
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA