Saúde

Entorno do DF terá novo hospital estadual em 2024

Com 86% das obras concluídas, Hospital Estadual de Águas Lindas consolida regionalização da saúde em Goiás; unidade vai oferecer 164 leitos, sendo 40 de UTI, maternidade e exames pelo SUS.

Publicados

Governador Ronaldo Caiado durante visita às obras da unidade de saúde, em maio deste ano. Foto: Marco Monteiro

Com obras retomadas pela gestão do governador Ronaldo Caiado, após 20 anos de paralisação, o Hospital Estadual de Águas Lindas vai ser entregue aos moradores do Entorno do Distrito Federal em 2024. As obras estão com 86% execução e investimentos já aplicados de mais de R$ 87 milhões do Tesouro Estadual. A unidade vai se juntar aos Hospitais Estaduais de Formosa e de Luziânia para ampliar o atendimento na região.

“Nós triplicamos o tamanho do Hospital de Águas Lindas”, cita Caiado, ao lembrar as mudanças no projeto inicial. “O Hospital é muito importante para a política de regionalização implementada em 2019”, complementa o secretário da Saúde de Goiás, Sérgio Vencio, ao contar também seis policlínicas, 33 hospitais próprios e 48 conveniados que oferecem atendimento pelo Sistema Único da Saúde no estado.

“Em 2019, quando o governador Caiado assumiu, nós contávamos com 189 leitos de UTI, concentrados basicamente em Goiânia, Anápolis e Aparecida de Goiânia. Agora são quase mil leitos em todo o estado”, enumera ainda o secretário.

Leia Também:  Expresso contabiliza mais de 300 mil atendimentos e consolida universalização dos serviços públicos

Visita técnica

O Hospital Estadual de Águas Lindas vai exercer o perfil geral de média e alta complexidade, com entradas de pacientes referenciadas pelo Complexo Regulador Estadual. Com esse objetivo, uma comissão da Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES) realizou em dezembro uma visita técnica minuciosa à unidade e vai avaliar as propostas técnicas apresentadas pelas organizações sociais civis (OSCs) interessadas em administrar a unidade.

Com 15 mil metros quadrados de área construída, a estrutura do Hospital Estadual de Águas Lindas é composta de 18 blocos, reunindo recepção, ambulatório, enfermarias, setor de emergência, unidades de terapia intensiva adulta e infantil, refeitório, auditório, sala de classificação de risco, banco de sangue, banco de leite e centro cirúrgico.

Quando estiver em pleno funcionamento, a unidade vai beneficiar 1,2 milhão de moradores da Macrorregião Nordeste, composta por 31 municípios, com seus 164 leitos, incluindo uma maternidade. Dos 40 leitos de unidade de terapia intensiva (UTI), 20 serão destinados a bebês e crianças. O hospital também vai oferecer exames de tomografia, ressonância magnética, raio-X, ultrassom e bancos de sangue e leite.

Leia Também:  Caiado inaugura reforma e ampliação do Hemocentro Coordenador Estadual de Goiás Professor Nion Albernaz

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

CONCURSO

Abertas as inscrições para o concurso da Polícia Penal de Goiás

Certame oferece 1,6 mil vagas, com salário inicial de R$ 5,9 mil; seleção exige diploma de nível superior.

Publicados

em

DGPP vai receber 1,6 mil novos policiais penais: inscrições para o concurso seguem abertas até 14 de agosto. Foto: DGPP

Estão abertas, a partir desta terça-feira (16), as inscrições para o concurso público que vai preencher 1,6 mil vagas para o cargo de policial penal em Goiás. O cadastro deve ser feito pelo site do Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC), com taxa de R$ 150. Para concorrer ao cargo, o candidato deve ter diploma de nível superior, em qualquer área, registrado em instituição reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).  O salário inicial para o cargo é de R$ 5.971,42, para uma carga horária de 40 horas semanais.

O certame será conduzido pelo IBFC, sob coordenação da Secretaria de Estado da Administração (Sead), e os aprovados serão lotados na Diretoria-Geral de Polícia Penal (DGPP), órgão ligado à Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP). O exercício do cargo exige a realização de viagens e a prestação de serviços fora do expediente e do local de trabalho.

A seleção será dividida em sete fases: prova objetiva, prova discursiva, avaliação médica, avaliação de aptidão física, avaliação psicológica, avaliação de vida pregressa e investigação social e avaliação de títulos. Candidatos com deficiência também passarão por avaliação de equipe multiprofissional. A data provável da aplicação das provas objetiva e discursiva é 15 de setembro, nas cidades de Aparecida de Goiânia, Caldas Novas, Formosa, Goiânia, Goianésia, Itaberaí, Luziânia, Rio Verde e São Luís de Montes Belos.

Leia Também:  Ipasgo corta atendimentos eletivos pela metade; Associações criticam a decisão

O período de inscrições vai até o dia 14 de agosto de 2024. O edital completo está disponível no portal do IBCF (www.ibfc.org.br) e no site da Sead – em Acesso Rápido / Concursos e Seleções.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA