Filme de Zé do Caixão irá ganhar remake produzido por Elijah Wood, diz site

Publicados


source
Zé do Caixão
Divulgação

Zé do Caixão

Zé do Caixão irá voltar para as telas de cinema, mas dessa vez, em inglês. O personagem criado por José Mojica Marinhs irá ganhar um remake norte-americano e um remake mexicano, segundo o site Screen Daily. 

Os projetos são conduzidos por duas produtoras. A produção é da SpectreVision, fundada por Elijah Wood, famoso pelo papel de Frodo em ‘O Senhor dos Anéis’. Já a distribuição internacional é da britânica OneEyed Films, que se responsabiliza pelas vendas do personagem. 

Em pronunciamento, a SpectreVision disse que a ideia é trazer “uma versão mais mainstream, acessível e atualizada do Zé do Caixão, fiel ao público que o adora desde sempre, mas apresentando-o para uma audiência nova e mais ampla”.

Um dos filmes será produzido nos Estados Unidos e outro no México. O longa em espanhol já está em fase de roteirização, a cargo da dupla Lex Ortega e Adrian Garcia Bogliano, famosos por ‘Animales Humanos’. 

Leia Também:  Gui revela estratégia de Anitta para não ser cancelada por furar a quarentena

O personagem de José Mojica Marins ficou famoso em 1964, no filme ‘À Meia-Noite Levarei a sua Alma’. Zé do Caixão era um coveiro envolvido em artes místicas, que busca uma vítima para ser a mãe do filho demoníaco. Icônico, o personagem apareceu em vários filmes e programas de TV, até a morte do ator, em 2020, aos 83 anos. 

Fonte: IG GENTE

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ENTRETENIMENTO

Vera Viel se pronuncia sobre polêmica com comentário de 2015

Publicados

em


source
Vera Viel se pronuncia sobre polêmica com comentário de 2015
Instagram

Vera Viel se pronuncia sobre polêmica com comentário de 2015


A ex-modelo Vera Viel se pronunciou nesta segunda-feira (18) após ser duramente criticada por um comentário de 2015 no Instagram de uma jovem.


A história veio a tona após Duda, dona do perfil, fazer um vídeo no TikTok com os prints. Ela costumava compartilhar fotos de quando criança e marcar famosos para ajudarem no seu sonho de ser modelo. Em um dos posts feito pela Duda, Vera comentou: “Precisa ser magra para ser modelo, fofa”.

Após a história viralizar, a esposa do apresentador Rodrigo Faro se desculpou no Instagram. “Estou sendo duramente criticada por um comentário que fiz na foto de uma criança em seu perfil do Instagram no ano de 2015. Eu gostaria de publicamente me desculpar com todos que sesentiram ofendidos. Fui modelo por mais de 20 anos e em uma época onde seexigia um padrão de magreza cruel e nada saudável. Sofri muito com dietas e regimes para me enquadrar em talpadrão, senão não teria trabalho”, iniciou.

Leia Também:  Regina Casé desabafa sobre Paulo Gustavo: "A saudade tá muito braba"

Leia Também

“Esse texto não é para discutir os padrões estéticos da modade alguns anos atrás e tampouco para iustilicar aquilo que para muitos pode parecer ofensivo e até proposital. Minha resposta está lá e não fujo às minhas responsabilidades e atitudes.De fato endossei que precisava ser magra para se entrar na indústria da moda pois era assim que o mercado funcionava”, continuou.

Em seguida, Vera se dirigiu a jovem do atacada pelo comentário. “Duda, eu jamais quis dar a entender que fosse gorda ou fosse magra demais seus sonhos seriam tolhidos. Eu respondiao comentário dizendo sim, você está magra e para ser modelo precisa ser magra! O mundo era assim e fazíamos parte disso. Que pensamento idiota e irresponsável, eu uma mulher que viveu esse mundo cruel de ter que se encaixar em um padrão, mãe de três filhas concordando com isso? Sim, todos nós erramos, mas nem todos conseguem enxergar que reconhecer erros e atitudes e aprender sempre fazem a gente amadurecer e ser melhor a cada dia. Que bom que o mundo mudou ou está mudando e que sortea minha poder aprender com meus erros e sobretudo com a sabedoria de minhas Filhas. A falta de empatia e sororidade tem gerado sérios problemas de aceitação, inclusão, autoestima e distúrbios alimentares, às vezes com proporções irreversíveis. Um padrão só não nos representa como mulheres, mas sim a diversidade de biotipos, corpos, cabelos. .. é essa pluralidade que nos define e só aprenderemos partindo do principio do respeito e da desconstrução desses paradigmas”, afirmou.

Leia Também:  Elton John retomará turnê de despedida na Europa e América do Norte em maio de 2022

“Independente do julgamento alheio o que me preocupa é a minha consciência. Saber que tal frase não foi escrita com a intenção com que foi divulgada. Entretanto, só de imaginar que, (mesmo sem intenção) possa ter sido a responsável porpodar o sonho de uma criança, fico triste e com o desejo de me reparar. Tantos anos se passaram e eu não consigo imaginar o tamanho da sua dor e decepção. Que o tempo tenha curado qualquer tipo de mágoa e que de verdade você seja uma mulher feliz e realizada, sendo quem você quiser ser, o que você quiser ser e como quiser ser. Com muito respeito e aprendizado, Vera Viel Faro”, finalizou.

Confira:


Fonte: IG GENTE

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA