Ford EcoSport já desvaloriza mais do que os concorrentes, aponta pesquisa

Publicados


source
Ford EcoSport: depois que deixou de ser fabricado no Brasil, índice de desvalorização do SUV aumentou
Divulgação

Ford EcoSport: depois que deixou de ser fabricado no Brasil, índice de desvalorização do SUV aumentou

O anúncio feito pela Ford em janeiro do fechamento das suas fábricas no Brasil já reflete nos preços do EcoSport no mercado de usados. De acordo com um levantamento feito pela startup de venda de veículos Mobiauto , o SUV compacto da marca americna já apresenta uma desvalorização de 8,94% em um ano de uso.

Na pesquisa, um Ford EcoSport Freestyle 1.5 com um ano de uso é oferecido atualmente pelo valor médio de R$ 80.742, ante os R$ 88.868 pedidos por um exemplar zero km remanescente. Enquanto isso, concorrentes como o Chevrolet Tracker LT e o Jeep Renegade Longitude desvalorizaram 2,99% e 3,08%, respectivamente.

Leia Também:  Gasolina ou etanol? Aplicativo indica qual é o melhor para o seu veículo

Você viu?

De acordo com o CEO da Mobiauto, Sant Clair Castro Jr., a queda abrupta de preços do EcoSport revela o excesso repentino de ofertas após a divulgação de encerramento da produção do modelo, que contrasta com a fraca procura no mercado de seminovos. “Na pressa de vender o carro, o consumidor reduz o preço e isso aparece nos cálculos de depreciação. Como parte dos compradores se desinteressou pelo carro, as cotações caem ainda mais”, explica.

Vendas em baixa

Modelo somou apenas 324 emplacamentos na 1ª quinzena de fevereiro
Divulgação

Modelo somou apenas 324 emplacamentos na 1ª quinzena de fevereiro

O EcoSport liderou por vários anos o segmento de SUVs compactos no mercado brasileiro. Mas desde a onda de novidades que se seguiu ao lançamento do Jeep Renegade em 2015, o modelo caiu na preferência do público, embora ainda mantivesse números relativamente altos de vendas.

O Ford EcoSport fechou 2020 com 24.031 unidades emplacadas e a 8ª colocação no ranking de SUVs. Com o anúncio do fim da produção dso modelo no Brasil, o SUV fechou janeiro com 3.241 unidades e perdeu uma posição na tabela de utilitários.

Leia Também:  Fabricantes querem plano estratégico para avançar com elétricos no Brasil

O resultado negativo acabou se acentuando ainda mais na parcial de fevereiro, quando foram emplacadas na 1ª quinzena apenas 324 unidades do modelo. Os números do Renavam foram divulgados pela Fenabrave.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

CARROS E MOTOS

BMW S 1000 RR ganha nova cor no mercado do Brasil

Publicados

em


source
BMW S 1000 RR: nova combinação de cores é voltada especificamente para o Brasil, onde a esportiva é produzida
Divulgação

BMW S 1000 RR: nova combinação de cores é voltada especificamente para o Brasil, onde a esportiva é produzida

A BMW S 1000 RR, recente lançamento da BMW Motorrad, acaba de ganhar mais uma opção de cor no mercado brasileiro. Já disponível nas cores prata metálico e tricolor motorsport, o modelo agora pode ser adquirido na cor preto metálico com detalhes em vermelho, que valorizam o estilo e a esportividade da categoria. O modelo tem preço sugerido de R$ 76.900.

Produzida na fábrica de Manaus, a BMW S 1000 RR pretende ser mais uma alternativa para o consumidor. “A nossa fábrica em Manaus nos permite trazer mais opções aos clientes e atender as demandas locais”, declara Julian Mallea, Diretor da BMW Motorrad no Brasil. “Com essa nova cor, esperamos seguir no atendimento dos desejos do cliente brasileiro”, reforça o executivo.

Leia Também:  Stellantis acaba com a divisão SRT dos Dodge esportivos

A BMW S 1000 RR vem com painel de instrumentos TFT de 6,5 polegadas, motor de quatro cilindros, com 207 cv e 11,5 kgfm, sendo 88,7% dessa força disponível entre 5.500 e 14.500 rpm. A moto esportiva também conta com ShiftCam , que ajuda acelerar de maneira mais uniforme em saídas de curva fechadas, prolongando a vida útil dos pneus e possibilitando que o piloto use melhor a estrutura.

Os modos de pilotagem disponíveis se baseiam em quatro tipos: Rain, Road, Dynamic e Race. Há também a opção Modo Pro com configurações adicionais de pilotagem (Race Pro 1-3), recursos de Controle de Tração, Limitador de Pit-Lane para controlar a velocidade e Shift Assistant Pro , que permite realizar mudanças rápidas de marcha sem precisar acionar a embreagem, entre os principais recursos.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA