Itamaraty confirma novo embaixador do Brasil na Argentina

Publicados

O Ministério das Relações Exteriores informou hoje (24) que o embaixador Julio Glinternick Bitelli foi confirmado como o novo embaixador do Brasil na Argentina. Atualmente, ele é embaixador do Brasil no Marrocos.

Bitelli já atuou na embaixada em Buenos Aires em duas ocasiões. Foi conselheiro entre 2003 e 2006, responsável pelo setor político, e ministro-conselheiro, de 2010 a 2013. Entre 2013 e 2015, chefiou a embaixada na Tunísia e, de 2016 a 2019, na Colômbia.

Já foi chefe de gabinete do ministro das Relações Exteriores, nos anos 2015 e 2016, ocasião em que o atual ministro Mauro Vieira, também comandou o Itamaraty.

Ao indicar um embaixador, o país solicita formalmente agrément, que é o consentimento do Estado estrangeiro que receberá o diplomata. No caso de Bitelli, o Itamaraty informou que a Argentina concedeu agrément. Agora, a designação será submetida à aprovação do Senado Federal, para que o embaixador assuma oficialmente como representante do Brasil no país.

Edição: Valéria Aguiar

Fonte: EBC Política Nacional

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Câmara aprova ampliação de atividades com Fundo Geral de Turismo
Propaganda

POLÍTICA NACIONAL

Suplentes assumem vagas deixadas por ministros do governo Lula

Publicados

em

Os quatro suplentes dos senadores que compõe a equipe ministerial do governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva já assumiram os mandatos na Casa. Ana Paula Lobato (PSB-MA) entrou no lugar de Flávio Dino (PSB-MA), ministro da Justiça e Segurança Pública; Augusta Brito (PT-CE) substitui Camilo Santana (PT-CE), ministro da Educação; e Fernando Farias (MDB-AL) assume a vaga de Renan Filho (MDB-AL), novo ministro dos Transportes.

A única suplente que não é estreante é Margareth Buzetti (PSD-MT), que assume a vaga do ministro da Agricultura e Pecuária, Carlos Fávaro (PSD-MT). Ela já havia substituído o parlamentar no ano passado e agora reassume com a nomeação de Fávaro para governo Lula.

Bandeiras

Ana Paula Lobato, de 37 anos, é a mais jovem senadora da Casa. Ela pretende dedicar o mandato a causas ligadas às mulheres, à saúde e à educação. Já Augusta Brito, 46 anos, disse que vai trabalhar em conjunto com o governo Lula no combate à pobreza e às desigualdades sociais. Ela destacou a importância da atuação em favor das energias renováveis, como eólica e solar. Enfermeira e empresária do ramo de aluguel de equipamentos e máquinas para construção, é também vice-prefeita de Pinheiro, município da Baixada Maranhense onde passou sua infância e adolescência. Em janeiro de 2022 , ela assumiu a prefeitura durante o afastamento de Luciano Genésio por determinação do Tribunal Regional Federal da 1ª Região.

Leia Também:  Bolsonaro envia MP do Auxílio Emergencial ao Congresso

O empresário Fenando Farias (MDB), 70 anos, nunca ocupou cargo político. Atua no ramo de produção de açúcar, álcool, aguardente e bioeletricidade, gerada a partir da moagem do bagaço de cana. É um dos executivos do Grupo Carlos Lyra, com sede em Maceió, que possui cinco usinas produtoras nos estados de Alagoas, Goiás e São Paulo. Também é proprietário de um shopping center no município de Delmiro Gouveia, no sertão alagoano.

Edição: Valéria Aguiar

Fonte: EBC Política Nacional

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA