Mônica Waldvogel fortalece o discurso de empatia para ajudar quem precisa

Publicados


source
Mônica Waldvogel
Instagram/Reprodução

Mônica Waldvogel

Ao compartilhar uma notícia do jornal “Folha de S. Paulo”, cuja chamada diz que “Bolsonaro ignora quatro mil mortes, ironiza título de genocida e critica medidas restritivas”, Mônica Waldvogel expressou sua opinião por meio do Twitter. “Seguinte: ele não liga se são 100, 4.000 ou 340.000 brasileiros mortos. O presidente vive numa realidade paralela, indiferente ao que acontece no seu país. Tem a fantasia da vida normal quando o Brasil está aterrorizado com a transmissão acelerada e os hospitais lotados”.

Em outro trecho de seu desabafo, a jornalista e apresentadora da GloboNews deixou subentendido que a situação é grave e, se não houver participação responsável, pode se agravar ainda mais. “Parte da população também não dá a mínima, não há informação que faça entrar alguma ideia nas suas cabeças, nem experiência no resto do mundo que permita aprender com o que já se sabe sobre a doença”, disse, referindo-se a quem desdenha do fato ou o banaliza.

Antes de encerrar, ela fez questão de apontar uma solução e incentivar um movimento em que se faça algo por muitos que não têm os privilégios de alguns. “O que resta é apoiar governadores e prefeitos que batalham soluções para o gigantesco problema sanitário e humanitário que enfrentamos. Cuidar de nós e de nossos amores. Fazer doações para diminuir o sofrimento dos que sentem fome e estão desamparados. Esse pesadelo vai acabar”, concluiu.

Fonte: IG GENTE

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ENTRETENIMENTO

‘Bridgerton’, da Netflix, terá terceira e quarta temporadas

Publicados

em


source
Phoebe Dynevor (Daphne Bridgerton) e René-Jean Page (o Duque de Hastings) em
Divulgação

Phoebe Dynevor (Daphne Bridgerton) e René-Jean Page (o Duque de Hastings) em “Bridgerton”


Boas notícias para os fás de “Bridgerton”. A série, uma das mais badaladas do início de 2021, teve a terceira e quarta temporadas confirmadas pela Netflix. O anúncio foi feito por Lady Whistledown, que revela os segredos da alta sociedade na trama:

“Caros leitores,

Parece que temos um comunicado especial para fazer: Bridgerton voltará para terceira e quarta temporadas. A autora que vos escreve precisará de mais tinta…”

Você viu?

Regé-Jean Page de saída

O comunicado vem dias depois do anúncio de que Regé-Jean Page, o intérprete de Simon Basset, o Duque de Hastings, não estará na segunda temporada.

Segundo o site Hollywood Reporter, o contrato de Page era para apenas uma temporada — logo, o ator já cumpriu com todas as suas obrigações. O ator viveu Simon Basset, o Duque de Hastings. A série, baseada no romance “O duque e eu”, de de Julia Quinn (2000), se tornou um dos maiores sucessos do streaming.O contrato de Page estava de acordo com a estratégia dos produtores antes da estreia da série, de focar cada temporada em um personagem diferente da série de livros best-seller de Julia Quinn.

Leia Também:  Thelminha rebate Karol Conká sobre "proteção de amigas brancas" no BBB 20

A segunda temporada de “Bridgerton” vai focar em Anthony Bridgerton, interpretado por Jonathan Bailey. As filmagens começam neste mês. Par romântico de Page, Phoebe Dynevor continuará na série como Daphne Bridgerton e manterá um papel fundamental na história. Ela vai ajudar seu irmão, Anthony, na busca por uma esposa na temporada social.

O personagem de Page, Simon, vai continuar existindo no universo de “Bridgerton” como o marido de Daphne.

Fonte: IG GENTE

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA