No interior, unidades prisionais passarão por revistas diárias

Publicados


O chefe da Diretoria Geral de Administração Penitenciária (DGAP), Edson Costa afirmou que sistema penitenciário está “pronto para dar respostas”, após cinco armas e uma granada serem encontrados dentro de cela em presídio goiano.

“Pode ser vias de lançamento, corrupção de todos que têm um papel com o serviço, seja visita, advogado, servidor público. Não quer dizer que não vamos ter algum tipo de movimentação, pode ter, mas o sistema está pronto. Temos planejamento para dar as respostas necessárias. Não tem porque sociedade se preocupar”, afirmou coronel Edson.

Uma das medidas tomadas consiste nas revistas diárias em todas as unidades prisionais do Estado. Com a nova decisão da Administração Penitenciária (DGAP), as unidades prisionais do interior do Estado deverão seguir as determinações e realizar as vistorias.

Outra medida adotada foi a contratação de mais de 1.500 agentes de segurança prisional temporários, além da realização de concurso publico para o preenchimento de vagas em aberto.

Leia Também:  Especialistas debatem em live crimes contra a saúde pública

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

CONCURSO

Abertas as inscrições para o concurso da Polícia Penal de Goiás

Certame oferece 1,6 mil vagas, com salário inicial de R$ 5,9 mil; seleção exige diploma de nível superior.

Publicados

em

DGPP vai receber 1,6 mil novos policiais penais: inscrições para o concurso seguem abertas até 14 de agosto. Foto: DGPP

Estão abertas, a partir desta terça-feira (16), as inscrições para o concurso público que vai preencher 1,6 mil vagas para o cargo de policial penal em Goiás. O cadastro deve ser feito pelo site do Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC), com taxa de R$ 150. Para concorrer ao cargo, o candidato deve ter diploma de nível superior, em qualquer área, registrado em instituição reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).  O salário inicial para o cargo é de R$ 5.971,42, para uma carga horária de 40 horas semanais.

O certame será conduzido pelo IBFC, sob coordenação da Secretaria de Estado da Administração (Sead), e os aprovados serão lotados na Diretoria-Geral de Polícia Penal (DGPP), órgão ligado à Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP). O exercício do cargo exige a realização de viagens e a prestação de serviços fora do expediente e do local de trabalho.

A seleção será dividida em sete fases: prova objetiva, prova discursiva, avaliação médica, avaliação de aptidão física, avaliação psicológica, avaliação de vida pregressa e investigação social e avaliação de títulos. Candidatos com deficiência também passarão por avaliação de equipe multiprofissional. A data provável da aplicação das provas objetiva e discursiva é 15 de setembro, nas cidades de Aparecida de Goiânia, Caldas Novas, Formosa, Goiânia, Goianésia, Itaberaí, Luziânia, Rio Verde e São Luís de Montes Belos.

Leia Também:  Começa a vigorar decreto que proíbe temporada turística no Rio Araguaia

O período de inscrições vai até o dia 14 de agosto de 2024. O edital completo está disponível no portal do IBCF (www.ibfc.org.br) e no site da Sead – em Acesso Rápido / Concursos e Seleções.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA