Novo apagão atinge cidades do Amapá

Publicados


Por volta das 16h de hoje (16), um novo apagão elétrico afetou algumas cidades do Amapá, incluindo a capital Macapá. Não foram informados o total de municípios afetados. 

Em nota, a Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA) informou que a falta de energia desta quarta-feira “foi provocada pela saída da Linha de Transmissão de 230 KV entre Jurupari e Laranjal do Jari”, que fica na região sul do estado.

A distribuidora que atende a capital, a Linhas de Macapá Transmissora de Energia (LMTE) informou que houve desligamento momentâneo, que a causa “está sendo apurada” e o retorno do fornecimento foi imediato. “A LMTE disponibilizou no tempo de 1 minuto o transporte da energia nas linhas de transmissão Laranjal-Macapá 1 e 2”.

O Ministério de Minas e Energia também se manifestou em nota e confirmou que, às 16h05, houve o desligamento do sistema de 230 KV que atende Macapá. 

“Em consequência, houve o desligamento de toda a carga atendida pela Subestação Macapá, de cerca de 250 MW [megawatts]. O início da retomada do fornecimento de energia iniciou às 16h21, com o religamento de um circuito da linha de transmissão. O reestabelecimento do fornecimento está sendo realizado de forma coordenada pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS). As causas do desligamento deverão ser identificadas no Relatório de Análise de Perturbação”, disse a pasta, em nota.

Leia Também:  Jovens indígenas ganharão prêmios pela preservação de rios e oceanos

O ONS informou que, após o apagão, a energia foi completamente restabelecida no estado por volta das 18h. 

“O ONS reitera que, assim que identificou o problema, atuou prontamente para iniciar a recomposição do sistema e para que o completo fornecimento de energia fosse restabelecido o mais rápido possível. O ONS avaliará as causas da ocorrência junto aos agentes envolvidos e, posteriormente, fará um Relatório de Análise da Perturbação (RAP)”.

Este é o quinto apagão elétrico registrado no Amapá este ano. Em novembro do ano passado, mais de 90% da população do estado passaram mais de 20 dias com fornecimento limitado em esquema de rodízio de energia elétrica.

Edição: Fábio Massalli

Fonte: EBC Geral

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

GERAL

Pará terá Forças Armadas no combate a crimes ambientais

Publicados

em


O presidente Jair Bolsonaro autorizou a ampliação da utilização das Forças Armadas, no contexto da Garantia da Lei e da Ordem (GLO), para combater delitos ambientais no estado do Pará.

No dia 28 de junho, ele havia editado um decreto autorizando o emprego das Forças Armadas até 31 de agosto de 2021 no combate a esse tipo de delito na Amazônia, em municípios específicos com situação mais problemática. No decreto anunciado hoje pelo Planalto, ele amplia esse combate ao estado do Pará.

Pelo primeiro decreto da GLO editado, a atuação dos militares ocorre exclusivamente em áreas de propriedade ou posse da União, como terras indígenas, áreas federais de preservação, imóveis da União, entre outros. A ação em outras áreas somente poderá ser realizada se houver pedido do respectivo governador do estado ao presidente da República, o que já foi feito no caso de Rondônia.

Edição: Aline Leal

Fonte: EBC Geral

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Infraero planta mudas nativas no aeroporto de Foz do Iguaçu
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA