Novo Renault Logan tem peças registradas no Brasil

Publicados


source
Renault Taliant, como o novo Logan é conhecido na Turquia, deve ser vendido no Brasil até 2022
Divulgação

Renault Taliant, como o novo Logan é conhecido na Turquia, deve ser vendido no Brasil até 2022


Peças da nova geração do Renault Logan já começam a aparecer no registro de desenho industrial do Inpi (Instituto Nacional de Propriedade Industrial), indicando que o modelo compacto possivelmente um dos cinco lançamentos que a marca francesa promete fazer no mercado brasileiro até 2022.

Além de peças como grade frontal e para-choques, o novo Renault Logan aparece na edição mais recente da Revista do Inpi, em peças como a lateral, lanternas, faróis, portas e em três opções de rodas de liga leve e uma de calota, que são as mesmas disponibilizadas no carro comercializado no mercado europeu.

O Inpi revela ainda o painel lateral da carroceria do novo Sandero , que se juntam a outros componentes do hatch que já haviam sido patenteados no Brasil. Ambos os modelos são produzidos sobre a nova plataforma modular CMF-B, que em breve também deverá ser empregada em outros carros da empresa no mercado brasileiro, como a próxima geração do Duster e o futuro SUV de sete lugares derivado do conceito Bigster.

Leia Também:  Nova geração do Citroën C3 aparece em registros no Brasil

Você viu?


Além do novo Dacia Logan, já foi mostrado no exterior também o Renault Taliant , que é a variação do sedã com o losango da marca francesa. Mantendo a tradição das gerações passadas, traz algumas diferenças estéticas em relação ao seu correspondente romeno.

Além de Logan e Sandero, a lista de cinco lançamentos prometidos pela Renault no início deste mês para o Brasil inclui ainda o Captur reestilizado — que estreia ainda este ano, trazendo como destaque um novo motor 1.3 turbo —, o retoque no visual do subcompacto Kwid e possivelmente a renovação da picape Duster Oroch, seguindo as modificações feitas no SUV compacto que lhe serviu de base.

Citroën C4

Citroën C4: apesar do registro no Brasil, as prioridades da marca francesa se concentram no C3 Sporty
Reprodução/INPI

Citroën C4: apesar do registro no Brasil, as prioridades da marca francesa se concentram no C3 Sporty


Outra novidade revelada pelos arquivos do Inpi é a nova geração do Citroën C4. Agora um SUV-cupê, o modelo foi lançado no ano passado na Europa e é produzido sobre a plataforma CMP, a mesma utilizada no Peugeot 208. Mas embora o C4 tenha sido registrado no Brasil, a marca se concentra no lançamento do C3 Sporty .

Leia Também:  CFCs passam a aplicar provas teóricas para primeira habilitação em São Paulo

Diferente do novo Renault Logan , no registro de desenho industrial o SUV da Citroën aparece por inteiro e em duas variações. Uma mais simples, sem farois de LED e luzes auxiliares e que se assemelha ao pacote Live do mercado francês, e outra mais completa.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

CARROS E MOTOS

Pandemia é fator decisivo na alta das compras on-line e encomendas delivery

Publicados

em


source
Advento dos aplicativos de pedido de comida impulsionou os negócios na Bocão de Minas, especialista em lanches
leo fontes

Advento dos aplicativos de pedido de comida impulsionou os negócios na Bocão de Minas, especialista em lanches

Conforme uma pesquisa feita pela plataforma de e-commerce Mercado Livre , as pessoas estão buscando novas alternativas na questão da locomoção e de fazer compras, e uma das explicações dessa tendência está relacionada à pandemia.

Acontece que quem tem condições, prefere abrir mão do transporte público e investir em um veículo que atenda as suas necessidades. Essa forma de pensamento reforça as medidas restritivas e de distanciamento social, o que reduziu a necessidade de deslocamentos diários e impactou a mobilidade urbana .

Da mesma maneira, com a falta de empregos e o isolamento social, muitos também têm buscado os serviços de entrega, seja para pedir delivery ou mesmo a busca por um plano B de trabalho.

Leia Também:  Detran-SP usa rede de câmeras para combater fraudes em vistoria

Só para exemplificar, no segundo semestre do ano passado, houve um aumento de 35% na intenção de compra de motos , em relação aos níveis pré-pandêmicos, segundo levantamento do marketplace de Veículos, Imóveis e Serviços (VIS) do Mercado Livre.

“Sabemos que esse é um momento de transformação na sociedade e cada vez mais as pessoas buscam diferentes formas de mobilidade, e é nosso papel apontar tendências de mercado e viabilizar negócios”, explica Luis Paulo dos Santos, diretor de Marketplace de Veículos, Imóveis e Serviços do Mercado Livre.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA