“Operação Grãos” atua em cinco municípios para combater sonegação fiscal

Publicados


Para coibir o transporte de grãos sem notas fiscais, a Secretaria da Fazenda, a Delegacia Estadual de Repressão a Crimes contra a Ordem Tributária (DOT) e o Batalhão Fazendário da Polícia Militar de Goiás, realizam operação em cinco cidades do interior: Itumbiara, Cristalina, Catalão, Corumbaíba e São Simão. As carretas são paradas para a conferência das notas fiscais e quem estiver sem documentação ou com documentação inferior ao tamanho da carga é autuado.

Operação Grãos não tem data para terminar e está inserida no planejamento estratégico do fisco de 2018, afirma o gerente de Arrecadação e Fiscalização, Luciano Pessoa, para ser realizada especialmente na época da safra, já iniciada. Ela não termina na simples autuação do motorista da carreta, pois continua na secretaria para a identificação do produtor ou do corretor responsável pelos grãos, podendo transformar-se em inquérito policial, se caracterizado crime tributário.

Segundo informações da DOT, 17 policiais civis deslocaram-se para as cidades de Itumbiara, São Simão, Corumbaíba, Cristalina e Catalão, sob o comando da titular Ana Cláudia Stoffel. A Sefaz tem vários comandos volantes das delegacias fiscais envolvidos na operação.
Na manhã desta quarta-feira, dia 7, no posto JK, em Itumbiara, na divisa de Goiás com Minas Gerais, foi apreendida uma carreta de milho com 58 toneladas com notas frias. Foi lavrado auto de infração de R$ 5 mil. A delegada Ana Claúdia Stoffel tomou o depoimento do motorista. Ele disse inicialmente que a carga tinha saído de Rio Verde. Depois, apresentou nota de operação interna de Mato Grosso, que não vale em Goiás. O delegado fiscal de Itumbiara, José Fernando Costa, acompanhou todo o trabalho.

Leia Também:  Durante feriado de Corpus Christi ocupação de pousadas e hotéis de Caldas Novas chegam a 60%

Em São Simão foram apreendidas duas carretas com milho com notas fiscais inidôneas. Uma delas carregava 32 toneladas de milho, vinha de Campo Alegre, mas tinha nota fiscal do Distrito Federal. Também foi autuada uma carga de cadeira sem fio e sem documentação fiscal em São Simão.

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

CONCURSO

Abertas as inscrições para o concurso da Polícia Penal de Goiás

Certame oferece 1,6 mil vagas, com salário inicial de R$ 5,9 mil; seleção exige diploma de nível superior.

Publicados

em

DGPP vai receber 1,6 mil novos policiais penais: inscrições para o concurso seguem abertas até 14 de agosto. Foto: DGPP

Estão abertas, a partir desta terça-feira (16), as inscrições para o concurso público que vai preencher 1,6 mil vagas para o cargo de policial penal em Goiás. O cadastro deve ser feito pelo site do Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC), com taxa de R$ 150. Para concorrer ao cargo, o candidato deve ter diploma de nível superior, em qualquer área, registrado em instituição reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).  O salário inicial para o cargo é de R$ 5.971,42, para uma carga horária de 40 horas semanais.

O certame será conduzido pelo IBFC, sob coordenação da Secretaria de Estado da Administração (Sead), e os aprovados serão lotados na Diretoria-Geral de Polícia Penal (DGPP), órgão ligado à Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP). O exercício do cargo exige a realização de viagens e a prestação de serviços fora do expediente e do local de trabalho.

A seleção será dividida em sete fases: prova objetiva, prova discursiva, avaliação médica, avaliação de aptidão física, avaliação psicológica, avaliação de vida pregressa e investigação social e avaliação de títulos. Candidatos com deficiência também passarão por avaliação de equipe multiprofissional. A data provável da aplicação das provas objetiva e discursiva é 15 de setembro, nas cidades de Aparecida de Goiânia, Caldas Novas, Formosa, Goiânia, Goianésia, Itaberaí, Luziânia, Rio Verde e São Luís de Montes Belos.

Leia Também:  Em Goiás, jovem isolado por Covid-19 é encontrado morto em banheiro de casa

O período de inscrições vai até o dia 14 de agosto de 2024. O edital completo está disponível no portal do IBCF (www.ibfc.org.br) e no site da Sead – em Acesso Rápido / Concursos e Seleções.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA