Plantão Policial

PC conclui caso de chacina ocorrida em Itapaci; Assista

Publicados

PC conclui caso de chacina ocorrida em Itapaci no Vale do São Patrício. Foto: Captura do Vídeo

A Polícia Civil (PC) através da Delegacia Estadual de Investigação de Homicídios, deflagrou a Operação Ghost, nos dias 7 e 8 de fevereiro, com o intuito de cumprir mandados de prisão preventiva relacionados a chacina ocorrida no dia 23 de agosto de 2023 em Itapaci no Vale do São Patrício. Na ocasião, cinco pessoas de uma mesma família foram covardemente executadas e uma menor gestante ficou ferida.

No dia 7, a equipe policial se dirigiu até o Distrito de Girassol, em Cocalzinho de Goiás, com o objetivo de prender o principal autor do crime, o qual, após a prática do delito, havia homiziado neste local. Durante o cumprimento do mandado de prisão em seu desfavor, o investigado atentou contra a vida dos policiais civis e, após a ação policial, foi a óbito.

No dia 8, a PC dirigiu-se até Itapaci e Cidade Ocidental para dar cumprimento a dois mandados de prisão preventiva e um mandado de busca e apreensão em uma propriedade rural em Itapaci, onde através do uso de equipamento de detecção de metais, fora localizada enterrada na propriedade de um dos autores, a arma de fogo utilizada na chacina, bem como três carregadores com munições.

Leia Também:  PC realiza prisão de suspeito de roubos, em Jaraguá; Assista

As investigações demonstraram que o motivo do crime bárbaro teria sido um desentendimento entre o autor, que acabou morrendo no dia 7, e uma das vítimas que ocorrera em uma festa municipal. A PC constatou que as demais vítimas não eram alvo dos executores, e que provavelmente só tiveram suas vidas ceifadas pelo fato de estarem na residência no momento da execução. Os investigadores apuraram que o principal investigado, após a chacina, determinou a execução de outras pessoas, com o intuito de eliminar testemunhas. Foi verificado que mais duas pessoas tiveram participação nos crimes e foram presas nessa operação.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

PLANTÃO POLICIAL

PC realiza prisão de envolvido em roubo violento a usina de placas solares em Uruaçu

A PC após realizar amplas diligências, identificou um dos supostos autores do fato, o que ensejou a deflagração, no dia 5 de julho da primeira fase da Operação Apolo, quando foram cumpridos três mandados judiciais, sendo um de prisão temporária e de busca e apreensão no Povoado de Araras município de Amaralina, e um de busca e apreensão em Anápolis.

Publicados

em

PC realiza prisão de envolvido em roubo violento a usina de placas solares em Uruaçu. Fotos: PC

A Polícia Civil (PC) através da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Rurais (DERCR), deflagrou, na terça-feira 16), em Anápolis, a Operação Apolo 2, no intuito de cumprir um mandado judicial de prisão temporária e dois de busca e apreensão em desfavor de outro suspeito de ter roubado mais de 110 placas solares e outros objetos em Uruaçu.

Conforme a PC, entre a noite do dia 18 e madrugada do dia 19 de abril de 2024, cerca de três indivíduos, todos utilizando armas de fogo, renderam o vigilante de uma usina fotovoltaica instalada na zona rural de município de Uruaçu, o trancaram em um quarto e amarraram suas mãos.

Na sequência, utilizando uma mini-carregadeira do próprio local, carregaram um caminhão com as placas solares e com outros objetos, causando um prejuízo de mais de R$ 168 mil às vítimas.

A PC após realizar amplas diligências, identificou um dos supostos autores do fato, o que ensejou a deflagração, no dia 5 de julho da primeira fase da Operação Apolo, quando foram cumpridos três mandados judiciais, sendo um de prisão temporária e de busca e apreensão no Povoado de Araras município de Amaralina, e um de busca e apreensão em Anápolis. Com o aprofundamento das investigações, outro suposto criminoso foi identificado, motivo pelo qual foi preso nesta nova fase. O nome do detido não foi divulgado, razão pela qual nossa reportagem não localizou a sua defesa.

Leia Também:  Rialma: Residência é furtada, incluindo carro do IBGE

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA