Plantão Policial

PC realiza a prisão de mais uma pessoa envolvida no golpe contra casal de idosos; Os prejuízos chegaram a R$ 80 mil

Um contrato ideologicamente falso foi apreendido durante o cumprimento do mandado de prisão temporária

Publicados

A Polícia Civil (PC), através do Grupo de Repressão a Estelionato e Outras Fraudes da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (GREF/DEIC), dando continuidade à investigação que, no final da semana passada, culminou na prisão de um homem de 35 anos, cumpriu mandado de prisão temporária, na tarde da última quinta-feira (18), em face de uma mulher de 29 anos. Ela foi presa em uma academia de ginástica, no Setor Central, em Goiânia, suspeita de, na companhia de seu comparsa, aplicar um golpe contra casal de idosos, fazendeiros, residentes em Campo Grande (MS), causando-lhes prejuízo de cerca de R$ 80 mil.

 

Relembre o caso

Trata-se de crime de estelionato, envolvendo engenharia social conhecida como “golpe do novo número”. No caso em questão, no dia 11 de dezembro de 2020, as vítimas, acreditando estarem atendendo um pedido urgente da sua filha, médica, via Whatsapp, efetuaram dois depósitos nas contas indicada pelos criminosos. A justificativa usada pelo estelionatário era de que estava comprando um equipamento para a clínica onde a médica trabalhava, mas que não estava conseguindo efetuar o pagamento por falha no aplicativo do banco.

Leia Também:  Motorista é flagrado transportado 10 pessoas em veículo de passeio

Para dar ares de veracidade ao pedido, os criminosos utilizaram a fotografia da filha da vítima no número de Whatsapp utilizado. Após tomar conhecimento do fato, a autoridade policial, imediatamente, representou pela prisão temporária dos suspeitos.

Após o crime, a instituição financeira entrou em contato com a mulher suspeita para que ela justificasse o recebimento da quantia de R$ 50 mil na conta dela. Neste momento, ela, em conluio com o outro suspeito, forjaram contrato de compra e venda de um veículo automotor no valor de R$ 60 mil. O contrato é falso, pois as partes e seu objeto não existem. A mulher confessou este crime em interrogatório. Por este motivo, ela também será indiciada por falsificação de documento particular. O contrato ideologicamente falso foi apreendido durante o cumprimento do mandado de prisão temporária. Agora, a dupla responderá ao inquérito policial pelo delito de estelionato. Os presos se encontram à disposição do Poder Judiciário.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

PLANTÃO POLICIAL

PC realiza prisão de mulher suspeita de aplicar “Boa noite, Cinderela” em idoso com necessidades especiais

Conforme as investigações, caso aconteceu no dia 16 de fevereiro deste ano

Publicados

em

A Polícia Civil (PC) realizou a prisão de uma mulher de 50 anos suspeita de usar o golpe “Boa noite, Cinderela” para roubar um idoso de 61 anos com necessidades especiais. O crime aconteceu no dia 16 de fevereiro deste ano, no setor Conjunto Primavera, em Goiânia e ela foi presa nesta segunda-feira (1º).

A mulher foi detida pela PC em Cristianópolis e com a mesma os policiais encontraram a motocicleta, aparelho celular, capacete e mochila, todos roubados do idoso. Também foi apreendido o remédio psicotrópico usado para dopar a vítima.  Os objetos serão restituídos para à vítima.

A imagem da investigada está sendo divulgada pela PC, em conformidade com a Lei 13.869/2019 e Portaria 02/2020, para auxiliar na identificação de novas vítimas.

Modos operandi

As investigações mostram que a suspeita atraía as vítimas em sites de relacionamento e, mediante a utilização de um expediente conhecido como “Boa noite, Cinderela”, dopava as vítimas e roubava todos os bens que haviam nas residências, em especial veículos automotores, segundo a PC.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Presos integrantes de clínica de recuperação suspeitos de sequestro
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA