OPERAÇÃO WELFARE II

PC realiza prisão de suspeitos de fraudarem aquisição de cestas básicas em Itapaci

Há indícios de que o chefe do Departamento de Compras da Prefeitura Municipal de Itapaci, a quem cabia a incumbência de repassar as necessidades de aquisições da prefeitura e dar início aos procedimentos licitatórios, é a pessoa que de fato administra o supermercado vencedor de 11 licitações seguidas no município.

Publicados

A Polícia Civil (PC) através da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra a Administração Pública (DERCAP), e com apoio da 10ª DRP/Ceres e DP de Itapaci, realizou a prisão nesta quarta-feira (12) durante a 2ª fase da operação Welfare de dois suspeitos de fraudarem licitações para a aquisição de cestas básicas em Itapaci no Vale do São Patrício, que seriam distribuídas à população carente da cidade.

Conforme as investigações, nos anos de 2017 a 2020, houve o direcionamento de licitações realizadas pelo município de Itapaci para que um mesmo estabelecimento comercial vencesse os procedimentos e pudesse fornecer cestas básicas que seriam distribuídas por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social. Há indícios de que o chefe do Departamento de Compras da Prefeitura Municipal de Itapaci, a quem cabia a incumbência de repassar as necessidades de aquisições da prefeitura e dar início aos procedimentos licitatórios, é a pessoa que de fato administra o supermercado vencedor de 11 licitações seguidas no município.

Somente com a aquisição de cestas básicas no período investigado, o município empenhou o montante de R$ 3.136.000. Por outro lado, foi apurado que a distribuição das cestas básicas não atendeu a todas as pessoas inscritas nos programas sociais da prefeitura, denotando a falta de critérios para a concessão do benefício e a não entrega efetiva dos produtos adquiridos com dinheiro público.

Leia Também:  Em Inhumas, enfermeiro é esfaqueado enquanto trabalhava em abrigo de idosos

As investigações estão em sua fase final e os envolvidos poderão responder por crimes de associação criminosa, fraude a licitação e peculato, cujas penas máximas, se somadas, podem chegar a 19 anos de prisão. Os nomes dos detidos não foram divulgados.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

PLANTÃO POLICIAL

Em Jaraguá, homem é preso em flagrante por tráfico de drogas

Publicados

em

Um homem de 29 anos foi preso neste sábado (15) no Setor Ana Edith, em Jaraguá no Vale do São Patrício, ser suspeito de tráfico de drogas. A sua prisão aconteceu no exato momento em que ele iria vender uma porção de crack a um usuário de drogas.

A Polícia Militar (PM) através dos policiais da Companha de Policiamento Especializado (CPE), estavam monitorando a residência e quando realizavam patrulhamento pelo local se depararam com um usuário de drogas que ao ser abordado afirmou que estava ali para comprar drogas. Imediatamente foi realizado o adentramento tático, sendo encontrado o morador e principal suspeito da mercancia de entorpecentes. Durante buscas domiciliar, os militares encontraram uma quantidade considerável de crack e maconha, além balança de precisão, papel insulfilm para embalo das drogas, canivete – usado para fracionar as drogas, e um pouco mais de R$ 1.000,00 em notas de diversos valores, possivelmente oriundo do tráfico.

O suspeito recebeu voz de prisão por tráfico de drogas e foi levado para a Delegacia de Polícia Civil local, juntamente com as drogas, demais materiais ilícitos encontrados na residência, e o usuário de drogas.

Leia Também:  Itapuranga: Menina negra que sonha em ser juíza é convidada de evento no Fórum

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA