Polêmica: Deputados goianos criticam bonecos entregues pela OVG

Publicados


Nesta semana a Organização das Voluntárias de Goiás (OVG) realizou a entrega de brinquedos para crianças de diversos municípios goianos. Ocorre que, após a entrega dos brinquedos, alguns deputados criticaram os bonecos entregues às crianças carentes em ocasião do Natal. A crítica se deve ao fato de que, aparentemente, todas as bonecas são vestidas do mesmo modo, mas possuem simulações de órgãos sexuais de ambos os sexos, o que foi interpretado pelos parlamentares como “ideologia de gênero”.

Por meio de redes sociais, o deputado federal Delegado Waldir Soares (PR) se mostrou contrário à distribuição dos bonecos com distinção de órgãos sexuais, alegando que todos se assemelham a meninas. “Bonecas do sexo feminino com pênis, bonecas do sexo masculino com batons, explícito os órgãos genitais tanto feminino como masculino, incentivando a ideologia de gênero entre crianças”, argumenta o político na postagem.

O deputado estadual Daniel Messac (PSDB) também demonstrou incômodo em relação aos bonecos e usou a tribuna da Assembléia Legislativa de Goiás (Alego), nesta quarta-feira (13), para se manifestar. O político afirmou que já informou à Secretaria de Estado de Educação, Cultura e Esporte (Seduce) a sua posição contrária à ideologia de gênero e cobrou informações sobre o dinheiro público aplicado na aquisição desses brinquedos.

Leia Também:  Bombeiros encerra operação de férias em Goiás com 200 ocorrências de resgate

Messac acredita que os brinquedos incentivariam a ideologia de gênero nas crianças. “Estão fazendo uma doutrinação da chamada ideologia de gênero, um mecanismo para destruir as famílias. Sou a favor da ideologia de Gênesis, que fala que Deus criou o homem e a mulher”, ressaltou.

Já o deputado estadual Júlio da Retífica (PSDB), não concorda com a discussão. Ele acredita que não há o que se discutir quanto à ideologia de gênero em relação aos bonecos comprados. Segundo o político, os brinquedos são divididos em bonecos e bonecas e isso está bem definido.

Em nota, a OVG explicou que todos os brinquedos distribuídos estão dentro das especificações técnicas estabelecidas pelos órgãos de controle. Além disso, a organização disse ter avaliado em várias empresas e bonecos disponíveis no mercado, e constatou que as bonecas e bonecos são constituídos do mesmo modo que os distribuídos, inclusive os de grandes marcas.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

CONCURSO

Abertas as inscrições para o concurso da Polícia Penal de Goiás

Certame oferece 1,6 mil vagas, com salário inicial de R$ 5,9 mil; seleção exige diploma de nível superior.

Publicados

em

DGPP vai receber 1,6 mil novos policiais penais: inscrições para o concurso seguem abertas até 14 de agosto. Foto: DGPP

Estão abertas, a partir desta terça-feira (16), as inscrições para o concurso público que vai preencher 1,6 mil vagas para o cargo de policial penal em Goiás. O cadastro deve ser feito pelo site do Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC), com taxa de R$ 150. Para concorrer ao cargo, o candidato deve ter diploma de nível superior, em qualquer área, registrado em instituição reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).  O salário inicial para o cargo é de R$ 5.971,42, para uma carga horária de 40 horas semanais.

O certame será conduzido pelo IBFC, sob coordenação da Secretaria de Estado da Administração (Sead), e os aprovados serão lotados na Diretoria-Geral de Polícia Penal (DGPP), órgão ligado à Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP). O exercício do cargo exige a realização de viagens e a prestação de serviços fora do expediente e do local de trabalho.

A seleção será dividida em sete fases: prova objetiva, prova discursiva, avaliação médica, avaliação de aptidão física, avaliação psicológica, avaliação de vida pregressa e investigação social e avaliação de títulos. Candidatos com deficiência também passarão por avaliação de equipe multiprofissional. A data provável da aplicação das provas objetiva e discursiva é 15 de setembro, nas cidades de Aparecida de Goiânia, Caldas Novas, Formosa, Goiânia, Goianésia, Itaberaí, Luziânia, Rio Verde e São Luís de Montes Belos.

Leia Também:  Filha de Iris Rezende volta a publicar sobre situação do pai, internado em SP

O período de inscrições vai até o dia 14 de agosto de 2024. O edital completo está disponível no portal do IBCF (www.ibfc.org.br) e no site da Sead – em Acesso Rápido / Concursos e Seleções.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA