Prova de vida passará a ser responsabilidade do INSS

Publicados

Procedimento essencial que garante o pagamento de aposentadorias e pensões, a prova de vida deixará de ser feita pelo segurado. De agora em diante, caberá ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) fazer a comprovação por meio de cruzamento de dados.

A determinação consta de portaria assinada hoje (24) pelo ministro da Previdência, Carlos Lupi, durante evento que comemorou os 100 anos da Previdência Social.

Com a medida, o INSS terá dez meses, a partir da data de aniversário do beneficiário, para comprovar que o titular está vivo. Se o órgão não conseguir fazer a comprovação nesse período, o segurado ganhará mais dois meses para provar que está vivo. Nesse caso, o beneficiário será notificado pelo aplicativo Meu INSS, por telefone pela Central 135 e pelos bancos para identificar-se e informar o governo.

Segundo o ministro, o novo sistema é mais justo com os segurados porque evita o sacrifício de idosos com dificuldades físicas. “Por que o cidadão tem que provar que está vivo, e não o INSS? Muitos não têm condições físicas ou quem os leve a um posto ou banco para provar a sua vida”, questionou.

Leia Também:  Pedidos de recuperação judicial crescem 50% em agosto

Apesar de deixar de ser obrigatória para o beneficiário, a não ser após o cruzamento de dados não revelar nada, a prova de vida pode continuar a ser feita pelo segurado. Basta ele seguir os procedimentos tradicionais, indo a uma agência bancária ou se manifestando no aplicativo Meu INSS.

O Ministério da Previdência divulgou estatísticas sobre a prova de vida. Neste ano, o órgão deverá comprovar a situação de cerca de 17 milhões de benefícios, entre aposentadorias, pensão por morte e benefícios por incapacidade.

Edição: Nádia Franco

Fonte: EBC Geral

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ESTADO

Em Uruaçu, Lago Serra da Mesa transborda e invade casas; Assista

Essa é a maior cheia desde 2012, disse a Secretaria de Meio Ambiente de Uruaçu. A prefeitura informou que as casas foram construídas de forma irregular.

Publicados

em

Em Uruaçu, Lago Serra da Mesa transborda e invade casas. Fotos: Reprodução.

O Lago Serra da Mesa transbordou e invadiu casas de ranchos nesta quinta-feira (2), em Uruaçu. Os moradores da região relataram que o nível do lago subiu muito na região após as chuvas. A Secretaria de Meio Ambiente de Uruaçu disse que o nível do lago já atingiu 67% da cota máxima. Ainda que esta é a maior cheia desde 2012 e que essa marca já era esperada pela quantidade de chuvas previstas para a região.

Um dos donos de uma casa à beira do rio, que optou em não se identificar, disse que ficou sabendo que o nível do rio estava subindo e foi até a residência tirar os móveis e refrigeradores para não ter um prejuízo maior.

A Prefeitura Municipal de Uruaçu informou que todas as casas que ficam perto do Lago Serra da Mesa foram construídas de forma irregular.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Mazzaropi, 110 anos: filmes celebram o riso e a "vitória" do caipira
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA