Renault entra na onda retrô e recria o antecessor do Clio

Publicados


source
Renault 5 Prototype
Divulgação

Renault 5 Prototype adianta linhas de um dos sete modelos elétricos que a marca pretende lançar até 2025, primeiramente na Europa

O Grupo Renault divulga os pontos do plano estratégico Renaulution , que prevê até 2025 o lançamento de 14 modelos eletrificados. Metade deles 100% elétricos, baseados nas novas plataformas CMF-EV e CMF-B EV, numa lista que irá incluir até a recriação do icônico hatch compacto Renault 5.

Perdeu? Mostramos de Novo

Produzido em duas gerações, entre 1972 e 1996, o antecessor do Renault Clio foi revelado em sua versão “2021” como o conceito 5 Prototype. Seguindo o que a Fiat fez com o 500, o time de design comandado por Gilles Vidal se baseou nas linhas básicas do carro original para criar uma reinterpretação moderna do hatch.

Leia Também:  Camaro completa 10 anos no Brasil com mais de 6,5 mil unidades vendidas

Pensado como um veículo 100% elétrico, o 5 Prototype teve a entrada de ar no capô transformada em uma tampa para a tomada de recarga das baterias. Já o espaço dos faróis de neblina no carro original passou a comportar as luzes diurnas de LED, enquanto as lanternas traseiras verticais ganharam aletas aerodinâmicas. Outro detalhe de estilo incomum do conceito é o teto forrado em tecido.

A marca francesa não deu detalhes sobre a mecânica e nem a data para o lançamento da versão de produção do compacto elétrico, que segundo a empresa terá a missão de “democratizar o carro elétrico” na Europa.

Elétricos e modernos

Renault Flins
Divulgação

Fábrica de Flins (França) vai converter veículos a diesel para propulsão elétrica entre o que foi programado pela fabricante

Ainda dentro do plano Renaulution, a marca francesa quer passar a ser vista como uma marca tecnológica. Além da criação do ecossistema digital Software République , que irá focar no desenvolvimento de novas tecnologias, os carros da Renault vão incorporar a partir do próximo ano a nova central multimídia My Link, com tecnologia fornecida pelo Google e que vai permitir a integração dos serviços da empresa americana aos veículos.

Leia Também:  VW Nivus Comfortline: versão mostra que está na medida certa

Outra iniciativa da Renault será a criação de um centro de reciclagem de automóveis e de conversão de veículos comerciais a diesel em veículos movidos a biogás e elétricos na fábrica francesa de Flins, que atualmente é responsável pela produção do elétrico Zoe.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

CARROS E MOTOS

Honda anuncia suspensão temporária da produção em Manaus (AM)

Publicados

em


source
Linha de montagem da fábrica da Honda em Manaus (AM) ficará parada até o próximo dia 3 de fevereiro
Divulgação

Linha de montagem da fábrica da Honda em Manaus (AM) ficará parada até o próximo dia 3 de fevereiro

Você viu?

Moto Honda da Amazônia anuncia que decidiu suspender temporariamente a produção de motos na fábrica de Manaus (AM), por conta do impacto da Covid-19 na cadeia de fornecedores e pelo agravamento da pandemia no estado.

A linha de produção permanecerá parada entre o próximo dia 25 e 3 de fevereiro. A previsão inicial é de que a retomada das operações na fábrica da Honda aconteça em 4 de fevereiro, “desde que as condições necessárias sejam atendidas”, destaca em nota, onde a empresa alerta sobre a possibilidade de falta de produtos no mercado.

Ainda de acordo com a montadora japonesa, neste período os funcionários das áreas administrativas e produtivas entram em férias coletivas, permanecendo na unidade industrial um contingente mínimo de pessoas para a realização de atividades essenciais.

Leia Também:  Farol baixo desligado vai seguir multando na maioria das rodovias

Recentemente, a empresa doou em caráter emergencial para o Governo de Amazonas 454 cilindros de oxigênio que estavam armazenadas em seu estoque na unidade industrial localizada na Zona Franca de Manaus e se comprometeu com a recarga e abastecimento.

Nova parada

Fábrica da Honda em Manaus é a maior da marca japonesa no mundo dedicada à produção de motos
Divulgação

Fábrica da Honda em Manaus é a maior da marca japonesa no mundo dedicada à produção de motos

Inaugurada em 1976, a fábrica de Manaus é a maior unidade de produção de motos da Honda no mundo. Além de boa parte dos modelos oferecidos na linha da empresa no Brasil, são feitos no local componentes para as motocicletas, quadriciclos e motores estacionários.

Também por conta da pandemia do novo coronavírus, a unidade industrial da Honda já havia ficado com as atividades suspensas entre os meses de março e maio do ano passado, com a produção sendo retomada depois da adoção de um protocolo com 200 medidas, que incluiam a medição de temperatura dos funcionários, critérios de distanciamento nas linhas de produção e novas regras de higienização dos espaços.

Leia Também:  Japão deve proibir veículos a combustão a partir de 2030
Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA