Seminário em Manaus discute impactos da tecnologia 5G

Publicados

Um seminário realizado hoje (22) em Manaus discutiu os impactos da tecnologia 5G em vários setores, como educação, indústria e meio ambiente. O presidente Jair Bolsonaro e vários ministros participaram do evento.

“[O Brasil] é o primeiro país da América Latina com 5G e é uma coisa fantástica. Há três meses estive no Piauí e fui conhecer a primeira fazenda 5G no Piauí . A produtividade aumenta em quase 20% com essa tecnologia”, disse o presidente.

O ministro da Educação, Victor Godoy, participou do evento e exaltou a chegada do 5G como um marco. Segundo Godoy, a tecnologia permitirá a ampliação da conectividade para os estudantes brasileiros, até mesmo nas localidades mais distantes do país. A expectativa do ministério é de que até o final de 2023 todas as escolas públicas do país tenham acesso à internet de qualidade.

Também presente ao evento, o ministro do Meio Ambiente, Joaquim Leite, afirmou que a integração, a ser promovida pelo 5G, poderá levar também à proteção ambiental. “O mais importante para a proteção ambiental, especialmente para o bioma amazônico, é integração”, disse ele, referindo-se a investimentos em infraestrutura e também em tecnologias.

Leia Também:  Presidente critica decisão do STF que mantém cassação de deputado

“Por exemplo, eu posso trabalhar no meio da floresta com uma tecnologia de última geração, que me traz a capacidade de desenvolver uma atividade que pode estar ligada à própria tecnologia ou agricultura. Você tem várias atividades”, acrescentou.

O ministro das Comunicações, Fábio Faria, disse que o governo está mudando o país e “nos tornado um hub tecnológico”.

Durante o encontro, o vice-presidente da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam), Nelson Azevedo, afirmou que a implantação do 5G vai suprir o vazio da chegada de tecnologia nas regiões mais remotas.

Segundo Azevedo, o 5G levará integração e informação a essas regiões, além de possibilitar que todos os setores atuem de forma conjunta. “Vamos ter que aprender a lidar com as questões que impedem a chegada da conectividade e formação tecnológica. Temos que estar prontos para atender as peculiaridades de cada região também”.

A internet 5G foi implantada, no Brasil, em 5 de julho e a primeira cidade a receber foi Brasília. Agora, a tecnologia já está funcionando em 22 capitais e a previsão é de que esteja liberada em todas as capitais do país até o fim de outubro.

Leia Também:  PGR diz que análise de relatório da CPI seguirá prazos legais

Edição: Fábio Massalli

Fonte: EBC Política Nacional

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍTICA NACIONAL

TRE-SP aprova calendário para eleição suplementar em Pinhalzinho

Publicados

em

A eleição suplementar do município de Pinhalzinho, no interior de São Paulo, será realizada na mesma data do segundo turno das eleições gerais, em 30 de outubro, de acordo com a resolução aprovada pelo Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) em agosto deste ano.

Estão aptos a votar eleitoras e eleitores em situação regular e com domicílio eleitoral no município até 4 de maio de 2022. Candidatos ou candidatas à prefeitura, além do domicílio eleitoral, devem ter filiação partidária até seis meses antes da eleição.

O prazo para apresentação do pedido de registro de candidatura termina em 27 de setembro e a propaganda eleitoral será permitida a partir de 3 de outubro.

A eleição suplementar será realizada porque o vencedor das eleições municipais de 2020, com 55,86% dos votos válidos, Tião Zanardi (PSC), teve a candidatura indeferida pela Justiça Eleitoral paulista devido a inelegibilidade decorrente da Lei da Ficha Limpa (LC 64/90). Zanardi foi condenado por crime contra a administração pública. O candidato recorreu, mas a sentença foi confirmada pelo TRE-SP e, posteriormente, pelo TSE.

Leia Também:  PGR diz que análise de relatório da CPI seguirá prazos legais

Edição: Maria Claudia

Fonte: EBC Política Nacional

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA