Triumph mostra nova Tiger 850 Sport da linha 2021

Publicados


source
Triumph
Divulgação

Triumph Tiger 850 Sport também pode vir com acessórios originais, como os baús para levar bagagem extra em viagens mais longas

A marca inglesa Triumph mostra detalhes da nova Tiger 850 Sport da linha 2021 com novo motor fabricado para entregar força com elasticidade, ou seja, em uma ampla faixa de rotação para maior agilidade em qualquer situação, de acordo com a fabricante. Isso implica em boa dose de fôlego desde as primeiras marcações do contagiros.

A Triumph também salienta o ronco inconfundível do motor e a maneira progressiva e suave como transmite força à roda traseira. São 85 cv e 8,3 kgfm a 6.500 rpm que funciona com sistema de transmissão que facilita das trocas de marcha tanto na cidade quanto na estrada, inclusive em viagens mais longas, ainda de acordo com a marca.

Leia Também:  Novo Hyundai Tucson impressiona pelo visual ousado no exterior e interior

A nova estrutura da Tiger 850 Sport contribui com a versatilidade da moto, que ainda conta com freios a disco da Brembo e suspensão Marzocchi, cluster digital configurável de 5 polegadas e TFT. Além disso, na lista de equipamentos destacam-se itens como dois modos de condução a escolher, controle de tração e ABS, que foram ajustados para melhor desempenho em trilhas.

Os freios foram projetados para refrigeração rápida e com o máximo de leveza. E a suspensão com 18 cm de curso vem com amortecedores pressurizados que pode ser ajustados para garantir mais esportividade ou conforto, de acordo com o necessário.

Outro ponto que chama atenção na nova Triumph Tiger 850 Sport é o assento regulável, que permite subir até 20 mm de altura. Bom também é o tanque de 20 litros para mais autonomia em viagens. O farol de LED conta com luz diurna e a moto também vem com tomada de 12V para carregar o celular. O novo modelo da Triumph poderá ser encontrados nas cores grafite com vermelho ou cinza com azul.

Leia Também:  Mercedes-Benz GLE é o melhor SUV diesel do Brasil?
Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

CARROS E MOTOS

SUV Nissan Magnite estreia na Índia com motor e preço de Renault Kwid

Publicados

em


source
Nissan Magnite
Divulgação

Nissan Magnite: SUV para países emergentes promete agitar ainda mais o segmento que está em efervescência


A Nissan inicia o oficialmente no mercado indiano as vendas do Magnite . O novo SUV compacto, que é feito sobre uma variação da plataforma do Renault Kwid, está cotado para ganhar produção no Brasil, onde irá ocupar a mesma faixa de preços do finado compacto March.


Com 3,99 m de comprimento, 1,76 m de largura e 1,57 m de altura, o Nissan Magnite  tem porte de hatch compacto e é 30 cm mais curto do que o Kicks , mas com a mesma largura da carroceria. No país asiático, o Magnite está disponível em dez configurações diferentes. A mais acessível delas é a XE, que parte de 499 mil rúpias (cerca de R$ 35.200). Valor que no mercado indiano é equivalente ao das versões mais caras do Renault Kwid .

Leia Também:  Novo Hyundai Tucson impressiona pelo visual ousado no exterior e interior

Nesta configuração, o SUV traz o motor 1.0 aspirado de código B4D e 72 cv (o mesmo do Kwid vendido por aqui), que é combinado a um câmbio manual de cinco marchas. Com visual básico, deixa de lado itens como rodas de liga leve (trocadas por rodas de aço sem calotas), os faróis e lanternas de LED e as características luzes diurnas no para-choque.


A simplicidade se repete no interior, onde o  Magnite XE traz um painel digital com tela monocromática e não conta com sistema de som. Só não fica tão pelado por trazer itens como direção com assistência elétrica e coluna regulável, ar-condicionado e vidros elétricos nas quatro portas.

Além do propulsor 1.0 aspirado, o Magnite está disponível também com um novo motor 1.0 turbo de três cilindros, capaz de desenvolver 100 cv e que pode ser combinado a um câmbio manual de cinco marchas ou automático CVT. A versão mais cara do SUV é a XV Premium com o motor 1.0 turbo e o câmbio automático, que parte de 935 mil rúpias (cerca de R$ 66 mil).

Leia Também:  Honda City 2021 estreia com preços a partir de R$ 67.800


Bem mais completa, traz faróis de LED, painel com tela TFT de 7″, rodas de 16″, controles eletrônicos de tração e estabilidade, assistente de partida em rampas, central multimídia de 8″ com Android Auto e Apple CarPlay sem fio, chave presencial e a até saídas de ar-condicionado para a traseira.

Como opcional, o comprador do Nissan Magnite  pode pedir ainda itens como carregador por indução, purificador de ar, iluminação ambiente configurável e som com alto-falantes JBL.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA