Cidades

Vídeo de filho de 7 anos de Gusttavo Lima dirigindo carro não configura crime, conclui PC; Assista

Não houve crime de trânsito porque as crianças estavam em uma propriedade privada, que não é aberta à circulação, segundo a Polícia Civil.

Publicados

Vídeo de filho de 7 anos de Gusttavo Lima dirigindo carro não configura crime, conclui PC. Foto: Captura de Vídeo

Após a repercussão de um vídeo compartilhado nas redes sociais pela modelo Andressa Suita, esposa do cantor Gusttavo Lima, em que um dos filhos do casal de 7 anos, aparece dirigindo um veículo, a Polícia Civil (PC) concluiu que não houve violação ao Código de Trânsito Brasileiro (CTB) e ao Código Penal (CP). Nas imagens, Gabriel de 7 anos dirigindo, o irmão dele, Samuel, de 5 anos, aparece sentado no banco do passageiro.

A PC concluiu que não houve crime de trânsito porque as crianças estavam em uma propriedade privada, que não é aberta à circulação. De acordo com a polícia foram analisadas as imagens e circunstâncias do local através da Delegacia de Polícia Civil de Bela Vista, e divulgou nota esclarecendo a situação.

O agente de trânsito Horácio Ferreira já havia explicado que o casal não cometeu um crime de trânsito justamente porque o veículo não estava em uma via pública. “Sob o aspecto de Código de Trânsito Brasileiro, só se poderia aplicar se estivesse em via pública. Por ser dentro da propriedade dela [de Andressa], não se aplica”, declarou.

Veja a nota da PC na íntegra

Leia Também:  Fisioterapeuta foi morta por asfixia causada por estrangulamento

“A Polícia Civil de Goiás, através da Delegacia de Polícia de Bela Vista – 2ª DRP, esclarece que, após análise das imagens e circunstâncias do local em que mostram duas crianças supostamente dirigindo um veículo em uma propriedade privada, não aberta à circulação, concluiu que não houve violação ao Código de Trânsito Brasileiro (CTB) e ao Código Penal.

Goiânia-GO, aos 3 DE JULHO DE 2024.

GERÊNCIA DE COMUNICAÇÃO/PCGO”.

As leis que seriam infringidas em via pública?

Caso a situação do vídeo ocorresse em uma via pública, o responsável estaria infringindo pelo menos três artigos do Código de Trânsito Brasileiro (CTB). O CTB não autoriza menores de 18 anos a dirigir. Além disso, a lei diz que apenas crianças maiores de 10 anos podem andar no banco da frente.

De acordo com o artigo 310 do CTB, o descumprimento das medidas é considerada infração gravíssima e multa. A multa nesse caso seria de R$ 293,47, além de 7 pontos na carteira de motorista.

Além disso, ao registrar o filho Gabriel, de 7 anos, na direção, caso isso ocorresse em uma via pública, configuraria uma infração ao artigo 163 do CTB, que fala sobre “entregar a direção do veículo a pessoa sem Carteira Nacional de Habilitação (CNH) ou permissão para dirigir.

Leia Também:  Goianésia: Justiça suspende lei que custeava viagem de lazer a Colégio Militar

Essa também é classificada como uma infração gravíssima, sendo que a multa pode chegar em até três vezes o valor previsto. A lei também prevê a possibilidade da retenção da carteira.

O caso também pode se encaixar na infração do artigo 310: “Permitir, confiar ou entregar a direção de veículo automotor a pessoa não habilitada [ou que] não esteja em condições de conduzi-lo com segurança”. A pena para este crime é de multa e de detenção de seis meses a um ano.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

CIDADES

Corpo de Bombeiros em Operação Férias são acionados após ferroada de arraia em Aruanã; Assista

A vítima, que não teve sua identidade revelada, estava acampada na área quando o incidente ocorreu.

Publicados

em

Corpo de Bombeiros em Operação Férias são acionados após ferroada de arraia em Aruanã. Foto: Captura de Vídeo do Corpo de Bombeiros

O Corpo de Bombeiros na Operação Férias, em Aruanã, foram chamados para atender uma emergência na Praia do Cavalo 1, onde uma mulher de 39 anos foi ferida por uma arraia durante um momento de lazer com amigos.

A vítima, que não teve sua identidade revelada, estava acampada na área quando o incidente ocorreu. Após o rápido atendimento da corporação, ela foi prontamente encaminhada ao hospital da cidade para receber tratamento médico especializado. A ferroada de arraia é conhecida por sua dor intensa e requer intervenção médica imediata para evitar complicações.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Goianésia: Justiça suspende lei que custeava viagem de lazer a Colégio Militar
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA