Volkswagen Amarok V6 chega a 258 cv para ser a média mais potente do Brasil

Publicados


source
Volkswagen Amarok V6
Divulgação

Volkswagen Amarok V6 volta a ser a picape média a diesel mais potente do Brasil, importada da Argentina


A Volkswagen Amarok V6 de 225 cv era a picape média mais potente do Brasil até o início desse ano, quando a Toyota lançou por aqui a Hilux V6 com um motor 4.0 V6, a gasolina, de 234 cv. Pois na linha 2021 a marca alemã reassumiu o topo do ranking, ao lançar por aqui a variação de 258 cv do modelo, que estreia no mercado brasileiro com preços a partir de R$ 243.290.


A potência adicional foi obtida pela recalibração eletrônica do motor, que resultou em um incremento de 5% no torque, passando de 56,1 kgfm para 59,1 kgfm entre 1.400 e 3.000 rpm, e incluiu a adoção da função ‘Overboost’, que é acionada automaticamente em situações de alta carga no acelerador em velocidades entre 50 e 120 km/h, permitindo, durante 10 segundos, elevar a potência total da Amarok V6 para 272 cv.

Leia Também:  Veja 5 formas de reutilização dos pneus após o fim da sua vida útil

Este propulsor, que é combinado a um câmbio automático de oito marchas e ao sistema de tração integral, permite que a picape acelere de 0 a 100 km/h em 7,4 segundos e atinja 190 km/h. O motor 3.0 turbodiesel passa a ser o único oferecido no varejo, com a versão Comfortline (equipada com o 2.0 biturbo diesel de 180 cv) ficando restrita para o mercado de vendas corporativas.


Segundo a Volkswagen , pesou o fato de 65% das vendas da Amarok 2020 terem ficado concentradas nas versões V6, já que o público do modelo é composto, em sua maioria, por jovens  que enxergam o modelo como uma ferramenta de lazer, mas que também pode ser empregada no trabalho.

A variação de entrada da Amarok V6 2021 é a Highline (R$ 243.290), que traz de série controles eletrônicos de tração e estabilidade, assistente de descida e subida de rampa, bloqueio eletrônico de diferencial e ABS off-road, além de itens como as aletas para troca de marcha no volante, sistema multimídia Discover Media, faróis de xenônio, rodas de liga leve de 18″ e sensores de estacionamento dianteiros e traseiros. A lista de opcionais inclui capota marítima, estribos laterais e rodas de 19″.

Leia Também:  Lando Norris se diverte com o McLaren Elva na pista de Silverstone

Já a topo de linha é a Extreme (R$ 256.390), que traz rodas de liga leve de 20″, bancos dianteiros com ajustes elétricos, câmera de ré, ar-condicionado automático digital de duas zonas, controlador automático de velocidade de cruzeiro, acendimento automático dos faróis, sensor de chuva.

Na relação de opcionais, o destaque é o pacote “Black Style”, que traz vários elementos estéticos com pintura escurecida, como as rodas, estribos e detalhes de acabamento interno em preto brilhante.

De acordo com a Volkswagen, a Amarok V6 2021 começa a ser oferecida no site da marca em pré-reserva, a partir desta quinta-feira (29). Mas as primeiras unidades devem chegar às concessionárias somente a partir da segunda quinzena de novembro.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

CARROS E MOTOS

Royal Enfield Himalayan 2021 estreia com algumas melhorias

Publicados

em


source
Royal Enfield Himalayan 2021
Nelson Pituco

Royal Enfield Himalayan 2021: versátil também no uso urbano, segundo as impressões que tivemos no dia a dia


O que a Royal Enfield Himalayan 2021 tem de diferente da versão anterior, que foi lançada aqui há quase dois anos, pode ser listado em poucas linhas. Só que, conforme conta o fabricante, eram mesmo poucos itens que poderiam ser melhorados, a maioria deles sugeridos pelos próprios usuários do modelo.


Isso corrobora o fato de que aqueles que buscaram uma motocicleta robusta e acessível, sem as modernidades visuais e com um look de bigtrail dos anos 80, estão satisfeitos com a escolha pela  Royal Enfield Himalayan .

Mecanicamente, a Himalayan 2021 permanece a mesma, com sua versatilidade em estradas de asfalto e fora dela já demonstrada na ocasião de seu lançamento (veja aqui) , e agora foi a vez de passar uma semana com a nova versão apenas em uso urbano, o que, mais uma vez comprovou a sua versatilidade.

Royal Enfield Himalayan
Divulgação

As três novas cores da Royal Enfield Himalayan


Sem ser muito grande nem muito pequena, nem muito pesada, a Himalayan é uma boa pedida para o dia a dia, com grandes possibilidades também para o lazer nos fins de semana, no asfalto ou na terra. Principalmente na terra.

Leia Também:  Jeep Renegade fecha novembro na ponta do ranking dos SUVs

As novas cores são o que mais se destacam na Himalayan 2021. O branco e o preto, que dão um aspecto neutro para a motocicleta, continuam, mas as cores vermelha e azul proporcionam um visual mais alegre e jovial ao modelo. Alguns consideram, no entanto, que a Himalayan cinza, também uma nova cor, é a mais bonita.

O que a Himalayan 2021 traz de novidades, além das cores, é a possibilidade de desligamento do sistema antibloqueio ABS na roda traseira, por um botão no painel (com esse controle eletrônico desligado é mais fácil controlar a moto em uma trilha), um descanso lateral mais inclinado, permitindo estacionar a motocicleta de forma mais segura em pisos não planos.

Painel legalzinho com relógios analógicos e uma bússola
Divulgação

Painel legalzinho com relógios analógicos e uma bússola


Outra novidade é e a introdução do pisca-alerta. Só que esse item de segurança só pode ser acionado com a ignição ligada, o que inviabiliza deixar a motocicleta com a luz de emergência ligada enquanto se busca ajuda, no caso de pane.

A Royal Enfield Himalayan tem alguns pequenos detalhes bem interessantes, como o cavalete central (que toda trail deveria ter também) e a bússola no painel, que, por sinal, é bonito e bem recheado de funções. Pena que embaçou depois de uma chuva forte.

Leia Também:  Câmara aprova mudanças na CNH e nas leis de trânsito

O acréscimo de preço da nova Royal Enfield Himalayan em relação à versão anterior é de apenas R$ 400 (a 2020 custa R$ 18.990, o mesmo valor desde o lançamento, dois anos atrás). Já a linha 2021 do modelo custa R$ 19.390.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA