Inscrições

Estão abertas inscrições para primeiro casamento comunitário LGBTQIAPN+ em Goiás

As inscrições são feitas até o dia 20 de maio. As vagas são limitadas, no total de 200 inscritos. Assim, eles podem acabar antes do dia 20 de maio.

Publicados

Estão abertas inscrições para primeiro casamento comunitário LGBTQIAPN+ em Goiás.

O Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJ-GO) e a Corregedoria Geral da Justiça (CGJ) abriram inscrições para o primeiro Casamento Comunitário gratuito para a população LGBTQIAPN+ do Estado. As inscrições são feitas clicando AQUI até o dia 20 de maio. As vagas são limitadas, no total de 200 inscritos. Assim, eles podem acabar antes do dia 20 de maio.

Em relação a cerimônia, ela ocorrerá em 28 de junho deste ano. Trata-se do Dia Mundial de Celebração do Orgulho LGBTQIAPN+. Conforme o TJ-GO, o objetivo do casamento comunitário é oferecer o acesso gratuito ao registro de casamento civil para casais que sejam constituídos por pessoas gays, lésbicas, bissexuais, travestis, transexuais, além de outras identidades em situação de vulnerabilidade social.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Em Goiás, homem desempregado descobre que recebeu R$ 50 mil via PIX por engano e devolve dinheiro
Propaganda

CIDADES

Corpo de Bombeiros em Operação Férias são acionados após ferroada de arraia em Aruanã; Assista

A vítima, que não teve sua identidade revelada, estava acampada na área quando o incidente ocorreu.

Publicados

em

Corpo de Bombeiros em Operação Férias são acionados após ferroada de arraia em Aruanã. Foto: Captura de Vídeo do Corpo de Bombeiros

O Corpo de Bombeiros na Operação Férias, em Aruanã, foram chamados para atender uma emergência na Praia do Cavalo 1, onde uma mulher de 39 anos foi ferida por uma arraia durante um momento de lazer com amigos.

A vítima, que não teve sua identidade revelada, estava acampada na área quando o incidente ocorreu. Após o rápido atendimento da corporação, ela foi prontamente encaminhada ao hospital da cidade para receber tratamento médico especializado. A ferroada de arraia é conhecida por sua dor intensa e requer intervenção médica imediata para evitar complicações.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Hackers invadem sistema do grupo Jaime Câmara e exigem R$ 1 milhão, diz site
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA