educação

Governo de Goiás implanta reconhecimento facial em escolas da rede estadual do Entorno do DF

Publicados

O Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), está instalando, em 143 unidades de ensino da região do Entorno do Distrito Federal, um sistema de reconhecimento facial que registra a presença dos alunos e servidores da pasta. O equipamento também afere a temperatura da pessoa identificada como parte do protocolo de segurança contra a Covid-19 para retorno às aulas presenciais.

“Nós já reformamos mais de mil escolas. Cada centavo aplicado na educação traz resultados para os professores e alunos. Ver nossas cozinhas reformadas, equipamentos nas escolas, tudo isso dá uma autoestima enorme em nossas crianças que retornam as aulas”, afirma o governador Ronaldo Caiado sobre os investimentos na educação.

O recurso entra em operação em agosto e garante mais segurança para os pais dos estudantes da rede estadual. A secretária da Educação, Fátima Gavioli, afirma que essa ação mostra o cuidado que o Governo do Estado tem para com os alunos. “O estudante entra na escola, passa pela máquina e o sistema vai aferir a temperatura e registrar a frequência”, informou. “Assim, o transporte escolar e a cozinha tomam conhecimento da presença dele. Depois de 20 minutos, o pai ou responsável também recebe uma mensagem informando que o filho está na escola”, explicou.

Leia Também:  Caiado inaugura Centro de Pesquisa e Educação Científica (Cepec) da Universidade Estadual de Goiás (UEG), em Anápolis

A novidade foi apresentada pelo superintendente de Tecnologia da Seduc Goiás, Bruno Marques Correia, aos coordenadores regionais, assessores pedagógicos e financeiros.

Segundo o superintendente, o sistema já está sendo implantado também nas 40 coordenações regionais e na sede centralizada da Seduc. “Para as demais instituições de ensino, essa tecnologia entrará em atividade a partir de janeiro de 2022”, revelou ele.

Neste primeiro momento o sistema será instalado em todas as unidades escolares da rede estadual de ensino da região do Entorno do Distrito Federal. São contemplados os municípios de Águas Lindas de Goiás, Mimoso de Goiás, Padre Bernardo, Santo Antônio do Descoberto, Abadiânia, Alexânia, Cocalzinho de Goiás, Corumbá de Goiás, Pirenópolis, Cabeceiras, Formosa, Vila Boa, Cristalina, Luziânia, Cidade Ocidental, Novo Gama, Valparaíso de Goiás, Água Fria de Goiás e Planaltina.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

CARROS E MOTOS

PRF alerta motoristas sobre perigos das queimadas às margens das rodovias

Fumaça causada pelo fogo prejudica visibilidade em estradas; PRF orienta reduzir velocidade em trechos próximos a chamas.

Publicados

em

A fumaça além de causar problemas à saúde, aumenta o risco de acidentes em rodovias pelo país. E para evitar acidentes provocados pela restrição à visibilidade, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) dá dicas a motoristas que vão enfrentar estradas em áreas de incêndios.

A principal dica é redobrar a atenção nesses trechos de fumaça e reduzir a velocidade. Ao se deparar com um incêndio, o motorista deve entrar em contato com o 191 e notificar a PRF que avaliará a situação, inclusive interditando a pista, se necessário

Um recorte feito pela PRF dos meses de seca em Goiás mostra que, de junho a outubro, nos últimos quatro anos foram registrados 60 acidentes causados por restrição de visibilidade, sendo que 19 deles deixaram pessoas com ferimentos. Nove pessoas morreram nesses acidentes e 62 ficaram feridas.

Confira as orientações da PRF:

– Diminua a velocidade do veículo, mas sem fracas bruscas;

– Mantenha sempre uma distância segura do veículo à frente;

– Sinaliza todos os movimentos que fizer utilizando as setas indicativas;

Leia Também:  Detran-GO abre processo seletivo para contratação de examinadores de trânsito temporário

– Nunca pare na pista;

– Se precisar parar, o certo é parar fora da rodovia e manter o farol baixo ligado; e

– Acione o sistema de ventilação interna do veículo.

Para evitar os focos de incêndio às margens das rodovias, o bom comportamento dos usuários e de moradores de áreas lindeiras à rodovia é fundamental. Por isso, a orientação é não jogar bitucas de cigarro ou lixo na pista ou faixa de domínio, não queimar lixo e nem fazer fogueiras. Em caso de flagrar pessoa atando fogo na mata, denuncie imediatamente à polícia, pois configura crime passível de prisão e multa.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA