Municípios goianos ficam fora de ranking dos 50 mais violentos do mundo

Publicados


Nenhuma cidade goiana aparece entre as 50 mais violentas do mundo em 2017, de acordo com levantamento divulgado na quarta-feira (7), pela ONG mexicana Conselho Cidadão para Segurança Pública e Justiça Penal. No levantamento, estão 17 municípios brasileiros com mais de 300 mil habitantes.    

Goiânia, que chegou a ser citada em 2017, deixou a lista. O estudo mostra que as ações do Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Segurança Pública (SSP) para coibir o crime estão no caminho certo. “As polícias estão atuando de forma ostensiva e isso reflete diretamente na queda da criminalidade”, afirma o secretário Irapuan Costa Júnior.    

O secretário também ressalta o reflexo das ações integradas entre as forças policiais do Estado. “Podemos verificar que as polícias goianas trabalham de forma conjunta. Isso tem sido fundamental para solucionar crimes e prevenir novas ocorrências de violência”, diz.    
Segundo Irapuan, nos próximos meses, as políticas de aproximação da população com as forças policiais serão ampliadas. “Nosso principal objetivo é garantir segurança ao cidadão de bem”, garante.

Leia Também:  Veja as regras para eventos no Réveillon nas cidades turísticas de Goiás

Em suas redes sociais, o vice-governador Zé Eliton, que comandou a SSP em 2016, quando os índices de criminalidade começaram a ceder, afirma que o estudo “demonstra que a política de segurança adotada pelo Governo de Goiás, que promove a integração das forças policiais e o uso dos serviços de inteligência na prevenção e no combate ao crime organizado, é eficaz e tem resultados imediatos na vida da comunidade”.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

CONCURSO

Abertas as inscrições para o concurso da Polícia Penal de Goiás

Certame oferece 1,6 mil vagas, com salário inicial de R$ 5,9 mil; seleção exige diploma de nível superior.

Publicados

em

DGPP vai receber 1,6 mil novos policiais penais: inscrições para o concurso seguem abertas até 14 de agosto. Foto: DGPP

Estão abertas, a partir desta terça-feira (16), as inscrições para o concurso público que vai preencher 1,6 mil vagas para o cargo de policial penal em Goiás. O cadastro deve ser feito pelo site do Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC), com taxa de R$ 150. Para concorrer ao cargo, o candidato deve ter diploma de nível superior, em qualquer área, registrado em instituição reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).  O salário inicial para o cargo é de R$ 5.971,42, para uma carga horária de 40 horas semanais.

O certame será conduzido pelo IBFC, sob coordenação da Secretaria de Estado da Administração (Sead), e os aprovados serão lotados na Diretoria-Geral de Polícia Penal (DGPP), órgão ligado à Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP). O exercício do cargo exige a realização de viagens e a prestação de serviços fora do expediente e do local de trabalho.

A seleção será dividida em sete fases: prova objetiva, prova discursiva, avaliação médica, avaliação de aptidão física, avaliação psicológica, avaliação de vida pregressa e investigação social e avaliação de títulos. Candidatos com deficiência também passarão por avaliação de equipe multiprofissional. A data provável da aplicação das provas objetiva e discursiva é 15 de setembro, nas cidades de Aparecida de Goiânia, Caldas Novas, Formosa, Goiânia, Goianésia, Itaberaí, Luziânia, Rio Verde e São Luís de Montes Belos.

Leia Também:  Veja as regras para eventos no Réveillon nas cidades turísticas de Goiás

O período de inscrições vai até o dia 14 de agosto de 2024. O edital completo está disponível no portal do IBCF (www.ibfc.org.br) e no site da Sead – em Acesso Rápido / Concursos e Seleções.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA