Vale do São Patrício

Realizada a 2ª Sessão Ordinária de junho da Câmara de Vereadores de Ceres

Na última terça-feira (11), sob a presidência do Vereador Frederico de Oliveira Santos, foi realizada a 2ª Sessão Ordinária do mês de junho de 2024.

Publicados

Realizada a 2ª Sessão Ordinária de junho da Câmara de Vereadores de Ceres. Foto: Câmara de Vereadores

Na última terça-feira (11), sob a presidência do Vereador Frederico de Oliveira Santos, foi realizada a 2ª Sessão Ordinária do mês de junho de 2024. Na oportunidade foram apreciadas e votadas as seguintes matérias:

Moção de Pesar pelo falecimento do Sr. Mizael Nunes dos Santos.

Moção de Pesar pelo falecimento do Sr. Igino Batista Ferreira.

Moção de Pesar pelo falecimento da Srª. Francisca Oliveira Alves.

Moção de Pesar pelo falecimento do Sr. Divino Gomes Sobrinho.

Moção de Congratulação à Igreja Apostólica Fonte da Vida de Ceres.

Aprovado em segunda votação o Projeto de Lei nº 012/2024 de autoria do Poder Executivo que “Dispõe sobre a autorização de crédito suplementar no Orçamento de 2024 e altera a redação do art. 7º da Lei 2.211/2023 e dá outras providências”.

Requerimentos

Nº.106/2024: De autoria da vereadora Elian Bernadete De Faria Oliveira, requer ao Poder Executivo, à Secretaria de Obras e Desenvolvimento Urbano, e à Secretaria Municipal de Educação a construção de 05 (cinco) salas no CEPI Pequeno Príncipe.

Justificativa: A construção dessas salas proporcionará uma adequação da demanda crescente que procura esta Unidade Escolar.

Nº.107/2024: De autoria dos vereadores Gaspar José Alves e Simone Rosa de Oliveira Lucena, requerem ao Poder Executivo, à Secretaria de Obras e Desenvolvimento Urbano, o aguamento da rua Água Limpa, saída da estrada do Sapé.

Leia Também:  Ceres: Ação de Vacinação contra Covid-19 pediátrica continua nesta semana

Justificativa: Solicitação dos moradores da região, que encontram-se incomodados com a poeira.

Nº.108/2024: De autoria da vereadora Elian Bernadete De Faria Oliveira, requer ao Poder Executivo, à Secretaria de Obras e Desenvolvimento Urbano, tapa buracos na Rua 7, Setor Nova Esperança.

Justificativa: Solicitação dos moradores da região.

Nº.109/2024: De autoria do vereador Juliano Garcia Rosa, requer à Secretaria de Obras e Desenvolvimento Urbano que faça um “quebra mola” nas proximidades da residência do Sr. Wilson (popular Borá), para desvio de água que adentra sua residência no período chuvoso.

Justificativa: Solicitação do morador Wilson (popular Borá).

Nº.110/2024: De autoria dos vereadores Reiller Seabra de Brito, Deive Alves de Oliveira, Elian B. de Faria Oliveira, Gaspar José Alves, Glicério de Moraes M. Júnior, Juliano Garcia Rosa, Sergio Ferreira dos Passos, Simone Rosa de Oliveira Lucena e Valdson Roberto da Silva, requerem ao Chefe do Poder Executivo e à Secretaria Municipal de Saúde informações sobre a possível descentralização da regulação do SAMU de Ceres para Anápolis. Considerando que chegou ao conhecimento desta Casa de Leis, através dos representantes do Sindicato dos Servidores Públicos, a informação de que a regulação do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) de Ceres será descentralizada com perca de autonomia para o município de Anápolis; considerando a importância da transparência e da comunicação clara sobre alterações que impactam diretamente os serviços de saúde prestados à população; Requer-se que sejam fornecidas as seguintes informações:

  1. Em caso afirmativo qual a justificativa da descentralização?
  2. Quais os benefícios esperados com essa mudança e como a mesma se alinha com as diretrizes de melhoria dos serviços de saúde para os munícipes de Ceres?
  3. Quais medidas serão tomadas para garantir que o atendimento à população de Ceres não seja prejudicado com essa mudança?
Leia Também:  Quarta morte em 2021; Em Goianésia, bebê de 6 meses morre com dengue

Justificativa: A solicitação de informação se faz necessária para esclarecer os fatos apresentados pelo Sindicato dos Servidores Públicos, bem como para assegurar que os cidadãos de Ceres continuem recebendo um atendimento rápido e eficiente em situações de emergência. É fundamental entender as motivações e os impactos dessa possível mudança para garantir a qualidade dos serviços de saúde prestados e para que possamos informar adequadamente a população.

Ver. FREDERICO DE OLIVEIRA SANTOS

– Presidente da Câmara Municipal –

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

VALE DO SÃO PATRÍCIO

Ceres: Transferência do Coronel Lusdenes da regional Ceres gera insatisfação

Conforme informações, autoridades e políticos da região estão se mobilizando para reverter a situação.

Publicados

em

Lusdenes Rodrigues Alencar, o Coronel Lusdenes. Foto: Redes Sociais

Nesta terça-feira (16), a imprensa foi informada da transferência de Lusdenes Rodrigues Alencar, o Coronel Lusdenes do Comando Regional de Ceres no Vale do São Patrício após determinação do Comandante Geral da Polícia Militar do Estado de Goiás (PM-GO).

A decisão pegou todos de surpresa, já que as mudanças de tal natureza ocorrem quando os resultados na segurança pública não são satisfatórios. Desta forma, a referida decisão gerou insatisfação tanto na tropa quanto nos municípios que compõe o comando regional, revelando uma falta de planejamento.

O trabalho de polícia comunitária que foi e está sendo desenvolvido com todas as forças de segurança pública na região, e do operacional reconhecido pela redução dos índices de criminalidade, uma marca registrada do atual comando. Ademais, a comunidade, que acompanha de perto o trabalho diferenciado e transparente desde a chegada de Lusdenes, está determinada a buscar sua permanência.

Desta forma, autoridades e políticos da região estão se mobilizando para reverter a situação, buscando diálogo com o Secretário de Segurança Pública e o Governo do Estado. A mobilização se deve ao reconhecido trabalho desenvolvido na região, caracterizado pela união das forças de segurança pública com o comércio, prefeituras e autoridades da persecução penal.

Leia Também:  CRV Industrial e Rubi S.A atualizam a certificação Kosher

O Coronel Lusdenes informou que não manifestou interesse em ir para o local determinado. Assim, evidenciada a importância da continuidade do trabalho de Lusdenes no Comando Regional de Ceres, um líder que tem demonstrado resultados positivos e conquistado a confiança da comunidade e das autoridades locais.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA