Segurança anuncia queda de 21% no número de roubos de cargas em Goiás

Publicados


Goiás apresentou queda de 21% no número de roubos de cargas em 2017. O indicador foi apresentado nesta quarta-feira (28), em reunião do Programa de Prevenção, Controle e Repressão a Furto, Roubo, Apropriação Indébita e Receptação de Cargas e Valores (ProCarga). “A integração entre as forças policiais tem sido decisiva para a redução dos indicadores criminais e sucesso deste programa”, afirma o secretário de Segurança Pública, Irapuan Costa Júnior.

A comparação é com 2016. Importante destacar que o número é referente, exclusivamente, aos roubos de cargas e não leva em conta furtos e roubos de objetos ou veículos. O programa tem como principal objetivo empreender ações integradas no sentido de coibir e prevenir crimes, como furto, roubo, apropriação indébita e receptação de cargas em todo o Estado.

Representante da Associação Nacional de Transportes e Logística (NTC), José Roberto Campos Júnior elogiou o programa goiano. “É o sistema que melhor funciona efetivamente no País”, reconheceu.

Por meio do ProCarga, são realizadas análises mensais e anuais de casos que envolvem cargas. Na reunião, ficou acertado que o estudo será disponibilizado às forças policiais para que cada corporação atue na prevenção e repressão desses crimes.

Leia Também:  90 óbitos por Covid-19 são registrados em Goiás nas últimas 24 horas

O documento é composto por comparativos por municípios, rodovias, tipos de cargas, dias com maior incidência, faixa horária, tipo de abordagem, restrição de liberdade aos motoristas e tipos de veículos utilizados nos roubos.

Também foi definido que, em breve, será realizado um seminário para empresas que atuam no setor. A medida vai capacitá-las para que também atuem na prevenção desse tipo de crime. “Nossas forças policiais estão atuando juntas e o resultado tem sido bastante significativo”, destacou o superintendente de Inteligência Integrada da SSP, delegado Danilo Fabiano Carvalho.

Diversas autoridades das polícias Civil e Militar participaram da reunião. Também estiveram presentes representantes de entidades de classe e da iniciativa privada.

 

O programa

Implantado em 2014, o ProCarga goiano é referência nacional, tendo em vista sua grande capacidade de resolução em casos investigados, além de sua eficiência na repressão de crimes que envolvem roubos e furtos de cargas.

Fazem parte do grupo de trabalho permanente do programa Superintendência de Inteligência Integrada da SSP; Polícia Militar, por meio do Estado Maior Estratégico, Comando de Policiamento Rodoviário e Comando de Operações de Divisas; e Polícia Civil, através da Superintendência de Polícia Judiciária, Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Cargas e Delegacia Estadual de Investigações Criminais.

Leia Também:  Goiás será o primeiro Estado a zerar número de famílias em situação de vulnerabilidade social

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ESTADO

Na semana mais fria do ano, Governo de Goiás envia 35 mil cobertores a 186 municípios

Campanha Aquecendo Vidas 2022 distribuirá 70 mil peças em todos os 246 municípios goianos. “O governador Ronaldo Caiado está e sempre esteve a postos para atender a todos os goianos, sem deixar ninguém para trás, estejam eles onde estiverem”, diz Gracinha Caiado.

Publicados

em

A dona de casa Arcângela Soares, 21 anos, recebe cobertor da OVG durante ação na ocupação Alto da Boa Vista, em Aparecida de Goiânia.

O Governo do Estado, por meio da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG) e do Gabinete de Políticas Sociais (GPS), já distribuiu 35 mil cobertores da Campanha Aquecendo Vidas 2022 a 186 prefeituras. Todos os 246 municípios goianos serão contemplados pela ação, que é fruto de um investimento de R$ 2,68 milhões por parte da administração estadual. A iniciativa beneficia famílias em extrema vulnerabilidade social, pessoas em situação de rua e entidades sociais.

“Esse é um grande investimento por parte do Governo de Goiás. O governador Ronaldo Caiado está e sempre esteve a postos para atender a todos os goianos, sem deixar ninguém para trás, estejam eles onde estiverem. É por isso que hoje estamos distribuindo esses 70 mil cobertores, tanto para os municípios do interior quanto nas ações de porta em porta na Região Metropolitana”, explica a presidente de honra da OVG e coordenadora do GPS, primeira-dama Gracinha Caiado.

Somente em Aparecida de Goiânia, as doações atenderam cerca de 700 famílias que vivem na ocupação Alto da Boa Vista. Uma das beneficiadas foi a dona de casa Arcângela Soares, 21 anos, que é mãe de três filhos e espera o quarto. Segundo ela, na noite anterior à entrega, as crianças apresentavam quadro febril e ela se preocupou ainda mais com o frio: “Quando o tempo esfria assim, a gente sempre se preocupa. Somos muito simples e não temos muitos cobertores”, contou.Solidariedade
Além dos cobertores, a OVG também arrecada agasalhos novos e usados, em bom estado de conservação, doados em parceria com empresas e instituições. Os donativos estão sendo destinados a entidades sociais, famílias vulneráveis, pessoas em situação de rua e refugiados.

Leia Também:  Goiás ultrapassa 26 mil mortes por Covid-19

De acordo com a diretora-geral da OVG, Adryanna Melo Caiado, envolver a sociedade civil nas ações solidárias é essencial: “Não é simplesmente arrecadar os cobertores, mas sensibilizar as pessoas sobre a necessidade de ajudar quem precisa. Neste tempo de frio intenso, o mais importante é ajudar quem se encontra em extrema vulnerabilidade social, ampliando nossa corrente do bem.”

A Campanha Aquecendo Vidas teve início no dia 11 de maio, com a entrega da primeira remessa de cobertores para os municípios. Na ocasião, representantes de cinco prefeituras estiveram na sede da OVG para receber das mãos de Gracinha Caiado os cobertores: Quirinópolis, Trindade, Anhanguera, Campos Verdes e Jaraguá. No dia do lançamento, a OVG também começou a arrecadar agasalhos, novos e usados, em 10 pontos de coleta na capital. O endereço de cada um pode ser acessado no site da Organização: www.ovg.org.br

Campanha
Realizada todos os anos, a iniciativa já distribuiu mais de 130 mil cobertores desde 2019, além dos 70 mil adquiridos para este ano. As mais de 200 mil peças compradas desde o início da gestão representam um investimento de R$ 6,5 milhões pelo Governo do Estado. Foto: Lucas DellamareJORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA