Fato ocorreu no último domingo (17)

Detento morre eletrocutado dentro de cela no presídio de Anápolis

Publicados

No último domingo (17), um detento de 32 anos morreu eletrocutado após receber uma descarga elétrica dentro da cela em que estava preso, na Unidade Prisional de Anápolis.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionado por volta das 11h26 para atender a ocorrência. A corporação encaminhou uma motolância e uma unidade de resgate. Os profissionais já encontraram o preso em decúbito dorsal e tentaram reanimá-lo, mas ele não resistiu.

Em nota, a Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP) informou que “foram tomadas as devidas providências em relação ao óbito […].” O texto afirma que o preso passou mal dentro da cela após receber a descarga elétrica, mas não fala como a descarga aconteceu.

A nota diz ainda que o preso foi encaminhado à enfermaria da unidade e que ele recebeu os primeiros atendimentos médicos até a chegada do Samu. A DGAP afirma que todas as autoridades competentes foram notificadas sobre o caso e que a ocorrência foi repassada à Polícia Civil (PC) para as investigações necessárias.

A PC, por sua vez, já solicitou o exame cadavérico e de local de crime para o andamento das investigações. O caso será conduzido pelo Grupo de Investigações de Homicídios (GIH).

Leia Também:  Caixa paga auxílio emergencial para 5,2 milhões de beneficiários

Quem compara lê o JORNAL DO VALE – Um jornal a serviço da nossa região, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

PLANTÃO POLICIAL

PRF apreende carga irregular de combustível avaliada em cerca de R$ 400 mil

Cada veículo transportava 60 mil litros de combustível, e apresentaram documentação fiscal inidônea, indicando suspeita de fraude no recolhimento de impostos ao Estado

Publicados

em

A Policia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 120 mil litros de etanol, na noite desta segunda-feira (12), na BR 153, em Jaraguá. A carga estava em dois caminhões bitrem e está avaliada em cerda de R$ 400 mil.

Os caminhões trafegavam juntos pela rodovia quando foram parados pela PRF na unidade de Jaraguá. Cada veículo transportava 60 mil litros de combustível, e apresentaram documentação fiscal inidônea, indicando suspeita de fraude no recolhimento de impostos ao Estado.

Os motoristas alegaram a PRF que carregaram em Paulínia, no interior paulista, e o combustível seria descarregado em Piripiri, no Piauí.

As carretas foram escoltadas pela PRF na noite desta segunda-feira, até Goiânia, na sede da Secretaria de Economia (SECON-GO), que ficará responsável pela aplicação das penalidades tributárias cabíveis, que podem chegar a R$ 100 mil.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Em Barro Alto, PC prende sobrinho por maus tratos contra a tia idosa
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA