Plantão Policial

Em Jesúpolis, adolescente é apreendido após ameaçar o pai e tio de morte com um facão

Os militares ao chegarem no local, o menor afirmou na frente da guarnição que assim que tiver oportunidade irá matar os dois (pai e tio).  

Publicados

A Polícia Militar (PM) de Jesúpolis foi acionada para atender ocorrência onde o pai foi ameaçado de morte com um facão pelo próprio filho de 16 anos.  O pai do adolescente disse aos policiais que as ameaças ocorreram por causa de uma discussão envolvendo uma motocicleta, que a vítima havia pedido ao dono da oficina para não arrumar enquanto o filho não tivesse todo o dinheiro pagar o conserto. Conforme informações, isso teria irritado o adolescente que ameaçou o pai de morte. O tio do menor que tentou apaziguar a situação e foi atacado pelo menor, que na luta corporal acabou ferindo a si próprio.

Os militares ao chegarem no local, o menor afirmou na frente da guarnição que assim que tiver oportunidade irá matar os dois (pai e tio). 

Os militares tiveram o apoio do Conselho Tutelar e encaminharam o menor, inicialmente, para o Hospital de São Francisco de Goiás para realização de relatório de médico e em seguida para a Delegacia da Polícia Civil de Jaraguá para os procedimentos de praxe. 

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres 

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Colisão frontal entre veículos de carga deixa motoristas mortos na BR-452; Assista
Propaganda

PLANTÃO POLICIAL

Em Caldas Novas, dupla é suspeita de assaltar homens após marcar programa pela internet

A vítima contratou um dos rapazes após ver o anúncio na internet. Ela foi ameaçada com um canivete no pescoço pelo comparsa, após iniciar o programa e deu dinheiro e fez transferência via PIX.

Publicados

em

As pessoas de Mateus Eduardo de Souza Barbosa de 20 anos e Rafael Cordeiro Nery de 27 anos, suspeitos de assaltar homens com quem marcaram programas em Caldas Novas, roubaram R$ 2,1 mil de um cliente turista que passeava na cidade, conforme informou o delegado da Polícia Civil (PC), Tiago Fraga.

Fraga explicou que o cliente, que veio de Minas Gerais, pagou R$ 150 pelo programa, R$ 500 em dinheiro e R$ 1.450 via PIX. O dinheiro pago além do combinado pelo programa, foi roubado durante o encontro.

O turista contratou um dos rapazes após ver o anúncio na internet. Ele marcou o encontro com o garoto de programa e se dirigiu até ao local combinado.

Na casa, eles iniciaram o programa. Pouco tempo depois, o comparsa dele entrou no quarto e anunciou o roubo, conforme o delegado. O suspeito exigiu dinheiro para deixar o homem ir embora e o ameaçou com um canivete no pescoço.

Objetos apreendidos em Operação Don Ruan.

 

Os roubos

O delegado ainda contou que, durante o interrogatório, os rapazes contaram versões distintas, um acusando o outro de ser o idealizador dos crimes. Mateus, que confessou os roubos, contou que começou a praticá-los em janeiro deste ano e que, ao todo, roubou entre 10 e 20 pessoas.

Leia Também:  Governador Ronaldo Caiado afirma: “Todos aqueles que infringirem a lei e que atentarem contra a saúde pública, promovendo eventos e festas, serão presos"

A PC informou que ele também apontou Rafael como o idealizador das práticas e o responsável pelas agressões e ameaças às mulheres. Já Rafael afirmou que Mateus quem o induzia aos crimes e quem atraía e ameaçava os clientes.

O caso ainda está sendo investigado pela PC e o inquérito deve ser concluído em breve. Os jovens foram encaminhados ao presídio de Caldas Novas e estão à disposição do Poder Judiciário. A dupla deve responder pelo crime de roubo com emprego de arma branca.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA