Operação Looping 2

Ex-deputado e empresário Tatico e o filho estão entre os presos em operação da PC-DF

O empresário, que foi deputado federal entre 2003 e 2011, acabou preso quando estava em sua fazenda, em Padre Bernardo, no Entorno do DF.

Publicados

Tatico foi preso quando estava em sua fazenda, em Padre Bernardo | Foto: Reprodução/Rafaela Felicciano/Metrópoles

O ex-deputado federal goiano e empresário do ramo varejista, José Fuscaldi Cesilio, mais conhecido como José Tatico de 81 anos, e um dos filhos dele estão entre os presos no âmbito da Operação Looping 2, deflagrada pela Polícia Civil do Distrito Federal (PC-DF) nesta terça-feira (21). A ação visa desarticular um grupo suspeito especializado em falsificar e usar documentos forjados para simular a propriedade de fazendas milionárias em Goiás, uma delas avaliadas em cerca de R$ 15 milhões.

Conforme a coluna Na Mira, do Metrópoles, Tatico, que exerceu a função de deputado federal entre 2003 a 2011, acabou preso por policiais da Coordenação de Repressão aos Crimes Contra o Consumidor, a Ordem Tributária e a Fraudes (Corf) quando estava em sua fazenda, em Padre Bernardo, no Entorno do DF. Os investigadores prenderem o filho do empresário em Goiânia.

A Operação Looping 2 cumpriu sete mandados de prisão temporária e 11 de busca e apreensão nas regiões do Lago Sul, Vicente Pires, Águas Claras, Setor de Indústrias Gráficas (SIG), Guará, Gama, além dos municípios goianos de Padre Bernardo, Mimoso, Águas Lindas e da capital Goiânia.

Leia Também:  Corpo de Bombeiros resgata corpo de vítima de afogamento no rio Uru em Uruana

 

Fazenda de R$ 15 milhões

De acordo com o Jornal de Brasília, a PCDF mapeou a confecção das procurações falsas que outorgavam direitos fraudulentos sobre o terreno. O mesmo ex-tabelião, que chegou a ser afastado por irregularidades em 2015, havia feito outra procuração falsa, em 2016, em um cartório do DF.

O objetivo era transferir uma segunda fazenda localizada na cidade de Mimoso (GO), pertencente a um espólio e avaliada em, aproximadamente, R$ 10 milhões.

Os investigadores apuraram que o esquema de falsificação lavrou uma terceira procuração com uso de documentos falsos na cidade de Dom Bosco (MG), relacionada a uma fazenda de R$ 15 milhões. O bando aproveitou-se do fato de os verdadeiros proprietários serem idosos com a saúde comprometida.

Os envolvidos no crime responderão pelos crimes de falsidade ideológica, falsificação de documentos, uso de documentos falsos, esbulho processório e associação criminosa. Com informações do Metrópoles e Jornal de Brasília

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

PLANTÃO POLICIAL

PC Jaraguá recupera celular furtado de vitrine de loja especializada em Jaraguá

Os agentes das PC conseguiram identificar e localizar o autor do furto e apreender o aparelho celular.

Publicados

em

O proprietário de uma loja especializada em vendas de celulares procurou a Delegacia da Polícia Civil de Jaraguá em Jaraguá, na tarde desta quarta-feira (29) e informou que um indivíduo esteve na loja simulando que queria comprar um celular.

Em determinado momento, ele pediu água para a vendedora e assim que ela foi buscar, ele abriu a vitrine e subtraiu um aparelho celular. O furto ocorreu no início da tarde do dia anterior (28).

Em decorrência das informações repassadas pela vítima, somada as diligências policiais, no final da tarde de quarta-feira, os agentes das PC conseguiram identificar e localizar o autor do furto e apreender o aparelho celular. Face à ausência de flagrante, o inquérito policial foi instaurado através de portaria. O celular será devolvido ao devido proprietário. Os nomes dos envolvidos não foram divulgados.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Após decisão do STF, Governo de Goiás extingue vistoria veicular
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA