Campeonato Goiano

Júlio Ferrari espera que Goianésia faça uma ótima campanha no Campeonato Goiano

O Azulão do Vale, do lateral-direito, estreia no estadual na próxima quarta-feira (11).

Publicados

O lateral-direito Júlio Ferrari está recuperado de uma inflamação e pronto para a estreia no Goianão. Foto: Breno Modesto.

Na próxima quarta-feira (11), três jogos abrem a disputa do Campeonato Goiano de 2023. Um deles é o confronto entre Goianésia e Crac, que se enfrentam no Estádio Valdeir José de Oliveira, na cidade de Goianésia no Vale do São Patrício às 19h.

Para o duelo, o Azulão do Vale poderá contar com a presença do lateral-direito Júlio Ferrari, que está recuperado de uma inflamação, que o tirou dos treinamentos por cerca de 10 dias. De acordo com o defensor, ele já está 100% e espera fazer uma ótima campanha no Goianão.

“Estamos em uma preparação muito forte e muito boa. Infelizmente, eu fiquei 10 dias parado por conta de uma inflamação. Mas já estou 100% recuperado. Estou treinando normalmente. E nós vamos fortes para o Campeonato Goiano. Espero que a gente possa fazer uma ótima campanha na competição”, disse Ferrari.

O lateral, que estava no Altos, do Piauí, desembarcou em Goiás para sua primeira passagem no futebol goiano. No time piauiense, ele atuou com Bruno Leite, ex-jogador do Goianésia e que atua na mesma posição. Por ter escutado muitas coisas boas sobre o Campeonato Goiano, Ferrari espera atuar muitas temporadas por aqui.

Leia Também:  Barro Alto elege Professor Álvaro

“É a minha primeira vez no futebol goiano. Já ouvi falar muito bem do Campeonato Goiano. Atuei com o Bruno Leite (ex-jogador do Goianésia), no Altos. Tive o prazer de conhecê-lo. Eu espero que essa seja a primeira de muitas (temporadas) no futebol goiano, porque dizem que aqui é muito bom”, comentou Ferrari.

Por fim, o defensor disse que o comandante do Azulão do Vale ainda não está focando os trabalhos na equipe do Leão do Sul. Desta maneira, Ferrari acredita que, a partir do fim de semana, Sílvio Criciúma deve dar instruções baseadas no Crac.

“Ele (Sílvio Criciúma) tem nos passado algumas coisas. Mas eu acredito que vai ser a partir de sábado (7), domingo (8) ou quando estiver mais próximo do jogo (contra o Crac) que ele vai nos passar mais alguma coisa sobre o time deles. A princípio, estamos focados apenas em nós. Mas, na reta final (da pré-temporada), ele vai nos passar o que temos que fazer no jogo”, finalizou Ferrari.

Leia Também:  Pedro Scooby reclama de síndrome de vira-lata dos brasileiros

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

CIDADES

Porangatu: Idoso de 90 anos é o estudante mais velho da rede pública em Goiás

O idoso também faz sucesso com vídeos nas redes sociais, onde tem mais de 13 mil seguidores e coleciona admiradores. Conforme os professores, faça chuva ou faça sol, o idoso vai para escola estudar.

Publicados

em

Manoel de Souza Alcântara indo para a escola e fazendo suas tarefas. Foto: Reprodução.

Com uma garrafa de água, caderno, lápis e seu “radinho” dentro da mochila, Manoel de Souza Alcântara pega o ônibus diariamente às 6h30 para ir à escola. Manoel aos 90 anos, o idoso, morador de Porangatu é o aluno mais velho da rede estadual de ensino em Goiás. Além do gosto pelo estudo, ele faz sucesso com vídeos nas redes sociais, onde tem mais de 13 mil seguidores e coleciona admiradores.

“O tio Manoel sempre foi muito criativo, ele sempre teve uma inteligência empírica muito grande”, disse Brenda da Silva, sobrinha de consideração de Manoel, que o matriculou na escola.

Manoel é aluno do 6º ano na Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), que fica a pouco mais de 3 km da casa dele. Nilza Pereira de Oliveira, que é dona de casa e ajuda a cuidar de Manoel, conta que ele faz questão de ir à escola todos os dias, e quando perde o ônibus, recorre para a bicicleta.

“Quando ele perde o ônibus, ele vai sozinho de bicicleta. A gente fica com medo dele andar sozinho, mas ele vai”, explicou.

Leia Também:  Botijão de gás fica mais caro em Goiás a partir de hoje (14)

O idoso, que tem deficiência mental leve, começou a frequentar a escola em 2017 por incentivo de Brenda Priscila Fraga da Silva, de 37 anos, neta de Nilza e sobrinha de consideração de Manoel, que também ajuda a cuidar do idoso. Brenda também incentivou Manoel a gravar vídeos para a internet.

“Eu falei: ‘Tio Manoel, vamos fazer um vídeo dançando?’ e ele foi aceitando. Ele foi criando gosto, via os vídeos dele, dava risada e a gente não parou mais, porque ficamos felizes com o resultado”, explicou.

Os professores de Manoel contam que, apesar da idade, a disposição dele é de um jovem, devido a grande a empolgação pelos estudos e pela escola.

“Faça chuva, faça sol, ele não falta. Ele não gosta de faltar aula. É até um incentivo pra quem tem a idade dele mas não quer estudar porque tem vergonha”, disse a professora Rosalinda Pereira.

Mesmo sem saber ler ou escrever, Nilza explica que Manoel não deixa de fazer nenhuma das tarefas.

“Ele faz as tarefas dele direitinho: pinta, desenha. Às vezes a Brenda ajuda ele”, explicou.

Leia Também:  Barro Alto elege Professor Álvaro

Apesar de o documento de identidade de Manoel dizer que ele tem 90 anos, a suspeita é que ele seja ainda mais idoso. Brenda conta que, em dezembro, os irmãos mais novos dele entraram em contato com ele e disseram que Manoel tem 95 anos.

Ela explicou que, quando Manoel conheceu sua avó Nilza, andando sem lugar pelas fazendas, ele foi acolhido por ela e seu avô. Desde então, permaneceu aos cuidados da família, que providenciou a documentação dele.

“Quando o tio Manoel chegou até nós, ele não tinha documento nenhum, mas ele teve um problema de saúde e meu avô precisou arrumar a documentação dele com urgência para levar ele aos tratamentos médicos. Na época, eles estipularam a idade dele”, explicou.

“Ele não tem nosso sangue, mas sempre cuidamos dele por amor”, disse Brenda.

Vídeo de Manoel de Souza Alcântara dançando, nas redes sociais. Foto: Reprodução.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA