Judiciário

Médium João de Deus volta para prisão domiciliar depois de 19 dias no regime fechado na CPP

A decisão do TJ-GO acatou argumentos da defesa e permitiu que João de Deus, que havia sido encaminhado para o complexo prisional, volte a cumprir pena em casa.

Publicados

João Teixeira de Faria, conhecido como João de Deus aos 80 anos, poderá voltar a cumprir pena domiciliar. Ele está preso desde 2018 e já foi condenado e havia iniciado o cumprimento das penas no complexo prisional, mas em março desde ano foi beneficiado com o cumprimento da pena em casa, acompanhado por monitoramento eletrônico. O Tribunal de Justiça de Goiás (TJ-GO) confirmou a decisão, mas informou que o processo tramita em segredo judicial.

Conforme a defesa do médium em nota que o TJ-GO acatou os argumentos da defesa e concedeu habeas corpus para João de Deus. Dentre os argumentos apresentados pelos advogados Anderson Van Gualberto de Mendonça e Marcos Maciel Lara, estão as doenças crônicas do preso, que são atestadas pela junta médica do próprio TJ-GO.

Os advogados ainda reforçaram que João de Deus tem mais de 80 anos, “além da ausência da ocorrência de novos crimes e a falta de contemporaneidade da prisão decretada com os fatos sob investigação”. Os defensores ainda reforçaram que o médium está comprometido com o atendimento das decisões judiciais e que repudia “a exposição cruel e desarrazoada da sua imagem, sempre em contexto de espetáculo público”.

Leia Também:  Jovem é morto por disparo de arma de fogo em distribuidora de bebidas, em Morrinhos; Assista

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

PLANTÃO POLICIAL

Homem é preso por furtar carne e kit de talheres em supermercado, em Goianésia

O suspeito de furto foi levado para a Delegacia de Polícia Civil onde poderá responder pelo crime de furto.

Publicados

em

Um homem de 35 anos foi preso neste sábado, 25, após ser flagrado pelas câmeras de segurança de um supermercado em Goianésia no Vale do São Patrício, furtando um pacote de carne, kit de talheres, conjunto de facas e um pacote de bolachas.

A Polícia Militar (PM) de posse das imagens, identificaram o suspeito como um velho conhecido para polícia, principalmente pela prática deste tipo de crime. Ao ser encontrado e preso em sua residência na região central da cidade, o homem não esboçou nenhum tipo de reação.

Aos militares o suspeito informou que havia vendido parte dos produtos em uma distribuidora de bebidas por R$ 80,00 e em seguida deslocou-se até uma boca de fumo para fazer uso de entorpecentes e devolver uma blusa de frio que havia pegado emprestada para cometer o crime, enquanto que havia comido o pacote de biscoito.

Com a prisão do suspeito, os militares deslocaram até a distribuidora de bebidas, e durante diligências encontrou o homem que havia adquirido os produtos. Ele afirmou ter comprado um kit de talheres e o conjunto de facas por R$ 80,00 mas em sua defesa disse que não sabia ser objetos de crime, e de forma imediata devolveu os objetos.

Leia Também:  Casal é preso com 50 mudas de maconha em Campos Verdes

O suspeito de furto foi levado para a Delegacia de Polícia Civil onde poderá responder pelo crime de furto.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA