Plantão Policial

Militar mata jacaré que atacou bebê após animal avançar em tio do menino em lago de Porangatu

PM diz que o homem foi atacado quando buscava objetos do sobrinho que ficaram no local. Os agentes passavam pela região, ouviram o pedido de socorro e atiraram no réptil.

Publicados

A Polícia Militar (PM) informou que matou o jacaré que atacou um bebê de um ano e oito meses, na Lagoa Grande em Porangatu. Conforme a corporação, um tio da criança foi atacado quando buscava os pertences do sobrinho que ficaram no lago, gritou por socorro e uma viatura passava na região.

“Quando recolhia os objetos, o homem foi atacado pelo jacaré e, ao pedir socorro, foi atendido pela equipe do 3° Batalhão de Polícia Militar que realizava patrulhamento pelo local e realizou o abate do animal”, descreve o relato da ocorrência.

O titular da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra o Meio Ambiente, Luziano Severino de Carvalho, explica que a ocorrência precisa ser investigada para averiguar a conduta dos policiais.

“Em tese é crime, mas temos que analisar se foi pela legítima defesa de terceiros. Tem que investigar se o animal tentou atacar, mas foi embora. É preciso ter muito cuidado, não podemos ir atirando e matando não”, pontua o delegado.

O delegado menciona que a ocorrência ainda não chegou a Demas para a investigação. Ele fala que, caso seja negada a hipótese de legítima defesa, os agentes podem responder por crime contra a fauna. A pena é de detenção de seis meses a um ano, e multa.

O jacaré foi morto na noite da última quinta-feira (24) e, de acordo com a polícia, estava agressivo, se irritava, atacava quando notava a presença humana no local, mas não chegou a morder o homem. Dois dias antes, o bebê de um ano e oito meses foi socorrido após o ataque na Lagoa Grande, em um parque municipal e teve o antebraço amputado.

Leia Também:  CPI da Covid não quer investigar corrupção de verdade, diz senador

“Ela disse que a babá estava passeando com a criança, quando escutou o choro. A babá disse que o animal abocanhou o braço do bebê e puxou para a água. Ela contou que entrou na água e tirou a criança da boca do jacaré”, contou Juliano Ferreira, médico que atendeu a ocorrência.

O médico do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) diz que o “braço estava muito destroçado” quando o bebê foi levado para atendimento. Agora, a criança está clinicamente bem. “Ele vai ter vida normal. A articulação do cotovelo ficou preservada para poder implantar uma prótese futura”, explicou.

Em nota desta sexta-feira (25), o Hugol informou que o menino tem estado geral regular, está consciente e respirando espontaneamente.

 

Administração

Conforme a Prefeitura de Porangatu, de 30 a 50 jacarés-tinga habitam a Lagoa Grande. O biólogo Edson Abrão conta como é o modo de vida dos animais, e que eles não têm costume de atacar pessoas.

“Geralmente o jacaré-tinga é menor do que outros jacarés. A espécie pode chegar a cerca de dois metros de comprimento. Eles não têm o costume de atacar pessoas, deve ter atacado porque se alimenta de mamíferos de pequeno porte. Eles comem peixes ou aves. Se ele pegar, ele pode matar, mas não é comum”, explicou.

Leia Também:  Funcionário público é preso suspeito de roubar e revender equipamentos de informática da SME de Goianésia

Após o ataque, a administração começou a instalar telas de proteção para evitar a aproximação de pessoas na Lagoa Grande, onde houve o acidente. A Secretaria do Meio Ambiente (Semma), informou que a instalação foi feita em pontos estratégicos da lagoa, na quinta-feira (24). Além disso, placas de advertência também serão colocadas no local. O acesso à prainha da lagoa também foi bloqueado.

De acordo com a prefeita da cidade, Vanuza Valadares (Podemos), foi criado um plano de revitalização da Lagoa Grande em parceria om o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais (Ibama). Com isso, os animais serão remanejados para outro local.

“É importante esclarecer à população que quando há um aumento muito grande de animais silvestres, que acaba extrapolando o ambiente deles, já oferece riscos”, explicou a prefeita.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

PLANTÃO POLICIAL

Em Jaraguá, homem é preso em flagrante por tráfico de drogas

Publicados

em

Um homem de 29 anos foi preso neste sábado (15) no Setor Ana Edith, em Jaraguá no Vale do São Patrício, ser suspeito de tráfico de drogas. A sua prisão aconteceu no exato momento em que ele iria vender uma porção de crack a um usuário de drogas.

A Polícia Militar (PM) através dos policiais da Companha de Policiamento Especializado (CPE), estavam monitorando a residência e quando realizavam patrulhamento pelo local se depararam com um usuário de drogas que ao ser abordado afirmou que estava ali para comprar drogas. Imediatamente foi realizado o adentramento tático, sendo encontrado o morador e principal suspeito da mercancia de entorpecentes. Durante buscas domiciliar, os militares encontraram uma quantidade considerável de crack e maconha, além balança de precisão, papel insulfilm para embalo das drogas, canivete – usado para fracionar as drogas, e um pouco mais de R$ 1.000,00 em notas de diversos valores, possivelmente oriundo do tráfico.

O suspeito recebeu voz de prisão por tráfico de drogas e foi levado para a Delegacia de Polícia Civil local, juntamente com as drogas, demais materiais ilícitos encontrados na residência, e o usuário de drogas.

Leia Também:  Jaraguá transfere 18 pacientes com Covid-19 para UTIs em outras cidades

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA