Plantão Policial

Quatro são presos suspeitos de matar idoso para roubar dinheiro e atear fogo na casa dele com seu corpo dentro, em Mairipotaba

De acordo com o delegado, dois homens e duas mulheres confessaram o crime e disseram ter matado vítima, para roubar R$ 1,3 mil. Depois, saíram para beber cerveja e usar drogas

Publicados

Em Mairipotaba, quatro pessoas, sendo dois homens e duas mulheres, que não tiveram as identidades reveladas foram presas suspeitas de matar um idoso para roubar dinheiro dele. Conforme a Polícia Civil (PC), após asfixiar a vítima, Edimar Batista de Costa de 63 anos, e pegar cerca de R$ 1,3 mil, eles saíram para beber cerveja e usar drogas, mas voltaram até a casa do idoso e atearam fogo ao imóvel com o corpo dele dentro para tentar destruir provas.

O caso aconteceu na madrugada de sexta-feira (16). De acordo com a polícia, o grupo foi preso horas depois e confessou o crime. Um dos casais apresentou advogado, mas a corporação não soube informar o nome do profissional.

O delegado Laylton Barros, responsável pelo caso, disse que uma das mulheres era conhecida de Edimar e frequentava a casa dele. Por isso, sabia que a vítima tinha uma quantia da aposentadoria guardada na residência.

“Ela passou as informações aos comparsas, que resolveram praticar o roubo. Eles foram até a casa dele, a mulher chamou o idoso e, quando ele saiu, os dois homens o surpreenderam, um lhe dando uma gravata em seu pescoço e outro segurando suas pernas”, disse.

Leia Também:  Em Goianésia, homem inconformado com o fim do namoro, invade residência com veículo, agride ex e a ameaça de morte

Barros afirma ainda que, em seguida, os homens levaram a vítima até a sala enquanto as mulheres pegavam o dinheiro. O delegado acredita que naquele momento o aposentado já estava morto, pois os indícios são de que ele foi asfixiado.

 

Cerveja, gasolina e fogo

O delegado responsável pelo caso afirmou que o grupo saiu da casa da vítima logo depois de matar o morador para ingerir bebidas alcoólicas e usar drogas.

Algum tempo depois, eles voltaram a passar pela porta da casa e perceberam que o corpo de Edimar estava a vista para quem passava na rua. Então, narra o delegado, eles resolveram incendiar o imóvel.

“Um dos homens pegou gasolina da moto que estavam, jogou por cômodos da casa e ateou fogo com a vítima lá dentro”, explicou.

O corpo do idoso ficou parcialmente carbonizado. A casa também sofreu vários danos.

Edmar Costa foi morto asfixiado e teve a casa queimada

Por causa do incêndio, vizinhos acionaram a Polícia Militar (PM) e contaram ter visto os quatro suspeitos rondando o imóvel. A corporação fez buscas pela região e conseguiu localizá-los.

Leia Também:  Encerra hoje o prazo para as inscrições no ProUni

As quatro pessoas irão responder pelos crimes de latrocínio – que é o roubo com o resultado morte, incêndio doloso e destruição de cadáver. Com G1

JORNAL DO VALE – Um jornal a serviço da nossa região, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

PLANTÃO POLICIAL

PRE realiza prisão de motorista armado na GO 431, em Pirenópolis

Publicados

em

A Polícia Militar através do Comando Rodoviário (3º BPMRV) realizavam patrulhamentos e abordagens pela rodovia GO 431, no município de Pirenópolis, ocasião em que abordaram o condutor de um veículo em atitude suspeita. Os militares ao procederem as buscas veicular foi encontrado uma arma de fogo, sendo um revólver Taurus, calibre.38, como o homem não possuía a documentação necessária para o porte/posse, foi preso e encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil em Pirenópolis para os procedimentos de praxe.

JORNAL DO VALE – Um jornal a serviço da nossa região, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Em Goiás, feriado prolongado contará com força-tarefa para evitar aglomerações em cidades turísticas
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA