Plantão Policial

Residência de médico é furtada em Ceres

Os criminosos entraram pelo portão eletrônico, onde conseguiram abri-lo por cerca de 40 centímetros, danificando a sapata eletrônica e invadiram a casa.

Publicados

A residência de um médico ortopedista em Ceres foi furtada no sábado (20) em Ceres, no Vale do São Patrício. A vítima acredita que o furto aconteceu de madrugada e no momento do crime não havia pessoas na residência. O crime foi percebido pela manhã do dia seguinte, quando a vítima chegou em sua casa. Segundo a vítima, até o momento sentiu falta da televisão, alguns objetos pessoais como perfumes, relógios, bijuterias e um cofre eletrônico pessoal.

O cofre foi recuperado, mas não tinha nada de valor dentro do mesmo e a vítima espera que os objetos furtados sejam recuperados.

Conforme a vítima, os criminosos entraram pelo portão eletrônico, onde conseguiram abri-lo por cerca de 40 centímetros, danificando a sapata eletrônica e invadiram a casa.

 

Cofre eletrônico encontrado

O cofre eletrônico furtado na casa do médico foi encontrado em uma vegetação próximo o setor Conjunto Bernardo Sayão em Ceres. Em decorrência do cofre emitir sinais sonoros, provavelmente o criminoso ficou com medo de estar sendo rastreado e descartou o objeto.

 

Leia Também:  Detentos do semiaberto de Brasília são flagrados com 100 kg de maconha, em Anápolis

Polícia Civil

O delegado Nelinho José de Almeida, disse que ouviu três pessoas, mas não tem nada concreto em desfavor dos inquiridos. A autoridade policial solicitou perícia no local pela manhã desta segunda (22). As investigações continuam e visam chegar na autoria do crime.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceresClique aqui

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

PLANTÃO POLICIAL

Caso Wanderson: Mãe e filha são sepultadas em Corumbá de Goiás

As buscas por Wanderson se concentram em três cidades do Entorno do DF. Além de Corumbá de Goiás, a força tarefa também faz buscas em Alexânia e Abadiânia.

Publicados

em

Os corpos da mulher, de 21 anos, e a filha, de quase dois, foram sepultadas, na manhã desta terça-feira (30), em um cemitério de Corumbá de Goiás. A mãe e a filha, foram veladas na mesma cidade e teriam sido assassinadas por Wanderson Mota Protácio com golpes de faca, no último domingo (28). Familiares e amigos acompanharam os sepultamentos.

O suspeito, que tem 21 anos, também é apontado como o suspeito de assassinar um fazendeiro de 73 anos. As investigações apontam que o foragido trabalhava como caseiro para o homem. A mulher da vítima de 45 anos, sobreviveu ao ataque e está consciente, orientada e estável.

As buscas por Wanderson se concentram em três cidades do Entorno do DF. Além de Corumbá de Goiás, a força tarefa também faz buscas em Alexânia e Abadiânia. O delegado responsável pelo caso, Tibério Martins Cardoso, disse que a estimativa é de 70 policiais trabalhando no caso.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceresClique aqui

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Acadêmico de Ciências da Computação é preso por tráfico de droga na BR-364, em São Simão
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA