Opinião

600 mil mortes evitáveis

Publicados

Estamos atingindo mais um número inacreditável de mortes nesta pandemia, são 600 mil mortes por Covid-19, que precisa ser frisado, mortes evitáveis! Evitáveis como foi feito por China Itália, Espanha, Alemanha, Israel, Nova Zelândia… Através de “lockdown”, distanciamento, medidas de higiene, como uso do álcool em gel.

Em janeiro, a vacinação começou mesmo no Brasil, com a CoronaVac e, a partir de abril, com a AstraZeneca. O pico de mortes aconteceu em 12 de abril, com 3.124 mortes na média de sete dias, a partir daí, o número de mortes começou a cair até 10 de setembro último com 454 mortes na média. Neste período, a cepa dominante era a de Manaus, chamada de p1 e, posteriormente, Gama.

Há pouco mais de dois meses, a mutante Delta chegou ao Brasil, dominando no Rio de Janeiro e invertendo a queda de mortes ali no dia 17 de agosto. Agora precisamos interpretar os dados: as vacinas protegem contra a variante Gama e já sabemos que a Pfizer e a AstraZeneca tem menor eficiência contra a mutante Delta, o que provavelmente está acontecendo é que as vacinas estão vencendo a Gama, mas perdendo da Delta. No Estado de São Paulo, a inversão aconteceu no dia 8 de setembro.

Leia Também:  A formação de juízes

No dia 23 de setembro último, foi divulgado que a variante Delta já causou 95,2% dos casos de covid-19 na cidade de São Paulo e 4,06% pela variante Gama, segundo estudo feito pelo Instituto de Medicina Tropical e pelo Instituto Adolfo Lutz. A análise foi feita a partir do sequenciamento do vírus em novos casos, durante a última semana de setembro, quando foram detectados 573 infectados com a variante delta.

Em São Paulo, são 5.438 casos do coronavírus, sendo que 55,6% (3.027 casos confirmados) são da variante Delta, 43,4% (2.362 casos) são da variante gama, restando ainda as variantes Beta (3 casos) e Alfa (46 casos).

Vemos nos EUA que a Delta mata os que não estão completamente vacinados, ou seja, apenas uma dose de Pfizer não protege adequadamente. Tem a mesma proteção que a CoronaVac observada no Brasil (é um grave erro comparar CoronaVac com AstraZeneca no Brasil, pois esta só começou a vacinar mesmo em abril, assim devemos comparar vacinas no mesmo efeito temporal).

Os senadores da CPI da Covid-19 receberam o documento “Orientações do Ministério da Saúde para manuseio medicamentoso precoce de pacientes com diagnóstico da Covid-19”, que revela o uso de cloroquina e outras drogas ineficazes no tratamento de infectados pela Covid-19, inclusindo crianças.

Leia Também:  O constrangimento da corrupção!

Além deste absurdo, a passagem do general Pazuello no Ministério da Saúde ainda foi marcada por desperdício de medicamentos, foram mais de 25 toneladas de vacina pentavalente e quase 4 toneladas de vacina tríplice vencidas, ou R$ 21 milhões desperdiçados. E ainda 66 doses de um medicamento de alto custo desapareceram que custa mais de R$ 12 mil a dose. Não acabou, também sumiram 336 respiradores, que custaram mais de R$ 18 milhões.

Esses são os exemplos da lisura do governo autodeclarado honestíssimo e da negligência por mortes evitáveis deste governo antipatriota e homicida.

Mario Eugenio Saturno (cientecfan.blogspot.com) é Tecnologista Sênior do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) e congregado mariano.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ARTIGO

O Professor venceu!

Existe um ditado popular que diz que a única coisa que não pode ser tirada de alguém é o conhecimento.

Publicados

em

Este artigo inicia-se com uma das mais inspiradoras frases da poetisa e escritora goiana Cora Coralina: “Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina”.

Um bom professor representa tanto na vida de uma pessoa, que em regra seus ensinamentos perpetuam nas lembranças daquele(a) que os receberam, trazendo ao aluno paz e confiança para executar o que aprendeu.

Existe um ditado popular que diz que a única coisa que não pode ser tirada de alguém é o conhecimento. Se analisarmos bem as entrelinhas desse ditado perceberemos que o conhecimento é uma das coisas mais valiosas que uma pessoa pode ter, entretanto, só pode ser viabilizado se ensinado por alguém. E esse alguém, que transfere conhecimento, informações, know how, carisma, empatia e solidariedade, é o Professor. Sim, Professor com P maiúsculo, para destacar o tamanho e a importância deste profissional, que é subdimensionado em relação ao tamanho social que deveria ter.

São esses profissionais que, muitas vezes, acabam extrapolando suas funções e passam a fazer parte da criação de crianças e adolescentes, contribuindo significativamente com a formação desses jovens, somando assim para que determinada criança ou adolescente possa quebrar paradigmas estruturais e familiares, e assim representar uma evolução espiritual, social e intelectual em relação aos seus antecedentes.

Leia Também:  A formação de juízes

Professor é inspiração, é satisfação, é evolução e também realização.

Que o dia 15 de outubro seja significativo o suficiente, não apenas para que as pessoas possam fazer postagens parabenizando os professores em suas redes sociais, mas que também possa inspirar a reflexão de todos em relação à importância desta atividade, dedicada com tanto amor e carinho por tantos, mas que nem sempre tem o seu valor reconhecido.

Lembre-se: não existe o médico, o engenheiro, o arquiteto e o advogado se não existir o professor.

A educação é o futuro da sociedade e é ela que pode fazer com que mudemos tudo aquilo de errado que vivemos no presente. O professor é a peça fundamental para o funcionamento bem-sucedido desta educação.

Pensem nisso!!

Diego Amaral é advogado e professor

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA