Bebê encontrado dentro de lixeira recebe alta de hospital

Publicados


O recém-nascido que foi encontrado dentro de uma lixeira em Valparaíso, no Entorno do Distrito Federal, recebeu alta do hospital em que estava internado na tarde sexta feira (23). A criança deixou a unidade com 2,5 kg e 45 centímetros e foi encaminhado para um abrigo em Valparaíso, pois nenhum parente foi localizado.

A Polícia Civil segue investigando o caso, pois a mãe ainda não foi identificada. O delegado Cassius Zamó, responsável pela investigação procura imagens de câmeras de segurança que possam ajudar na identificação.

“Considerando a condição de ter deixado um bebê recém-nascido numa lixeira exposto ao sol ou a todo ambiente natural. Provavelmente, a mãe responderá por crime de tentativa de homicídio”, afirmou o delegado após o menino ser encontrado.

 

Relembre o caso

O bebê foi encontrado em uma lixeira de um condomínio no dia 13 deste mês, um homem que passava pelo local, ouviu o choro da criança e chamou o resgate. O porteiro José França contou que voltava do trabalho para casa quando escutou o recém-nascido. O menino, ainda com o cordão umbilical, estava envolto em um pano fino, enrolado em um saco plástico.

Leia Também:  Ato antibolsonaro aconteceu em Goiânia na manhã desta sexta-feira (29)

O conselho Tutelar informou que caso nenhum parente apareça, o menino será entregue para adoção.

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

CONCURSO

Abertas as inscrições para o concurso da Polícia Penal de Goiás

Certame oferece 1,6 mil vagas, com salário inicial de R$ 5,9 mil; seleção exige diploma de nível superior.

Publicados

em

DGPP vai receber 1,6 mil novos policiais penais: inscrições para o concurso seguem abertas até 14 de agosto. Foto: DGPP

Estão abertas, a partir desta terça-feira (16), as inscrições para o concurso público que vai preencher 1,6 mil vagas para o cargo de policial penal em Goiás. O cadastro deve ser feito pelo site do Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC), com taxa de R$ 150. Para concorrer ao cargo, o candidato deve ter diploma de nível superior, em qualquer área, registrado em instituição reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).  O salário inicial para o cargo é de R$ 5.971,42, para uma carga horária de 40 horas semanais.

O certame será conduzido pelo IBFC, sob coordenação da Secretaria de Estado da Administração (Sead), e os aprovados serão lotados na Diretoria-Geral de Polícia Penal (DGPP), órgão ligado à Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP). O exercício do cargo exige a realização de viagens e a prestação de serviços fora do expediente e do local de trabalho.

A seleção será dividida em sete fases: prova objetiva, prova discursiva, avaliação médica, avaliação de aptidão física, avaliação psicológica, avaliação de vida pregressa e investigação social e avaliação de títulos. Candidatos com deficiência também passarão por avaliação de equipe multiprofissional. A data provável da aplicação das provas objetiva e discursiva é 15 de setembro, nas cidades de Aparecida de Goiânia, Caldas Novas, Formosa, Goiânia, Goianésia, Itaberaí, Luziânia, Rio Verde e São Luís de Montes Belos.

Leia Também:  Instituições filantrópicas recebem doações de pescados apreendidos na BR 060; Vídeo

O período de inscrições vai até o dia 14 de agosto de 2024. O edital completo está disponível no portal do IBCF (www.ibfc.org.br) e no site da Sead – em Acesso Rápido / Concursos e Seleções.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA