Esportes

Brasil vence amistoso contra o México com gol de Endrick

Publicados

A Seleção Brasileira venceu o México por 3 a 2, na noite deste sábado (8), no Kyle Field Stadium, no Texas, no penúltimo amistoso da equipe antes da estreia na Copa América, dia 24. Andreas Pereira, Gabriel Martinelli e Endrick, nos acréscimos do segundo tempo, fizeram os gols do Brasil, diante de mais de 85 mil pessoas, que lotaram o estádio. Na quarta-feira, a Seleção enfrenta os Estados Unidos, em Orlando, em novo amistoso.

A vitória contra o México marcou o aniversário de 110 anos da CBF. Para destacar a data, o goleiro Alisson atuou com a camisa de número 110. Desde o início do jogo, a Seleção Brasileira sobressaiu em campo. Com menos de um minuto já tinha criado uma chance, após boa jogada de Andreas Pereira pela direita e que Martinelli quase aproveitou.

Seleção Brasileira enfrentou México, no Kyle Field, no Texas, em amistoso de preparação para a Copa AméricaFoto: Rafael Ribeiro/CBF

O primeiro gol surgiu aos 5 minutos e começou com uma arrancada de Savinho pelo meio. Ele passou a bola para Andreas Pereira, que se livrou de dois marcadores e chutou com precisão.

Com a vantagem do Brasil, os mexicanos tiveram que sair mais para o ataque e levaram perigo aos 20 minutos, quando Alisson defendeu chute forte do lateral Arteaga. Mas o lance não diminuiu o ímpeto do time brasileiro, que seguia em busca do segundo gol.

Leia Também:  Em Goianésia, caminhonete com dinheiro supostamente destinado a compra de votos é apreendida

Confira a numeração da Seleção Brasileira para amistosos e Copa América

 

Com um gramado com dimensões reduzidas, o jogo ficava truncado e a marcação individual era mais fácil. A Seleção Brasileira ampliaria o placar aos 8 minutos do segundo tempo, com Martinelli. Ele completou boa jogada de Yan Couto pela direita. Desenhava-se ali uma vitória sem muitas dificuldades para o Brasil, mas o cenário mudaria.

Seleção Brasileira enfrentou México, no Kyle Field, no Texas, em amistoso de preparação para a Copa AméricaFoto: Rafael Ribeiro/CBF

Antes da reação do México, que chegou a empatar, o árbitro Lukasz Szpala interrompeu a partida, aos 13 minutos, por causa de gritos homofóbicos da torcida mexicana dirigidos ao goleiro Alisson. Lukasz seguiu protocolo da Fifa para esses casos: parou o jogo e reuniu os atletas no meio de campo para comunicar a decisão. Somente quando as manifestação cessaram, ele reiniciou a partida.

O México diminuiria aos 27, após um cruzamento da direita. Na pequena área Yan Couto e Quinõnez caíram na ânsia de tocar na bola. As imagens da TV mostraram que Yan fez gol contra, embora os telões do estádio anunciassem Quiñonez como autor do gol.

Leia Também:   Athletico-PR supera o Vasco em jogo de alta pressão e gol decisivo de Erick

A essa altura, Dorival Júnior já tinha feito algumas alterações e contava com Lucas Paquetá, Pepê e Endrick, que entraram no decorrer do segundo tempo. Depois, ele levou a campo Bruno Guimarães e Vinícius Júnior, para alegria do público. Aos 30, o Brasil não fez o terceiro por pouco. Endrick passou a bola para Vinícius, que chutou fraco e o goleiro defendeu. Aos 40, Endrick finalizou para fora em outra boa oportunidade.

Seleção Brasileira chega ao Texas para amistoso contra o México

 

Tudo indicava que o 2 a 1 não seria alterado. Mas, aos 47 minutos, Martinez tentou duas vezes na pequena área e empatou para o México. O jogo teve oito minutos de acréscimos e a Seleção Brasileira não acusou o golpe. Tentou a vitória até o fim e foi premiada por um lance criado por Vinícius Jr, que atraiu a marcação e fez um cruzamento perfeito para Endrick. Livre, na área, o atacante cabeceou com estilo e fechou o placar: 3 a 2 para o Brasil,

A Seleção jogo com Alisson; Yan Couto, Éder Militão, Bremer e Guilherme Arana; Éderson (João Gomes), Douglas Luiz (Bruno Guimarães) e Andreas Pereira (Lucas Paquetá); Savinho (Vinícius Júnior), Martinelli (Pepê) e Evanílson (Endrick).

Fonte: Esportes

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ESPORTES

Palmeiras atropela o Atlético na Arena MRV com goleada histórica

Publicados

em

Em uma noite inspirada do Palmeiras e para esquecer do Atlético-MG, o Verdão aplicou uma sonora goleada por 4 a 0, nesta segunda-feira (17.06), na Arena MRV, em partida válida pela nona rodada do Campeonato Brasileiro. Os gols da vitória alviverde foram marcados por Aníbal Moreno, Piquerez (de pênalti), Estêvão e Flaco López.

O jogo começou pegado, com boas chances para ambos os lados. O Verdão abriu o placar aos 24 minutos, com Aníbal Moreno aproveitando rebote na área. Aos 30, o clima esquentou quando Hulk recebeu dois amarelos em sequência por reclamação e foi expulso, deixando o Galo com um a menos.

Com a vantagem numérica, o Palmeiras dominou o segundo tempo. Aos 13 minutos, Piquerez converteu pênalti sofrido por Zé Rafael. A partir daí, o Verdão transformou a vitória em goleada. A jovem promessa Estêvão, em noite inspirada, marcou o terceiro após bela jogada individual. Já nos acréscimos, Flaco López fechou o placar, aproveitando cruzamento de Vanderlan.

Leia Também:  Palmeiras atropela o Atlético na Arena MRV com goleada histórica

Com o resultado, o Palmeiras quebra a invencibilidade do Atlético-MG em casa, além de subir para a quinta posição, entrando de vez na briga pelo título. Já o Galo, estacionado nos 13 pontos, precisa se reencontrar na competição.

Na próxima rodada, o Palmeiras recebe o Red Bull Bragantino na quinta-feira (22), às 21h30, no Allianz Parque. No mesmo dia, mas às 18h30, o Atlético-MG busca a recuperação contra o Vitória, no Barradão.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-MG 0 X 4 PALMEIRAS

Local: Arena MRV, em Belo Horizonte (MG)
Data: 17 /06/2024
Hora: 20;30 horas
Árbitro: Rodrigo José Pereira de Lima (Fifa/PE)
Assistentes: Nailton Junior de Sousa Oliveira (Fifa/CE) e Francisco Chaves Bezerra Junior (PE)
VAR: Gilberto Rodrigues Castro Junior (PE)
Cartão vermelho: Hulk (Atlético-MG)
Cartões amarelos: Igor Rabello, Hulk, Gustavo Scarpa e Zaracho (Atlético-MG); Piquerez, Aníbal Moreno, Rony e Estêvão (Palmeiras)

GOLS: Aníbal Moreno (aos 24 minutos do 1°T), Piquerez (aos 14 minutos do 2°T), Estêvão (aos 16 minutos do 2°T) e Flaco López (aos do 2°T)

Leia Também:  Corpo de Bombeiros é acionado para atender acidente de trânsito em Goianésia; Assista

ATLÉTICO-MG: Matheus Mendes; Saravia, Bruno Fuchs, Igor Rabello (Alisson) e Rômulo; Zaracho (Pedrinho), Igor Gomes, Gustavo Scarpa (B. Palacios); Cadu (Alan Kardec), Paulinho e Hulk. Técnico: Gabriel Milito

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha, Murilo, Naves e Piquerez (Vanderlan); Aníbal Moreno (Fabinho), Zé Rafael e Raphael Veiga; Lázaro (Gabriel Menino), Estêvão (Mayke) e Rony (Flaco López). Técnico: Abel Ferreira

Fonte: Esportes

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA