Rede Pública

Caiado anuncia mais R$ 367 milhões para educação de Goiás R$ 367 milhões para educação de Goiás

O valor destinado ao setor passa de R$ 2,6 bi.

Publicados

O governador Ronaldo Caiado anunciou, nesta quinta-feira (4), investimentos da ordem de R$ 367 milhões para programas de reformas e modernização de unidades escolares, aquisição de móveis e instalação de laboratórios. A divulgação ocorreu durante o 1º Encontro com os Gestores das Unidades Educacionais da Rede Estadual de Ensino, em Goiânia. Com isso, os valores totais destinados para o setor ultrapassam a marca histórica de R$ 2,6 bilhões. Ele ainda garantiu o reajuste, em 76%, no repasse dos valores da merenda escolar para 2022.

“Tenham a certeza de que, ao investir, teremos os resultados e, em breve, o Brasil todo vai copiar nossas ações de governo”, projetou. Ao falar aos gestores educacionais, Caiado defendeu que “a maior lição” que pode deixar é a priorização da educação. “Vocês são as ferramentas transformadoras da vida e da qualidade de vida das pessoas no Estado de Goiás”, reconheceu. “Um governador só vai ser lembrado, na sua trajetória de vida, se ele entender que é na educação, é com professores e professoras, que nós mudaremos a condição do cidadão”, declarou.

A maior fatia da verba será destinada a dois projetos. Caiado fez o lançamento da terceira etapa do programa Reformar (Recurso Estadual de Fomento, Organização, Reforma, Modernização e Adequação da Rede) e da segunda fase do Equipar, que consiste na destinação de recurso específico para cada escola adquirir, de forma direta e descentralizada, equipamentos como computadores, materiais de laboratório e utensílios de cozinha. Juntas, as duas iniciativas somam R$ 240 milhões em investimentos.

Simbolicamente, Caiado também iniciou a entrega de 68.348 itens de mobiliário escolar e 783 laboratórios móveis de informática. O valor investido na aquisição dos móveis foi na ordem de R$ 21,1 milhões e, nos laboratórios, de aproximadamente R$ 106 milhões.

A secretária de Estado da Educação, Fátima Gavioli, enfatizou o valor do repasse da merenda escolar, o qual não recebia reajuste há 20 anos e, agora, foi acrescido em 76%. “As escolas estavam passando muita dificuldade para garantir uma merenda equilibrada de acordo com o que a nutricionista determina. Esse reajuste, sem dúvida, vai permitir que eles melhorem a qualidade da alimentação escolar”, afirmou, ao frisar que o preço dos alimentos básicos subiu consideravelmente.

Leia Também:  Governo anuncia atualização da vacina contra pólio a partir de 2024

Programas

A terceira etapa do Reformar contemplará todas as instituições de ensino da rede pública estadual. Cada uma delas receberá, por meio do Conselho Escolar, R$ 100 mil. O recurso deverá ser aplicado prioritariamente na instalação de poços artesianos nas unidades escolares. A medida busca ser uma alternativa no enfrentamento à crise hídrica e contribuirá para a redução na conta de água.

A escola que já possuir poço artesiano poderá investir a verba na adaptação de refeitórios nos Centros de Ensino em Período Integral (Cepi); implantação de centrais de prevenção e combate à incêndios; reformas de pisos, banheiros e cozinhas; e para instalação e adaptação de itens de acessibilidade.

A segunda etapa do Equipar também beneficiará todas as unidades escolares de Ensino Fundamental e Médio, incluindo as de ensino regular, tempo integral e os colégios militares. Cada escola receberá R$ 155 mil, que deverão ser investidos na implantação de energia solar. A empresa contratada será responsável pela elaboração do projeto e instalação do sistema de placas fotovoltaicas. A meta do Governo de Goiás é tornar as instituições de ensino mais sustentáveis do ponto de vista energético.

Laboratórios

O investimento de R$ 106 milhões é para a aquisição de 783 laboratórios móveis de informática. Cada um será composto por um armário para armazenamento e recarga de eletrônicos e vai comportar até 42 equipamentos portáteis, incluindo 36 Chromebooks para uso dos estudantes e cerca de oito para professores. Neste primeiro momento terão prioridades para receber os recursos instituições que ainda não possuem laboratórios físicos de informática.

A meta é que, até o final de 2022, todas as escolas e colégios da rede estadual contem, ao menos, com um laboratório móvel para uso. A principal vantagem dos laboratórios móveis diz respeito à mobilidade dentro da escola, uma vez que os equipamentos podem ser facilmente transportados de sala em sala e demais ambientes escolares.

Mobiliário

Para fazer a reposição do mobiliário escolar em toda a rede pública estadual, o Governo de Goiás investiu R$ 21,1 milhões na compra de 68.348 itens. A nova aquisição inclui 60 mil conjuntos aluno (cadeiras e carteiras), 4 mil conjuntos professor (mesas e cadeiras), 1.573 cadeiras giratórias, 1.338 mesas de trabalho com gaveteiro, 1.092 cadeiras para mesas de reunião, 157 mesas de reunião, 143 cadeiras longarinas (três lugares) e 45 mesas retangular. Todos os móveis atendem às exigências do padrão de qualidade do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (Fnde), do Ministério da Educação (MEC).

Leia Também:  Covid-19: Brasil tem segundo dia com mais mortes confirmadas

O diretor do Colégio Estadual Olga Aguiar Mohn, localizado em Cristalina, Deiler Martins, relatou que a instituição foi inaugurada em 1961, mas a única pintura havia ocorrido somente em 1999. O programa Reformar transformou essa realidade. “Quando a gente assumiu a gestão, o sonho era ter aquela escola bonita. Imaginem 22 anos sem pintar as paredes. Então, veio o primeiro Reformar e a gente, literalmente, reformou toda a escola”, lembrou.

O Equipar também evidenciou uma via inédita de benfeitorias na rede estadual. “Nós tínhamos uma escola sucateada”, contou Marily Mariano, gestora do Colégio Estadual Raulina da Fonseca Paschoal, situado em Marzagão. A diretora lembrou o dia em que anunciou a chegada de R$ 157 mil para aquisição de equipamentos. “Nós nunca tivemos isso”, comentou, ao destacar que todas as escolas são igualmente atendidas.

A deputada federal Flávia Morais classificou a atuação governamental como uma “revolução silenciosa” na educação que proporcionou dignidade à comunidade escolar em cada canto do Estado. O deputado federal Glaustin da Fokus acredita que os avanços no setor educacional são coerentes com a conduta do governador Ronaldo Caiado. “Quero dar os parabéns por conduzir esse Estado com seriedade”, defendeu.

Sobre a proposta do governador Ronaldo Caiado de criar o Bolsa Estudo, com destinação de R$ 100 para os alunos do Ensino Médio, o deputado estadual Bruno Peixoto explicou que a tramitação do projeto ocorre como prioridade na Assembleia Legislativa. O também deputado estadual Virmondes Cruvinel destacou a parceria estabelecida entre os poderes Executivo e Legislativo. “Temos muitas pautas e vemos transparência com uso do recurso público por parte de Caiado”, assinalou.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

EDUCAÇÃO

Caiado nomeia 312 novos professores para Rede Estadual de Ensino; Assista

Parte dos aprovados do concurso de 2022 foram convocados no final de abril e devem tomar posse no início de junho.

Publicados

em

Governador Ronaldo Caiado assina nomeação de 312 novos professores para a rede estadual de Ensino. Fotos: Secom

O governador Ronaldo Caiado assinou, na terça-feira (21), a nomeação de mais 312 novos professores para a rede estadual de Ensino. Os educadores foram aprovados no concurso para professor PIII da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), realizado em 2022, e convocados no final de abril. Em 8 de maio, foram nomeados outros 309 aprovados.

Conforme Edital de Convocação nº 002/2024, os nomeados poderão tomar posse a partir do dia 4 de junho. A posse será on-line, mediante assinatura de termo de posse disponibilizado no SEI (Sistema Eletrônico de Informações).

A partir do dia 5 de junho será disponibilizado, no site da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), o link para o agendamento do Efetivo Exercício e da Modulação dos novos servidores.

Na data selecionada, o servidor deverá apresentar a apostila de posse, emitida no ato da posse e devidamente assinada pela Secretaria de Estado da Administração (Sead), bem como os documentos pessoais exigidos para conferência. Os atendimentos serão realizados presencialmente, na sede da Seduc, em Goiânia.

Leia Também:  Em Goianésia, motorista é preso em flagrante por dirigir embriagado e promover arrancada brusca durante abordagem policial

Convocações

O Governo de Goiás já convocou 1.893 docentes desde 2023. Os profissionais fazem parte da lista de 5.050 aprovados para o cargo de professor nível III (licenciados), em concurso público realizado em 2022.

Os nomeados vão trabalhar na Rede Estadual de Ensino que, atualmente, conta com mais de 900 unidades escolares e atende quase 500 mil estudantes, em todas as regiões de Goiás. De forma inédita, foram ofertadas vagas para profissionais indígenas, quilombolas, intérpretes de Libras e instrutores de Libras e Braille.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA