Estado

Caiado e Bolsonaro assinam ingresso do Estado ao Regime de Recuperação Fiscal

Publicados

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), se encontrou, na manhã desta sexta-feira (24), véspera de Natal, com o presidente Jair Bolsonaro (PL), no Palácio da Alvorada, para assinarem a promulgação do Estado no Regime de Recuperação Fiscal (RRF). Após a cerimônia, o governador comemorou a adesão nas redes sociais.

Com o RRF o Estado poderá reestruturar as dívidas públicas com condições melhores de taxas de juros e prazos. Desde 2010, as contas públicas de Goiás estão superiores às receitas e, atualmente, a dívida está acumulada em R $22,986 bilhões, que consome anualmente R $2,5 bilhões para pagamento de juros.

Conforme Caiado, o pagamento da dívida será suspenso por 18 meses a partir de 1º de janeiro de 2022. Então, o Estado terá cerca de R $445 milhões disponíveis para realizar concursos públicos, descongelar salários de servidores e autorizar a concessão de progressão funcional.

Com isso, a dívida será parcelada em 30 anos com o pagamento de R $738 milhões em 2023, R $1.030 milhões em 2024 e, a partir de 2025, o valor aumentará gradativamente até R $2 bilhões, que será alcançado em 2027. O governador e o presidente comemoraram a ação.

Leia Também:  Aruanã: Moradora encontra cobra enrolada em carregador de celular

“Essa luta durou 3 anos, desde que assumi o governo, com a parceria de deputados federais, senadores e também membros dos demais poderes para chegarmos a esse entendimento. Goiás não quitava seus compromissos há mais de meses e eram dívidas que acumulavam mais de R $6 bilhões”, disse Caiado.

“Isso vai dar previsibilidade ao Estado. O governo trabalhou de forma bastante objetiva nessa questão. Eu elogio o governador por essa iniciativa e o Estado passa, além de ter previsibilidade, passa a ter mais meios para melhor atender o interesse da população como um todo”, finaliza Bolsonaro.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ESTADO

Governo de Goiás dá início aos atendimentos no Hospital Estadual da Criança e do Adolescente (Hecad)

A partir da meia-noite deste sábado (15), o Hospital Estadual Materno-Infantil Dr. Jurandir do Nascimento (HMI) deixou de atender especialidade de pediatria no pronto-socorro. Pais e responsáveis com essa demanda podem procurar serviço de urgência e emergência no Hecad, no bairro Parque Acalanto, em Goiânia, que passa a ser referência para público infantil. Unidade funcionará 24 horas por dia, sete dias por semana, para casos graves, de média e alta complexidades. “Nenhum outro Estado tem essa estrutura como a nossa. Isso dá dignidade aos filhos de nossas famílias”, destaca governador Ronaldo Caiado.

Publicados

em

O Governo de Goiás iniciou a transição dos atendimentos pediátricos prestados pelo Hospital Estadual Materno-Infantil Dr. Jurandir do Nascimento (HMI) para o Hospital Estadual da Criança e do Adolescente (Hecad). Esse processo é executado de forma planejada e segura, para garantir assistência de qualidade aos pacientes.

“Nenhum outro Estado tem essa estrutura como a nossa. Isso dá dignidade aos filhos de nossas famílias. Esse hospital terá função específica de atender crianças que, hoje, não têm onde operar, para onde ir. Teremos uma estrutura digna, o Hospital da Criança”, destaca governador Ronaldo Caiado.

A partir da meia-noite deste sábado (15), o HMI deixará de atender a especialidade de pediatria no pronto-socorro. Assim, pais e responsáveis com essa demanda podem procurar o serviço de urgência e emergência no Hecad, no bairro Parque Acalanto, em Goiânia, que passa a ser referência para o público infantil no Estado.

“É importante ressaltar que o Estado não fechou serviço, muito pelo contrário, trabalhamos para ampliar Esse hospital nasceu da necessidade do governador Ronaldo Caiado de melhorar a assistência pediátrica em Goiás. Nossa missão é impactar vidas e a vida de cada criança importa”, ressalta o secretário de Estado da Saúde, Ismael Alexandrino.

Leia Também:  Escola de Governo completa 60 anos e supera recordes de capacitação

O Hecad funcionará 24 horas por dia, sete dias por semana, para os casos graves, de média e alta complexidades. Os pacientes passarão por uma classificação de risco, sendo que os casos mais urgentes terão prioridade. A Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e enfermarias estão preparadas para receber quem necessite de internação.

No Hospital Materno-Infantil, o pronto-socorro da mulher seguirá ativo, 24 horas por dia, recebendo gestantes de médio e alto riscos, grávidas com pré-eclâmpsia, mulheres vítimas de violência sexual, entre outras urgências obstétricas e ginecológicas.

Apesar da transição e do início dos atendimentos, a inauguração oficial da unidade será realizada na terça-feira (18), às 9h, conforme a determinação do governador Ronaldo Caiado de somente entregar à população serviços que estejam em pleno funcionamento.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA