Segurança Pública

Caiado empossa novo Comando-Geral da PM e anuncia incremento no efetivo

Comandante coronel Marcelo Granja assume e diz que trabalho será focado em inteligência e ações estratégicas para diminuir ainda mais os índices de criminalidade.

Publicados

Ronaldo Caiado na posse do novo comandante-geral da PM: “O estado do crime não existe mais em Goiás”. Foto: Adalberto Ruchelle é Júnior Guimaraes

Garantir a continuidade da queda dos índices de criminalidade no estado é a principal missão do novo comandante-geral da Polícia Militar do Estado de Goiás (PMGO), coronel Marcelo Granja, empossado nesta segunda-feira (25) pelo governador Ronaldo Caiado. “O estado do crime não existe mais em Goiás e não vai florescer jamais enquanto estiver à frente do Governo”, disse Caiado durante a transferência de cargo, realizada no Comando da Academia de Polícia Militar, em Goiânia.  Ele ainda anunciou o ingresso de 500 novos militares na corporação ainda esta semana.

Granja sucede o coronel André Henrique Avelar de Sousa, que exercia o comando-geral da PMGO desde abril de 2022. Homenageado no evento, ele passa à reserva remunerada da corporação após 33 anos de atuação. “Cumprimento por esses cinco anos e três meses ao meu lado. Tem meu respeito pela sua capacidade, inteligência e altivez ao comandar nossa Polícia Militar”, elogiou o governador, que estava acompanhado do vice-governador Daniel Vilela.

Leia Também:  Servidores de empresa de telefonia fazem protesto na BR-153, em Goiânia

O coronel Marcelo Granja é considerado um policial experiente e qualificado. Antes de chegar ao comando da PMGO, chefiou o Batalhão de Choque e os comandos de Missões Especiais, Operações do Cerrado e Policiamento da Capital, entre outros cargos. “Vamos ter uma atuação forte, mantendo e até diminuindo ainda mais os índices criminais. Vamos trabalhar com inteligência e ações estratégicas, com deslocamento das tropas para zonas quentes de criminalidade”, explicou.

Ao passar o cargo, coronel André Henrique Avelar destacou a ação efetiva da corporação com a redução significativa de todos os índices criminais. “Temos uma tropa que atende todo estado de Goiás, com aparato e armamento de excelência. São homens e mulheres aguerridos, combativos, corajosos, audazes no combate à criminalidade. E que vão continuar firmes junto ao coronel Granja, que passou por vários comandos operacionais e, portanto, reúne condições de exercer a nova missão”, concluiu.

Efetivo

Durante a troca de comando na PM, o governador Ronaldo Caiado também anunciou que entre quarta-feira (27) e o fim desta semana, a corporação vai ganhar novos militares. “Ingressaremos mais 500 policiais, ampliando a segurança no estado de Goiás e dizendo em alto e bom som: jamais o crime ou o estado crime que já existiu aqui, ressuscitará”, garantiu.

Leia Também:  Durante feriado de Corpus Christi ocupação de pousadas e hotéis de Caldas Novas chegam a 60%

“Estamos recebendo os alunos, formandos em todo estado, já implementando as atividades de patrulhamento ostensivo e preventivo. E todos os comandantes estão implementando ações para que possamos reduzir ainda mais a criminalidade”, complementou Marcelo Granja.

Resultados

Dados do Observatório de Segurança Pública mostram que, na comparação entre 2023 e 2018, Goiás registrou queda de 51,5% no índice de homicídios dolosos. No crime de latrocínio, a redução foi de 88,5%. Já os casos de lesão corporal seguida de morte caíram 66% no mesmo período. No último ano, 93 municípios goianos não registraram homicídio.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ESTADO

Goiás tem queda de até 92% na criminalidade em 2024

Na comparação dos meses de janeiro a março deste ano, em relação ao mesmo período do ano passado, maior redução é em roubo de carga; número de feminicídios cai 31%.

Publicados

em

Governador Ronaldo Caiado prestigia evento de formatura de policias militares, em Goiânia. Foto: Secom

O estado de Goiás registrou queda em todos os índices criminais, nos três primeiros meses de 2024, em relação ao mesmo período do ano anterior. É o que apontam dados divulgados pela Secretaria de Segurança Pública (SSP-GO) na manhã desta quinta-feira (11), em Goiânia. A maior redução foi verificada no crime de roubo de carga, com 92% – foram 13 casos no primeiro trimestre de 2023 e apenas um este ano.

Na sequência, estão roubo de veículo, roubo a comércio e furto a transeunte, com diminuição de 34%. Os casos de roubo a transeunte caíram 33% e os de feminicídios reduziram 31%. As informações têm como fonte o Observatório de Segurança Pública do Estado e são provenientes do Registro de Atendimento Integrado (RAI), conforme diretrizes do Plano Nacional de Segurança Pública.

De acordo com o governador Ronaldo Caiado, o estado tem priorizado o combate a crimes violentos, para garantir tranquilidade ao cidadão. Para ele, os números refletem a integração das forças de segurança: “Nossas polícias trabalham em conjunto. Isso acontece quando há uma política pública séria, austera. Assim temos o que mais interessa: resultado concreto e segurança para a população”, afirma.

Leia Também:  Durante feriado de Corpus Christi ocupação de pousadas e hotéis de Caldas Novas chegam a 60%

O mesmo ponto é ressaltado pelo secretário de Segurança Pública, Renato Brum. “Realizamos ações preventivas por parte dos policiais militares na rua, com reforço daqueles que se formaram recentemente e daqueles que estão no estágio. Além disso, há um trabalho muito bem feito pela Polícia Judiciária, Polícia Penal e Polícia Científica dando retaguarda. E o Corpo de Bombeiros é nossa força de salvamento”, salienta.

Outro destaque do balanço, disponível no site da Secretaria, é que 165 municípios não registraram nenhum homicídio de janeiro a março deste ano. Também não houve nenhum caso de roubo a banco. “A polícia goiana como um todo têm cumprido sua função, dentro dos limites da lei, e a população reconhece”, complementa Caiado. Pesquisa da Genial/Quest divulgada nesta semana revela que a segurança recebe avaliação positiva de 69% dos entrevistados.

Ações proativas

No primeiro trimestre de 2024, foram cumpridos 2.258 mandados de prisão e apreensão no estado. Em ações integradas, ostensivas ou no patrulhamento de rotina, as forças de segurança recuperaram 974 veículos com registro de furto ou roubo. As polícias Civil e Militar efetuaram 7.352 prisões em flagrante. Além disso, 1.158 armas de fogo apreendidas e 1.911 foragidos recapturados. 3 toneladas de drogas foram retiradas de circulação.

Leia Também:  Governo de Goiás publica editais com 864 vagas para Polícia Civil

Indicadores criminais (janeiro/março de 2024)

Roubo de Carga: -92%

Furto a Transeunte: -34%

Roubo em Comércio: -34%

Roubo de Veículos: -34%

Roubo a Transeunte: -33%

Feminicídio: -31%

Furto de Veículos: -27%

Homicídio Doloso: -24%

Furto em Residência: -20%

Roubo em Propriedade Rural: -20%

Furto em Comércio: -16%

Roubo em Residência: -14%

Tentativa de homicídio: -10%

Estupro: -9%

Furto em Propriedade Rural: -6%

* Fonte: Observatório de Segurança Pública de Goiás (comparação com o período de janeiro/março de 2023)

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA