Segurança Pública

Daniel Vilela inaugura primeira Escola de Governo da Polícia Penal

Localizada em Goiânia, unidade deve capacitar mais de 5 mil servidores em 2024.

Publicados

Governador em exercício, Daniel Vilela elogiou a estrutura da ESPP: “Fundamental para os próximos policiais penais e também para quem já faz parte da corporação”. Fotos: André Saddi

O governador em exercício Daniel Vilela inaugurou, na manhã desta terça-feira (14), em Goiânia, a Escola Superior de Polícia Penal (ESPP). Agora credenciada como Escola de Governo, a unidade destinada à capacitação e formação dos servidores da Polícia Penal recebeu investimentos de R$ 302 mil do Governo de Goiás para reforma e melhoria da estrutura física.

O governador em exercício Daniel Vilela inaugurou, na manhã desta terça-feira (14), em Goiânia, a Escola Superior de Polícia Penal (ESPP).

“A estrutura será de fundamental importância para os próximos policiais penais, que irão compor o time competente que temos, e também para quem já faz parte da corporação e irá, ao longo do tempo, buscar aprimoramento para dar sequência ao trabalho que vem sendo tão bem executado”, pontuou Vilela.

O secretário de Segurança Pública, Renato Brum, afirmou que valorizar a boa formação de seus integrantes é uma característica de toda instituição respeitada. “Vamos qualificar melhor nosso servidor. A Polícia Penal é uma parte forte da engrenagem da segurança pública”, completou.

Leia Também:  Goiás receberá investimento de quase R$ 100 milhões com instalação de indústrias em cidades goianas

Reforma

Localizada na Avenida Goiás, no setor Central, a ESPP conta com 10 salas de aula com capacidade para 35 alunos cada, além de uma sala de informática, biblioteca e auditório para 100 pessoas. Ao todo, 105 servidores formam o quadro de docentes e de instrutores de armamento e tiro.

A unidade goiana é a primeira escola de serviços penais do país a ser credenciada como Escola de Governo. “Somos inéditos, e isso coloca Goiás em destaque no cenário nacional”, comentou o diretor-geral da Polícia Penal, Josimar Pires, ao lembrar que foram dois anos reunindo documentação e garantindo a estrutura física para receber a chancela de Escola de Governo.

Para este ano estão programados 63 cursos cognitivos e 30 operacionais, beneficiando 5.450 servidores que serão capacitados em diversas áreas. “Estamos preparados para superar expectativas e alcançar novos patamares de excelência educacional. Serão mais de 180 turmas e quase 3 mil horas/aula dedicadas ao aprimoramento dos profissionais”, garantiu a diretora da Escola Superior da Polícia Penal, Ana Borges.

Escola de Governo

Leia Também:  Contra avanço da Covid-19, Governo de Goiás publica decreto que restringe comércio de bebidas alcoólicas entre 22h e 6h

A ESPP recebeu, em 15 de março, o status de Escola de Governo, concedido por unanimidade pelo Conselho Estadual de Educação (CEE). Com isso, a unidade pode chancelar seus próprios cursos de pós-graduação e extensão, sendo o primeiro deles a Pós-graduação Lato Sensu em Execução de Polícia Penal, com 500 horas de carga horária, aprovada pelo CEE.

Os policiais penais aprovados nos próximos concursos serão direcionados para a escola, onde receberão formação especializada em Execução de Polícia Penal antes de serem lotados nas unidades prisionais.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

EDUCAÇÃO

Caiado nomeia 312 novos professores para Rede Estadual de Ensino; Assista

Parte dos aprovados do concurso de 2022 foram convocados no final de abril e devem tomar posse no início de junho.

Publicados

em

Governador Ronaldo Caiado assina nomeação de 312 novos professores para a rede estadual de Ensino. Fotos: Secom

O governador Ronaldo Caiado assinou, na terça-feira (21), a nomeação de mais 312 novos professores para a rede estadual de Ensino. Os educadores foram aprovados no concurso para professor PIII da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), realizado em 2022, e convocados no final de abril. Em 8 de maio, foram nomeados outros 309 aprovados.

Conforme Edital de Convocação nº 002/2024, os nomeados poderão tomar posse a partir do dia 4 de junho. A posse será on-line, mediante assinatura de termo de posse disponibilizado no SEI (Sistema Eletrônico de Informações).

A partir do dia 5 de junho será disponibilizado, no site da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), o link para o agendamento do Efetivo Exercício e da Modulação dos novos servidores.

Na data selecionada, o servidor deverá apresentar a apostila de posse, emitida no ato da posse e devidamente assinada pela Secretaria de Estado da Administração (Sead), bem como os documentos pessoais exigidos para conferência. Os atendimentos serão realizados presencialmente, na sede da Seduc, em Goiânia.

Leia Também:  Inmet emite alerta de chuvas intensas, ventanias e trovoadas

Convocações

O Governo de Goiás já convocou 1.893 docentes desde 2023. Os profissionais fazem parte da lista de 5.050 aprovados para o cargo de professor nível III (licenciados), em concurso público realizado em 2022.

Os nomeados vão trabalhar na Rede Estadual de Ensino que, atualmente, conta com mais de 900 unidades escolares e atende quase 500 mil estudantes, em todas as regiões de Goiás. De forma inédita, foram ofertadas vagas para profissionais indígenas, quilombolas, intérpretes de Libras e instrutores de Libras e Braille.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA